Torcida vaia Eduardo Baptista e Palmeiras vence o São Bernardo

Palmeiras

O Palmeiras teve uma exibição apenas razoável nesta quinta-feira (16) contra o São Bernardo, no Allianz Parque, mas conseguiu os três pontos. O meia-atacante Dudu marcou gol aos 19 minutos do segundo tempo, Jean ampliou o placar 12 minutos depois, e fizeram com que o Palmeiras saltasse à liderança do grupo C do Paulista, com seis pontos.

Pressionado após derrota para o Ituano na última rodada, o técnico Eduardo Baptista foi vaiado por membros da torcida organizada Mancha Alvi Verde, que lembraram em coro o nome do antecessor Cuca e cantaram “ô, Eduardo, preste atenção, nossa torcida quer gritar ‘é campeão'”. Logo após fazer o gol, Dudu correu em direção ao banco de reservas e manifestou apoio ao treinador.

No primeiro tempo, o São Bernardo esteve mais perto de abrir o placar do que o Palmeiras. O time da casa insistia em jogadas pela ponta direita com Róger Guedes, que errava passes repetidamente, ou tentava lançamentos de longa distância da defesa para o ataque -todos fracassados.

Seguindo a característica que Baptista tenta implantar, a equipe palmeirense procurou manter a posse de bola e trocar passes. No entanto, a falta de entrosamento foi obstáculo grave.

Aos 35 minutos do primeiro tempo, Edno cobrou falta com força e Prass conseguiu desviar. O goleiro foi o melhor jogador de sua equipe na primeira parte do jogo.No segundo tempo, com o adversário recuado pelo técnico português Sérgio Vieira, o Palmeiras se aproximava da intermediária rival, mas não conseguia produzir chances contundentes. As entradas de Michel Bastos e Raphael Veiga nos lugares de Guedes e Guerra fez com que o time melhorasse o rendimento.

Foi fazendo a bola circular que o Palmeiras achou uma brecha. Na lateral direita, Moisés passou para Jean, que cruzou para o meio da área. Dudu apenas desviou a bola e abriu o placar.

A partir daí, o São Bernardo passou a se arriscar no ataque, dando espaço na defesa para o Palmeiras, que aproveitou.

Dudu, destaque na partida em que voltou a jogar pelo lado esquerdo do campo, recebeu passe de Raphael Veiga, driblou Marcinho e foi derrubado. O árbitro assinalou pênalti, que foi bem cobrado e convertido por Jean.

No domingo (19), o Palmeiras viaja para Araraquara para enfrentar o Linense, vice-líder do grupo B do Paulista.

PALMEIRAS

Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo; Róger Guedes (Michel Bastos), Moisés (Keno), Alejandro Guerra (Raphael Veiga) e Dudu; Willian

T.: Eduardo Baptista

SÃO BERNARDO

Daniel; Eduardo, Edimar, Anderson Conceição e Breno; Geandro, Rafael Costa (Marcinho) e Vinícius Kiss; Walterson (Patrick Veira), Edno e Rodolfo

T.: Sérgio Vieira

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo

Público / renda: 23.708 / R$ 1.238.229,74

Árbitro: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Willian e Keno (P); Vinícius Kiss e Geandro (S)

Gols: Dudu, aos 19 min do 2º tempo; e Jean, aos 31 min do 2º tempo

Com informações da Folhapress.

Notícias ao Minuto

  • Comentar