CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

CORONAVÍRUS: Violência doméstica aumenta em 9% com isolamento social e especialista ressalta a necessidade de denunciar agressor e repensar o relacionamento  

Publicado há

em

Violência doméstica aumenta em 9% com isolamento social e especialista ressalta a necessidade de denunciar agressor e repensar o relacionamento

O distanciamento social, medida de combate ao coronavírus adotada em todo mundo, tem gerado uma preocupação para mulheres que sofrem com a violência doméstica diariamente. Se por um lado os números mostram que o confinamento gera um combate efetivo à Covid-19, por outro, dados divulgados pelo Governo Federal apontam que houve um aumento – no período de 17 a 25 de março – em quase 9% no número de ligações recebidas diariamente pela Ouvidoria Nacional dos Direito Humanos (ONDH) de denúncias de violência contra a mulher.
 
A psicóloga do Hapvida em João Pessoa, Danielle Azevedo, ressalta que é importante, antes de tudo, as pessoas saberem o que se caracteriza por violência doméstica. “A agressão contra a mulher pode ser conceituada em física, verbal e psicológica. Quando o agressor tende a ofender, humilhar, inferiorizar a parceira já se registra aí um crime de violência doméstica”, explica a especialista.
 
Segundo informações do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), em 10 dias – de 14 a 24 de março – foram registradas 1,3 mil queixas. Diante destes números a psicóloga ressalta que é importante as pessoas estarem atentas porque muitas mulheres já estão dentro de relacionamentos em contexto abusivo, de tortura, e não se dão conta, ou até se dão, mas vão procrastinando em decorrência de necessidades que a mulher subentende que precisa ter nesse relacionamento.
 
Danielle Azevedo orienta que as mulheres que estão sofrendo violência doméstica, devem, acima de tudo, repensar a respeito do casamento, o que faz ela se manter numa relação e se anulando. “Muitas têm a dificuldade de expor, por se tratar de uma conduta constrangedora porque envolvem a polícia, família, em casos específicos, testemunhas. Então, é algo em que a mulher se torna sendo vista, inclusive, nas maiores dificuldades e frustrações”, pontua.
  
Às vezes, segundo a especialista, ocorre até de a mulher confundir o relacionamento patológico como algo de conformidade no sentido de fazer pensar “Está passando o tempo”, “Estou ficando velha”, mas lembra que um relacionamento deve ser bom, saudável, gerando prazer, necessidade de cuidado e de estar junto.
Hapvida

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Terça do Pão no Supermercado Leomar

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Guarabira: Programa + Empregos abre vagas para o Jovem Aprendiz

Publicado há

em

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, e sem uma qualificação fica praticamente impossível entrar nele. O programa + Empregos está abrindo oportunidades para jovens que queiram ser treinados e qualificados para entrar no mercado de trabalho neste final de ano.

O Jovem Aprendiz tem até essa semana para fazer sua matrícula gratuitamente e a partir de novembro você começa a receber treinamento e ser recrutado para as empresas que estão precisando de mão de obra, na cidade de Guarabira.

No Instagram https://instagram.com/pmeguarabira?utm_medium=copy_link você se inscreve e participa do treinamento.

A responsável por programa +Empregos na cidade de Guarabira é Nataline Tavares @natalynetavares

O treinamento é feito no auditório da ACEG (Associação Comercial e Empresarial de Guarabira).

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Dois são assassinados no início da noite desta segunda-feira em Jacaraú

Publicado há

em

Chegou à redação do jornalismo da TVMIDIA, a informação de que dois homens foram assassinados no início da noite de hoje (25) na cidade de Jacaraú, Litoral Norte da Paraíba.

As vítimas foram identificadas por populares, como Natanael e Cleiton. Os crimes teriam sido na rua da Jaqueira, bairro Alto do Cruzeiro.

Em 12h já são três assassinatos em Jacaraú, só hoje.

Nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (25) um homem foi assassinado a tiros. Sua esposa e uma criança de 2 anos também foram baleadas. Detalhes no Manhã de Notícias dessa terça-feira (26) a partir das 7h com @michelemarquestvmidia

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.