Por dívida com Denílson, Justiça determina que Belo não receba pagamentos de emissoras de TV

Por conta de uma dívida com o ex-jogador e comentarista de futebol Denílson, o cantor Belo está sofrendo com possíveis penhoras na Justiça, que vão desde seus bens – como aparelhos eletrônicos e obras de arte – até mesmo ao valor que é repassado ao cantor quando emissoras de TV utilizam suas músicas na programação.

A decisão tomada pelo juiz Carlo Mazza Britto Melfi na 5ª Vara Cível de São Bernardo do Campo engloba ganhos que Belo teria com a Globo, SBT, Record TV, Bandeirantes, Gazeta e RedeTV!.

Confira abaixo trechos do documento referentes à penhora:

“4) Expeça-se, com urgência, mandado de penhora no endereço indicado pelo exequente em fls. 1965, 1º §, a ser cumprido por oficial de justiça desta Comarca de São Bernardo do Campo. A penhora deverá ser realizada apenas sobre bens de propriedade do executado e que tenham expressivo valor, podendo incidir sobre aparelhos eletrônicos, objetos de arte e outros bens que ultrapassem as necessidades comuns correspondestes a um médio padrão de vida (fls. 833, II, do CPC).5) Retifique-se o nº do CPF do executado”

“7) Visando a penhora para satisfação do crédito, oficiem-se as empresas Rede Globo, SBT, Record, Bandeirantes, Gazeta e Rede TV, determinando que efetuem o deposito judicial, à disposição deste Juízo, de eventual crédito que o executado faça jus, por si ou como representante das empresas das quais é sócio, a saber: Marcelo Pires Vieira Produções Artísticas (CNPJ 02.478.308/0001-72); Yannes Produções Artísticas Ltda. (CNPJ 12.824.635/0001-92); Yannes Bells Salão de Beleza Ltda. (CNPJ 12.825.481/0001-53) e Jacob Barbosa Confecções de Roupas Ltda. (CNPJ 12.843.682/0001-83). Neste aspecto, observo que nenhum crédito relacionado aos direitos do executado Marcelo Pires Vieira deverá ser pago a ele ou a qualquer outro titular, cabendo o depósito nos presente autos. Cabe ao exequente a retirada e encaminhamento dos ofícios, comprovando nos autos a entrega.”

E+ tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa e com o escritório do advogado do cantor, mas não localizou nenhum dos representantes de Belo.

MSN

  • Comentar