CONECTE-SE CONOSCO

Sem categoria

Botafogo-PB consegue vitória fora de casa sobre o Esporte de Patos

Publicado há

em

Esporte de Patos e Botafogo-PB fecharam a segunda rodada do Campeonato Paraibano de 2019 na tarde deste domingo (20), no estádio José Cavalcanti. Com gol de Nando, o Belo venceu por 1 a 0 e se isolou na liderança do Grupo A.

Como esperado, o time da capital foi a campo com mudanças. O treinador Evaristo Piza colocou um time mais ofensivo, e poupou o lateral direito Roniery, o meia Marcos Aurélio e o atacante Adalgiso Pitbull. Em seus lugares entraram Israel, e os atacantes Dico e Rafael Ibiapino.

O Patinho tentava atacar o Belo no início do jogo, mas a postura botafoguense em campo conseguia neutralizar os ataques, apesar de a presença de mais um homem na frente não resultar, de início, em uma presença maior no campo do adversário.

A primeira grande chance do jogo veio aos 18 minutos, quando o Esporte de Patos bateu escanteio pela direita, Ieures desviou e Saulo fez ótima defesa, a queima-roupa. No rebote, Caaporã pegou de primeira, de pé direito, mas mandou por cima do gol.

A resposta botafoguense veio quatro minutos mais tarde, quando Fábio Alves soltou a bomba em cobrança de falta pela direita, e a bola explodiu na trave esquerda de Evandrizo. A zaga completou mandando para lateral.

Controlando a partida, o Botafogo-PB chegou ao primeiro gol aos 41 minutos. Dico arrancou em velocidade pela esquerda, invadiu a área e rolou para o meio, onde Nando chegou livre, só escorando de pé direito, no canto esquerdo do goleiro, abrindo o placar no José Cavalcanti.

Ao fim do primeiro tempo houve muitas reclamações dos donos da casa com a arbitragem. A alegação é de que haveria ocorrido uma falta no início do lance que originou o gol botafoguense.

Segundo tempo

Com a alta temperatura em Patos, o ritmo da partida caiu. O jogo foi muito brigado, com muitas faltas e alguns cartões amarelos, mas nem Saulo nem Evandrizo trabalharam, pelo menos até os acréscimos.

Aos 46 minutos, já perto do apito final, aconteceram os lances perigosos. Nino Potiguar trocaram passes na esquerda, o atacante chutou de pé esquerdo na saída de Saulo, que conseguiu fazer a barreira e evitar o gol de empate mandando a bola para escanteio.

Dois minutos mais tarde foi a vez de Ivan cruzar da direita para Ruan, que recebeu na entrada da área e bateu de pé direito. A bola tirou tinta da trave direita botafoguense, mas foi pela linha de fundo.

A vitória deixa o time pessoense na liderança isolada do Grupo A, com 6 pontos. O próximo jogo do Botafogo-PB será na próxima quarta-feira (23), contra o Atlético de Cajazeiras, no Almeidão, pois no outro fim de semana o Belo encara o Salgueiro-PE, fora de casa, pela Copa do Nordeste.

Já o Esporte de Patos, que segue sem pontuar, na lanterna do Grupo B, vai visitar o Sousa, no Marizão, no sábado (26).

 

 

 

Voz da Torcida

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

Prefeito de Guarabira torce pela chapa “Doria e Eduardo” em 2022

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Sem categoria

Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero do Creci-PB combaterá racismo

Publicado há

em

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba deve promover no próximo mês de novembro, dedicado à consciência negra, campanha contra o racismo estrutural, que consiste num conjunto de práticas discriminatórias, institucionais, históricas, culturais, que privilegiam algumas raças em detrimento de outras.

A iniciativa, da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero, foi apresentada pela coordenadora Melissa Kettley ao superintendente em exercício Mário Vicente e ao conselheiro e presidente eleito Ubirajara Marques que, na ocasião, assegurou a manutenção da Comissão para o próximo triênio.

Nesse contexto, ela também propôs o acréscimo à nomenclatura da Comissão do termo étnico-racial, para agregar pessoas negras e outras etnias, onde a própria Comissão já tem. E sugeriu a destinação de uma parte dos alimentos arrecadados quando das inscrições para os eventos realizados pelo Creci-PB, para instituições que apoiam LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade.

O termo racismo estrutural é usado para reforçar o fato de que há sociedades estruturadas com base no racismo, que favorecem pessoas brancas e desfavorecem negros e indígenas.

Desde a sua criação, de forma inédita no país, a Comissão já fez denúncias de cunho LGBTFÓBICAS nas redes sociais, workshop em Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e campanha alusiva ao Dia da Visibilidade Trans (29 de janeiro).

“Na ocasião, foram confeccionados 500 cartazes da lei estadual que proíbe a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero nos estabelecimentos públicos e privados, e distribuídos nas imobiliárias, escritórios, construtoras, delegacias e em outros locais. Por ter sido revestida de êxito, devemos repetir essa campanha em janeiro”, concluiu.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Sem categoria

João Gomes faz show com aglomeração em aldeia indígena da Paraíba

Publicado há

em

Descumprimentos de normas sanitárias foram registrados durante a apresentação do cantor João Gomes, na noite dessa terça-feira (28), no Litoral Norte da Paraíba. O evento de comemoração do padroeiro dos índios potiguares ocorreu na aldeia de São Miguel, localizada no município de Baía da Traição.

A festa privada, com ingressos de até R$ 120, teve aval do Ministério Público Federal (MPF) e permissão da presença de 1.233 pessoas no local. O órgão disse que liberou a festa “desde que os protocolos previstos em decreto estadual fossem rigorosamente cumpridos”. Um vídeo compartilhado nas redes sociais, mostra pessoas aglomeradas e sem máscaras. Veja:

 

O MPF também solicitou que para participação na festa, as pessoas deveriam estar “completamente vacinadas”.

Em nota, o MPF disse que a prefeitura se encarregou de fiscalizar o cumprimento dos protocolos. A organização do evento se comprometeu a contratar 45 seguranças e bombeiros para ajudar na fiscalização.

Sobre as denúncias de aglomeração, Ministério Público disse que pedirá informações à prefeitura e à Polícia Militar, para apuração. “Providências serão adotadas caso fiquem comprovadas irregularidades”, finalizou o comunicado.

A Funai (Fundação Nacional do Índio) informou que não participou da intermediação do evento.

A Secretaria de Saúde de Baía da Traição disse que emitirá, pela Vigilância Sanitária, um relatório das informações solicitadas pelo MPF.

O novo decreto do governo da Paraíba permite a presença de torcedores em estádios de futebol e eventos – como shows – com 20% da capacidade dos estabelecimentos, mas essas regras são válidas a partir de 1º de outubro.

Portal T5

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.