CONECTE-SE CONOSCO

Policial

Polícia encerra festa após flagrar participantes com armas, drogas e pendências na Justiça em João Pessoa

Publicado há

em

A Polícia Militar da Paraíba encerrou uma festa que aconteceu durante a madrugada deste sábado (26), em uma casa de eventos, no Portal do Sol, em João Pessoa, onde foram apreendidas duas armas de fogo, alguns frascos de loló e uma pequena quantidade de maconha e cocaína. No evento, 412 pessoas foram revistadas e identificadas, das quais 45 já tinham passagens pela polícia. Mais de 20 suspeitos foram conduzidos até a delegacia, pois estavam respondendo a crimes em liberdade condicional e não poderiam estar no local.

Um deles era o organizador do evento, de 24 anos, que foi flagrado com uma pistola na cintura. Ele respondia em liberdade condicional por vários crimes, entre eles, por ação contra caixa eletrônico. No local, também foi preso outro envolvido em ação contra instituições financeiras, um homem de 29 anos, também respondendo ao crime – praticado em abril de 2015 – em liberdade condicional.

O objetivo da festa, que trouxe artistas de funk do Rio de Janeiro e de outros estados, ainda deve ser investigado. A PM atuou com vários grupos operacionais, com apoio do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil e da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária. O local da festa foi multado em R$ 25 mil por poluição sonora.

O material apreendido e todos os suspeitos foram encaminhados para a Central de Polícia Civil, no Geisel.

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Caseiro degolou e esfaqueou barriga de mulher grávida em Goiás

Publicado há

em

Segundo o tio da vítima, Wanderson Mota Protácio desferiu diversos golpes na barriga de Raniere Aranha, grávida de 4 meses

Wanderson Mota Protácio é suspeito de matar a própria mulher grávida e a enteada em Goiás
Reprodução

Corumbá de Goiás – Foragido após matar a companheira, de 19 anos, e a enteada, de 2, Wanderson Mota Protácio teria cometido o assassinato com requintes de crueldade. Segundo familiares das vítimas, os quais reconheceram os corpos após o crime, o suspeito teria degolado e esfaqueado Raniere Aranha Figueiró e a filha dela, Geysa Aranha da Silva Rocha. A moça estava grávida de 4 meses e, mesmo assim, recebeu diversas facadas na barriga.

“Ele maltratou demais elas”, disse a tia de Raniere, Helena Aparecida Figueiró. Sem conseguir conter as lágrimas, a familiar relata o estado de Geysa. “Tinha um ferimento de faca embaixo do queixinho e outro abaixo do peito”, detalhou.

Segundo o tio das vítimas, Odair José Coelho, as mortes foram muito violentas. “Ele fez várias perfurações na barriga da Raniere. E ela, inclusive, estava grávida de 16 semanas de um filho dele. Muito frio e calculista, Wanderson cortou o pescoço dela”, contou. A moça tinha escoriações nos dedos. De acordo com a família, Wanderson vivia com a jovem e a enteada havia aproximadamente 5 meses.

Os familiares das vítimas pedem justiça. “A gente quer ver ele atrás das grades. Pedimos a Deus, à própria polícia e à população que nos ajudem a ver ele atrás das grades”, pontuou Odair. Raniere e a filha foram enterradas na manhã desta terça-feira (30/11), no cemitério da cidade de Corumbá de Goiás (GO).

Odair revela ainda que a família vive um momento de dor incomparável. Os parentes esperam, agora, que a Polícia Civil de Goiás (PCGO) capture o acusado, foragido desde o dia do crime. Aproximadamente 50 homens foram mobilizados na força-tarefa que atua na região de Abadiânia, à procura de Wanderson.

Depois das buscas que mobilizaram as forças de segurança de Goiás e do DF por Lázaro Barbosa, em junho deste ano, na mesma região, esta é a primeira vez que a polícia goiana reúne forças de várias cidades para encontrar um foragido.

O assassino

Vindo do Maranhão para trabalhar no cultivo de tomate no município goiano, Wanderson se relacionava com Raniere havia cinco meses. A moça estava grávida de 16 semanas.

Amigos das vítimas acompanhavam o velório, nesta terça-feira (30/11), estarrecidos. Segundo eles, não havia registro de briga entre o casal, e Wanderson tratava a enteada muito bem. O crime chocou os moradores do município – que tem, atualmente, cerca de 11 mil habitantes.

Após assassinar a esposa e a criança, Wanderson invadiu duas fazendas. Na primeira, roubou um revólver. Na segunda, matou um fazendeiro, identificado como Roberto Clemente de Matos, e tentou estuprar a esposa dele. O criminoso acertou o ombro da mulher com um tiro e levou o carro do casal.

Homem preso

A Polícia Civil de Goiás prendeu, ainda na tarde de segunda-feira (29/11), em Alexânia, um homem que teria comprado um celular de Wanderson. De acordo com a investigação, o aparelho pertencia a Cristina Nascimento Silva, esposa do fazendeiro morto com tiro na cabeça.

“Ele vendeu esse celular para juntar dinheiro. A polícia conseguiu identificar esse comprador, que foi preso por receptação”, disse o delegado Tibério Martins, responsável pela caçada ao fugitivo. Tibério disse que o Wanderson está “desesperado por dinheiro” para fugir de Goiás.

metropoles

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Policial

Primeiro dia de provas do Enem transcorre tranquilo em toda a Paraíba

Publicado há

em

A Operação Enem 2021, coordenada pela Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (Sesds), teve seu primeiro dia de provas encerrado de forma tranquila nas 55 cidades da Paraíba envolvidas no Exame Nacional do Ensino Médio. São mais de 2 mil policiais militares e 345 viaturas atuando em toda a Operação, para garantir que o processo transcorra sem qualquer interferência.

O start das ações aconteceu na última sexta-feira (19), com o início das escoltas e proteção dos cadernos de perguntas, que foram conduzidos até seus respectivos locais de prova. Neste domingo (21), deu-se o primeiro dia de provas, período em que o Exame transcorreu dentro da normalidade em toda a Paraíba.

A PM reforçou o policiamento nos locais de prova, com policiamento a pé, drones e viaturas, saturando os corredores de acesso e prevenindo delitos e quaisquer outras situações que pudessem interferir na segurança e tranquilidade do Exame. Após o término das provas, os cadernos de resposta também seguiram escoltados até seus respectivos destinos.

A Operação é monitorada em tempo real por meio de três Centros de Comando e Controle, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos, e termina apenas após a escolta dos cadernos de resposta do segundo dia de provas, que acontece no próximo domingo (28).

 

Secom

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Policial

Acidente entre duas motocicletas no trecho da PB-073 que liga Mari e Sapé

Publicado há

em

Um acidente envolvendo duas motocicletas foi registrado na noite deste sábado (20) no trecho da PB-073 que liga as cidades de Mari e Sapé-PB.

As vítimas foram atendidas pelos socorristas do Samu e Bombeiros. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.