Conheça a touca que ajudou Sabrina Parlatore a vencer o câncer

naom_587504ac2f34cA perda de cabelos e pelos do corpo é um dos efeitos colaterais da quimioterapia que mais afetam a autoestima. Apesar de sobrancelhas e cílios também serem afetados pela medicação, os cabelos são uma perda que muitas pessoas mais sentem, mas uma novidade veio para mudar essa situação. A touca hipotérmica promete manter entre 50 e 80% dos fios durante o tratamento contra o câncer.

Sabrina Parlatore, que recentemente lutou contra um câncer de mama, é uma das pessoas que fez uso da tecnologia para manter os fios. Segundo ela, o produto foi um dos responsáveis por manter sua autoestima: “A quimio provoca muitas alterações no corpo. Fiquei inchada, com a pele muito fina, então, manter o cabelo foi muito importante. Nos momentos mais frágeis, me olhava no espelho e pensava que, pelo menos, estava com cabelo”, explicou a apresentadora em entrevista ao UOL.

Ainda segundo o site, a touca é feita de plástico e recheada com um gel térmico que chega a atingir -20ºC. Seu sistema de funcionamento se baseia na vasocontrição, ou seja, a baixa temperatura faz com que os vasos sanguíneos fiquem mais estreitos, diminuindo o fluxo de sangue no local, fazendo com que a quantidade de medicamentos absorvidos pelas células capilares seja menor. Por consequência, a queda de cabelos também diminui.

A oncologista explica que os pacientes colocam a touca antes de receberem a medicação. “Como a touca só é eficiente quando está bem gelada, o paciente precisa trocar de touca a cada 30 minutos e permanecer com ela de 30 minutos até duas horas após a quimioterapia ter acabado”, explica. Contudo, ela não funciona em todos os casos, pois sua eficácia vai depender do remédio e da dose do tratamento. “Pacientes com câncer no couro cabeludo ou hematológico, como leucemia e linfático, também não são indicados”, revela.

Outro empecilho quanto ao uso da touca pode ser o incômodo causado pelas baixíssimas temperaturas. Sabrina relata ter sentido muitas dores de cabeça durante o uso da touca. “Depois eu tomava um remédio para combater esse sintoma e passava. Os primeiros 10 minutos são os piores”, revela. O preço também pode ser um impasse, uma vez que cada sessão custa, em média, R$ 200 a R$ 300.

Notícias ao Minuto

  • Comentar