10 Dicas para melhorar uma relação lésbica

relacao-lesbica-perfeitaNão é difícil melhor uma relação lésbica, aliás, não é difícil melhorar nenhuma relação, só precisamos de nos esforçar mesmo! Muitas vezes as relações acabam por terminar porque simplesmente demos as coisas como garantidas e deixamos de tentar!

Precisa de melhor a sua relação? Vamos às 10 dicas?

Converse – Pode parecer simples, mas a falta de diálogo ainda é uma das principais causas dos fins de relacionamento. Andamos sempre tão ocupadas que por vezes nos esquecemos da pessoa que está ao nosso lado. Principalmente se se tratar de uma relação recente onde possam estar a sofrer de discriminação. Não deixem que a vida se coloque entre vós!
Deixe a competição de lado – A competição é natural em qualquer relacionamento, mas está ainda mais presente em relacionamentos homossexuais. Não tentem ser sempre superiores em tudo… São um casal, uma equipa e não concorrentes.
Aprenda a respeitar as diferenças – As pessoas nem sempre reagem como nós desejamos! Quer sair e a sua companheira quer dormir? São diferenças que devem ser absorvidas, porque, afinal, todos temos direitos a ser quem somos.

Discutam como se sentem na vossa relação – Ser lésbica e ter uma relação assumida pode não ser simples. Conversem sobre o assunto e decidam se vão ou não assumir, se vão esconder em determinados locais… Em suma, vejam se estão de acordo neste campo para não existir surpresas. Novamente, conversem!

Preparem surpresas – Toda a gente gosta de ser surpreendida! Se preparar uma surpresa para a sua namorada ela vai sentir-se novamente amada, vai saber que você pensou nela! Quem não quer isso? Preparar surpresas no dia dos namorados é ótimo, mas tente fazê-lo também em dias normais.

Dividam tarefas – Se vivem juntas, dividam as tarefas domésticas! Lá porque uma costuma fazer tudo, não quer dizer que este feliz com isso. Partilhem o fardo.

Explorem o sexo – O sexo pode terminar uma relação, principalmente se se tornar uma sombra entre vós. Se acham que algo está errado, é hora de sentar e conversar. Discutam fantasias, discutam sexo oral, discutam tudo. Sem vergonhas.

Não tente mudar a sua parceira – Infelizmente isso é muito mais comum do que pode pensar. Ao inicio começa por mudar poucas coisas, depois vai aumentando as exigências… E pode até parecer que ela está a aceitar, até que um dia ela se cansa de não poder ser ela mesma.

Hora de ceder – Ninguém gosta de ceder, muito menos nós, mulheres! Mas numa relação, com pessoas de que realmente gostamos, alguma vai ter que ceder. Não queira ganhar a batalha e perder a guerra.

Sejam honestas – A dica mais importante de todas e que muitas vezes nos esquecemos. A mulher que tem ao seu lado é a sua companheira, a sua parceira, a sua cara-metade. Trate-a como tal.

  • Comentar