CONECTE-SE CONOSCO

Policial

Grupo de feminicídio discute protocolo em primeira reunião do ano

Publicado há

em

O grupo de trabalho interinstitucional para investigar, processar e julgar, com perspectiva de gênero, as mortes violentas de mulheres (feminicídios) na Paraíba fez sua primeira reunião do ano nesta segunda-feira (21), no auditório da Central de Polícia, no Geisel.

Os integrantes discutiram a primeira proposta de protocolo apresentada pela Secretaria de Segurança Pública. Foram analisados relatórios de procedimentos para investigação e perícia utilizados em casos de tentativa de feminicídio e o próprio feminicídio apresentados por integrantes das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Centro Integrado de Operações da Polícia (Ciop).

O grupo foi criado por decreto governamental nº 38.838, que instituiu a equipe de trabalho e assegura a qualificação do enfrentamento da violência contra mulheres em diálogo com as ações do Programa Paraíba Unida pela Paz, que visou à diminuição dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) de mulheres no Estado.

Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, cada instituição envolvida apresentará propostas com diretrizes e protocolos estaduais que vão ajudar na atuação das investigações, processos e julgamentos dos casos.  “O grupo terá 180 dias para entregar um relatório final e todas as reuniões são orientadas pelo documento com as diretrizes nacionais produzidos pela ONU Mulheres Brasil. Cada organização envolvida vai compartilhar como está trabalhando e como podemos atuar seguindo as diretrizes para construção do protocolo”, explica Gilberta Soares.

Estiveram presentes a coordenadora geral das Delegacias de Atendimento à Mulher do Estado (Coordeam/PB), Maísa Félix, e a suplente Renata Matias; representando a delegacia geral, Cassandra Duarte; a perita do IPC, Gabriella Nóbrega;  Lis Lemos, da UFPB;  a juíza Graziela Souza; a promotora de Justiça da Mulher, Rosane Araújo;  a delegada de Homícidios de Campina Grande, Ellen Ferreira; o representante do Ciop, coronel Júlio César, representantes da Polícia Militar, Dayana Pereira, e o coronel Adielson Araújo; representante do Corpo de Bombeiros, Sandra Santana; o juiz da Violência Doméstica de Campina Grande, Antônio Ribeiro; Franciley Brandão, do Tribunal do Júri;  a representante da Defensoria Pública, Fátima Diniz.

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Homens armados roubam equipadora de som em Patos, no Sertão da Paraíba

Publicado há

em

Homens armados assaltam equipadora de som na cidade de Patos, na Paraíba — Foto: Foto: Reprodução/Divulgação

Homens armados assaltam equipadora de som na cidade de Patos, na Paraíba — Foto: Foto: Reprodução/Divulgação

Três homens armados assaltaram uma equipadora de som no bairro Santo Antônio, na cidade de Patos, na última quarta-feira (20), no Sertão paraibano. Os suspeitos adentraram no estabelecimento disfarçados, um com a vestimenta característica de um mototaxista e o outro com uma bolsa térmica utilizada em entregas por delivery.

As imagens do circuito interno de segurança do local registraram a ação, e mostram os suspeitos rendendo três pessoas dentro da equipadora, apontando a arma em direção às vítimas, que tiveram as mãos atadas para conter qualquer reação, enquanto os suspeitos procuravam por equipamentos de valor dentro da equipadora.

Foram roubados equipamentos do estabelecimento, pertences pessoais das vítimas e uma quantia em dinheiro ainda não informada pela polícia.

A polícia foi acionada e segue investigando o caso. Até as 7h, não foram identificados os suspeitos e ninguém foi preso.

G1

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Policial

Operação policial prende homem suspeito de envolvimento em homicídios e apreende submetralhadora em Itapororoca

Publicado há

em

A operação foi deflagrada nesta sexta-feira (Foto: Reprodução)

Durante a operação foram apreendidas seis arma de fogo, sendo quatro pistolas calibre 9mm, uma pistola calibre 380 e uma submetralhadora.

Uma operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (22), prendeu um homem investigado por envolvimento em crimes de homicídios na Paraíba e Pernambuco. Durante a operação foram apreendidas seis arma de fogo, sendo quatro pistolas calibre 9mm, uma pistola calibre 380 e uma submetralhadora.

Além disso, também foram apreendida várias munições intactas. O matérial estava na casa do alvo da operação na cidade de Itapororoca, na Paraíba.

O suspeito preso faz parte de um grupo investigado por envolvimento em homicídios.

A operação foi deflagrada pelas polícias civis da Paraíba e de Pernambuco.

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Policial

Adolescente morre após carro capotar em rodovia da Paraíba

Publicado há

em

O carro ficou completamente destruído (Foto: Reprodução/Whatsapp)

De acordo com informações, no veículo estava a adolescente identificada como Talia e mais três jovens.

Uma adolescente de 16 anos morreu neste domingo (17), após o carro que ela estava capotar, no município de Alcantil, na Paraíba. De acordo com informações, no veículo estava a adolescente identificada como Talia e mais três jovens.

Eles estariam retornando de uma vaquejada quando o condutor do veículo perdeu o controle da direção e o veículo capotou várias vezes até parar fora da pista.

A adolescente teria sido projetada para fora do veículo. Ela morreu ainda no local. O carro ficou completamente destruído.

Os outros três jovens ficaram feridos. Eles foram socorridos para o Hospital de Trauma de Campina Grande. O estado de saúde não foi divulgado.

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.