CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Projeto de autoria da Deputada Camila Toscano que garante Política para Enfrentamento à Covid-19 nos territórios indígenas e quilombolas foi aprovado pela ALPB

Publicado há

em

APROVADO PELA ALPB
Projeto garante Política para Enfrentamento à Covid-19 nos territórios indígenas e quilombolas

]
Os deputados estaduais aprovaram, por unanimidade, o projeto de Lei 1.689/2020, de autoria de deputada Camila Toscano (PSDB), que cria a Política Emergencial para Enfrentamento a Covid-19 nos territórios indígenas e quilombolas. A propositura, que agora aguarda posicionamento do Executivo, assegurando garantia de direitos sociais, bem como medidas específicas de vigilância sanitária e epidemiológica para prevenção do contágio e da disseminação da doença.
 
“Diante do aumento dos casos confirmados no Brasil, é necessário ter políticas públicas específicas para os povos indígenas e quilombolas, pois o modo de vida comunitário e a falta de estrutura para atendimento de saúde pode facilitar a rápida disseminação do vírus em seus territórios. Ademais, considerando que os casos graves demandam atendimento hospitalar especializado, faz-se urgente a antecipação das medidas que irão garantir aos indígenas o acesso aos recursos e equipamentos necessários”, observou Camila.
 
De acordo com o projeto, os povos indígenas e quilombolas devem ter seus direitos e sua dignidade respeitados, considerando-se sua condição de grupo em situação de vulnerabilidade em emergências como pandemias e epidemias, que exigem isolamento temporário e acesso a recursos hospitalares especializados. Todas as garantias estabelecidas devem levar em consideração, nos termos da Constituição Federal, a organização social, os costumes, as tradições e o direito à territorialidade dos Povos Indígenas.
 
Entre as diretrizes da Política de Enfrentamento Emergencial para o Enfrentamento da Covid-19 estão: a garantia de rigoroso protocolo de controle e vigilância epidemiológica do ingresso nas terras indígenas e aldeias, preferencialmente com a disponibilização de testes rápidos, com o objetivo de evitar a propagação do Covid-19 em territórios indígenas; e ainda a garantia de equipes multidisciplinares de atenção à saúde indígena, qualificadas e treinadas para enfrentamento do Covid-19, que possam atender e orientar os Povos Indígenas, com disponibilidade de local adequado e equipado para realização de quarentena antes de entrar em territórios indígenas, e com equipamentos de proteção individual adequados e suficientes.
 
A matéria assegura acesso a testes rápidos, exames, medicamentos e equipamentos médicos adequados para identificar e combater o Covid-19 nos territórios indígenas, nos termos do inciso anterior; a inclusão dos indígenas nos grupos prioritários na antecipação da imunização contra a influenza, bem como a antecipação da vacinação anual neste ano contra a gripe/influenza; bem como a distribuição gratuita de sabonete, sabão em barra, detergente, álcool gel, água sanitária e cestas básicas em áreas ocupadas por comunidades indígenas, sejam elas oficialmente reconhecidas ou não, inclusive no contexto urbano.
 
O projeto prevê também a elaboração e distribuição de materiais informativos sobre os sintomas da Covid-19, em formatos diversos e por meio por rádios comunitárias e redes sociais, com tradução e linguagem acessível, respeitando a diversidade linguística dos Povos Indígenas, e em quantidade que atenda o total de profissionais de saúde e as comunidades indígenas e transparência e publicização dos planos de contingência, notas e orientações técnicas, vigilância e monitoramento epidemiológico dos casos relacionados à Covid-19 em territórios indígenas, nos termos do inciso anterior.

Assessoria de Imprensa

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Terça do PÃO no Supermercado Leomar

Publicado há

em

O Supermercado Leomar fica na avenida Rui Barbosa, Centro de Guarabira. De frente ao Posto de Combustíveis Opção. Siga o Leomar nas redes sociais @supermercadoleomar. .

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

João Pessoa cancela festas de Réveillon na orla para não promover aglomerações

Publicado há

em

As festas de Réveillon, que estavam sendo planejadas na orla de João Pessoa, foram canceladas conforme anunciou o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, nesta segunda-feira (29), durante uma coleta de imprensa. Apesar disso, praia vai estar liberada para livre circulação de pessoas e reuniões particulares. Festas em bares e em casas de shows podem acontecer com protocolos de prevenção à Covid-19.

Segundo o prefeito, a preocupação com a nova variante do coronavírus, o Ômicron, e com uma possível nova onda de contaminação foram as razões que levaram ao cancelamento dos eventos.

A prefeitura decidiu não divulgar o nome das bandas que fariam parte dos shows previstos, porém afirma que não houve prejuízo para os cofres públicos.

Já o “Natal dos Sentimentos”, com polos na praia, na Praça da Independência e no Parque da Lagoa, está mantido. Conforme a prefeitura, nesses eventos a gestão consegue ter controle de público e não vai gerar uma aglomeração de 200 mil pessoas, como uma virada do ano na orla faria.

A festa vai acontecer nesses três polos, que serão interligados por vias decoradas e com deslocamento garantido. Neles, será realizada uma série de eventos integrando os polos e a população. O público vai poder participar de corridas e passeios ciclísticos.

G1

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Marcus fala sobre recomendação do MP para não realizar a FDL2022: “Não fui informado oficialmente”

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.