CONECTE-SE CONOSCO

Sem categoria

Verão começou: Veja como lidar com ‘incômodos’ trazidos pelo calor

Publicado há

em

Ah, o verão: tem quem ame e quem odeie, mas a estação chegou neste domingo (22) à 01h19, e a previsão é de mais sol em março do que em janeiro e fevereiro. Com os dias mais longos do que as noites, o período é caracterizado pelo aumento da temperatura em todo o país, em função da posição relativa do sol mais ao sul. A estação também tem mudanças rápidas nas condições de tempo: chuvas fortes, queda de granizo, ventos com intensidade variando de moderada à forte e muitos raios. 

Com os dias mais longos do que as noites, o período é caracterizado pelo aumento da temperatura em todo o país, em função da posição relativa do sol mais ao sul. A estação também tem mudanças rápidas nas condições de tempo: chuvas fortes, queda de granizo, ventos com intensidade variando de moderada à forte e muitos raios.

E, junto com o calor, vem também uma série de incômodos como tontura, corpo inchado, dor de cabeça, assaduras e brotoejas. A seguir, mostramos como lidar com alguns perrengues trazidos pelas temperaturas altas.

Tontura

O mal-estar acontece principalmente pela desidratação no organismo. No calor, nosso organismo “elimina” mais água em formato de suor, na tentativa de controlar a temperatura corporal. Se o líquido não é reposto adequadamente, há uma diminuição do volume de sangue e oxigenação no cérebro, provocando aquela sensação de cabeça rodando. Por isso, é importantíssimo não descuidar da hidratação. A quantidade de água que uma pessoa deve beber varia muito, pois depende da alimentação… Mas, geralmente, tomar entre dois e três litros por dia é o suficiente.

Pés e mãos inchado

s A vasodilatação (aumento do diâmetro dos vasos sanguíneos) é uma das estratégias usadas pelo corpo para dissipar o calor do organismo. Mas a dilatação das veias pode prejudicar a circulação em algumas partes do corpo, especialmente nas extremidades, pois falta pressão para o retorno do sangue. Isso gera inchaço. O ideal é fazer manobras mecânicas para que a circulação volte ao normal. Deixe os pés elevados acima do nível do coração por cerca de 15 minutos todos os dias. Trabalha sentado? Não se esqueça de ficar em pé e caminhar um pouco de tempo. A cada uma hora, pelo menos, vá pegar um copo d’água, ao banheiro e saia para andar um pouco. A atividade física estimula a circulação do sangue e a deixar os membros inferiores menos inchados. Já com as mãos é importante mexer a musculatura com movimentos de abrir e fechar. Com isso é possível irrigar sangue para a região e diminuir o inchaço.

Dor de cabeça

O calor pode ser um gatilho para potencializar as dores na região, principalmente em quem já sofre com enxaqueca. O incômodo geralmente acontece como consequência da desidratação. Então, não se esqueça de beber muita água, água de coco e sucos para repor o líquido perdido pelo organismo.

Assaduras

Elas tendem a aparecer em aparecer em regiões como pescoço, virilha e axilas. Ocorrem por causa do hiperaquecimento, suor e atrito na pele, provocando aquela sensação de ardência e machucado. Para evitar o problema, o ideal é evitar a fricção na pele, usando roupas leves e pomadas antiassaduras, que lubrificam e criam uma barreira de proteção. Também procure não ficar exposto ao sol por muitas horas.

Brotoejas

Com a alta temperatura é muito comum lavarmos a pele mais vezes durante o dia. E muitos sabonetes promovem o ressecamento da derme, o que predispõe ao surgimento de inflamações e brotoejas. Outro fator que contribui para o aparecimento das bolinhas é a transpiração excessiva que, muitas vezes, promove a obstrução e pode gerar inflamação das glândulas de suor. Para evitar o aparecimento frequente, use cremes hidratantes, mantenha a pele seca e use roupas leves, que facilitam a evaporação do suor.

 

Fonte: G1

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

Show do cantor João Gomes é cancelado no Piauí devido à pandemia da Covid-19

Publicado há

em

O show que estava marcado para o dia 14 de dezembro, em comemoração ao aniversário da cidade foi cancelado por causa da pandemia da Covid-19.

O show de João Gomes foi cancelado no Piauí (Foto: Reprodução)

A Prefeitura de Bom Jesus, no Piauí, informou na manhã desta segunda-feira (29), que decidiu cancelar o show do cantor de forró João Gomes. O show que estava marcado para o dia 14 de dezembro, em comemoração ao aniversário da cidade foi cancelado por causa da pandemia da Covid-19. A informação foi divulgada por meio de redes sociais.

Ainda segundo a prefeitura, a decisão leva em consideração as recomendações do Conselho Regional de Medicina do Piauí (CMR-PI) para evitar festas de fim de ano e carnaval que possam gerar aglomeração de pessoas.

Além disso, um decreto estadual foi publicado nesse domingo (28) em função da nova onda de casos da doença .

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Sem categoria

Prefeito de Guarabira torce pela chapa “Doria e Eduardo” em 2022

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Sem categoria

Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero do Creci-PB combaterá racismo

Publicado há

em

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba deve promover no próximo mês de novembro, dedicado à consciência negra, campanha contra o racismo estrutural, que consiste num conjunto de práticas discriminatórias, institucionais, históricas, culturais, que privilegiam algumas raças em detrimento de outras.

A iniciativa, da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero, foi apresentada pela coordenadora Melissa Kettley ao superintendente em exercício Mário Vicente e ao conselheiro e presidente eleito Ubirajara Marques que, na ocasião, assegurou a manutenção da Comissão para o próximo triênio.

Nesse contexto, ela também propôs o acréscimo à nomenclatura da Comissão do termo étnico-racial, para agregar pessoas negras e outras etnias, onde a própria Comissão já tem. E sugeriu a destinação de uma parte dos alimentos arrecadados quando das inscrições para os eventos realizados pelo Creci-PB, para instituições que apoiam LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade.

O termo racismo estrutural é usado para reforçar o fato de que há sociedades estruturadas com base no racismo, que favorecem pessoas brancas e desfavorecem negros e indígenas.

Desde a sua criação, de forma inédita no país, a Comissão já fez denúncias de cunho LGBTFÓBICAS nas redes sociais, workshop em Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e campanha alusiva ao Dia da Visibilidade Trans (29 de janeiro).

“Na ocasião, foram confeccionados 500 cartazes da lei estadual que proíbe a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero nos estabelecimentos públicos e privados, e distribuídos nas imobiliárias, escritórios, construtoras, delegacias e em outros locais. Por ter sido revestida de êxito, devemos repetir essa campanha em janeiro”, concluiu.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.