Quinto Seminário da Revista Piriah discute Públicos e Vida Cultural na cidade de Guarabira

pageRegião marcada por diversas expressões artístico-culturais, a cidade de Guarabira é reconhecida, nestes últimos anos, pela efervescência cultural e pelo movimento de ativistas e artistas que, desde 2013, decidiram ocupar a praça da Matriz. Em parceria com o projeto Sarau Poético Café com Poeira, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) realiza na sexta-feira (26), às 16h, o quinto seminário da revista Piriah. A entrada é gratuita e aberta ao público.

“Manifestação artística de uma cidade é uma das riquezas mais democratizantes da vida cultural enquanto organização social. Isto mostra toda uma demanda em potencial que vem das pessoas e um desejo por cultura que, de uma forma ou de outra, buscará caminhos para se expressar”. É nessa conjuntura voltada aos diversos públicos da cultura, que o produtor cultural Alexandre Santos debaterá a importância das relações culturais na cidade, com o tema ‘Públicos, Polifonia e Vida Cultural’.

Antônio Sobreira, professor da UEPB e um dos frequentadores do Sarau, fala sobre o movimento cultural Café com Poeira. “A liberdade com que um artista da cidade ou de fora consegue espaço para se apresentar é total. Esta liberdade incomoda, chateia, provoca resistência, entretanto, por ser simples e muito pragmática ocorrerá enquanto seus fazedores persistirem. No fundo, esse projeto é um serviço da democratização da cultura e acesso à fruição cultural”, enfatizou.

Música – Após a palestra, nessa perspectiva de diversidade de sons e públicos, a Hard Trio se apresentará na praça da Matriz. É, neste cenário alternativo independente que começa a ganhar adeptos e despontar como resistência do hard rock no interior do Estado, que a banda vai consolidando público fiel. Formada em 2014, a banda tem Vinícius Andrade (guitarra e vocal), Marcel Cavalcante (baixo e vocais) e Neto Melo (bateria). Possuem um EP homônimo gravado com três músicas.

A Revista Piriah pode ser acessada pelo site www.consultacultural.pb.gov. br/piriah

O palestrante – Alexandre Santos tem experiências nos campos da comunicação e da cultura. Desenvolveu trabalhos na área de assessoria de imprensa voltados para a divulgação artística e cobertura de eventos acadêmicos. Atua nas áreas de produção cultural, organização e planejamento de eventos, assessoria de imprensa, criação e gestão de projetos.

Integrou o Coletivo COMJunto, desenvolvendo atividades e ações sob gestão colaborativa, ligados ao campo da Comunicação Social, além de atividades cineclubistas, de formação de público e publicações alternativas. É sócio-fundador da produtora Parahybólica Cultural, onde elabora e gere projetos culturais, realiza eventos e desenvolve assessoria de imprensa. Esteve na Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Cultura da Paraíba entre 2013 e 2014.

Atualmente trabalha no Museu Casa do Artista Popular Janete Costa. É pesquisador vinculado ao Observatório de Políticas Culturais (Observacult/UFPB) e é mestrando no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPB (PPGS).

  • Comentar