Palestras e Exposição marcarão centenário de Caiçarense pioneiro da psicanalise no Brasil

No próximo dia 21 é a data do centenário do Dr. Walderedo Ismael de Oliveira (1917-2005), esse psicanalista caiçarense foi o primeiro tradutor de Freud para nossa língua, fundador e presidente da Sociedade Brasileira de Psicanálise e da Associação Brasileira de Psicoterapia de Grupo; além de “Interpretação dos Sonhos”, de Sigmund Freud, traduziu outras obras marcantes na história psicanálise; escreveu três livros e uma vasta obra científica através de artigos, simpósios, etc.

Infelizmente a vida e a obra de Walderedo ainda são praticamente desconhecidas para os paraibanos.

Para celebrar essa data o Grupo Atitude, que desenvolve voluntariamente projetos educacionais e culturais em Caiçara, convidou o psicanalista Klebber Maux Dias, para proferir palestras sobre o significado dos sonhos, ansiedade e déficit de atenção, enquanto o pesquisador e presidente do grupo Jocelino Tomaz falará sobre a fantástica história do Dr. Walderedo. As palestras se darão próxima sexta, dia 24, no auditório do Centro Cultural “Enedina Soares”, em Caiçara, sendo às 15:30 para estudantes do Ensino Médio e às 19:30 para o público em geral, durante o evento também ocorrerá exposição das obras do Dr. Walderedo, além de livros, revistas e DVDs relativos aos temas. No sábado (25/03) o “Programa Atitude”, veiculado aos sábados pela rádio comunitária da cidade, será em homenagem ao psicanalista, com a presença dos palestrantes. O evento também contará com o apoio da Secretaria de Educação e Cultura da cidade.

Além dos feitos citados, Dr. Walderedo atuou no movimento pioneiro de Psiquiatria Social desenvolvido pelo Dr. Ulisses Pernambucano em Recife; por ser comunista, foi perseguido pela Ditadura do “Estado Novo”, de Getúlio Vargas; fez parte do grupo psiquiatras que buscou formação na Argentina visando institucionalizar a psicanálise no Brasil; dada sua importância para a psicanálise brasileira, o caiçarense é verbete da Enciclopédia Larousse Cultural.

page

  • Comentar