É normal preferir masturbação a sexo?

Masturbação ainda é um tabu, acreditam? Mas não tem como negar que a galera aproveita esse tipo de prazer. O documentário STICKY: A Documentary on Masturbation, por exemplo, indica que cerca de 80% a 90% dos homens se masturbam, enquanto a porcentagem das mulheres oscila entre 65% e 70%.

O auto-erotismo é uma prática muito agradável que nos liberta do estresse e produz uma sensação de gratificação imediata, liberando endorfina. Como conhecemos o nosso corpo, ou pelo menos deveríamos, sabemos nossas reações e como nos satisfazer. Alguns estudos revelam até seus benefícios para o sistema imunológico, alívio de cólicas e dores de cabeça.

Agora, quando alguém prefere a masturbação a relação sexual, mesmo tendo um parceiro, geralmente está atrelado a perda de interesse ou atração sexual pelo outro. A masturbação é mais uma opção dentro da prática do sexo, não deve ser um substituto para o relacionamento de um casal. Se isso acontecer, o ideal é a procura de um profissional, uma vez que isso provavelmente deve estar ocultado outro tipo problema.

 

 

Cosmopolitan

  • Comentar