CONECTE-SE CONOSCO

Politica

TSE desmente boato sobre suposto cadastro para voto em casa

Publicado há

em

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) esclarece que é falso o comunicado que circula em redes sociais e aplicativos de mensagens sobre a possibilidade de se cadastrar em um site para votar em casa, por meio do celular, como substituição ao voto presencial.

Todos os anos – especialmente nos anos eleitorais -, chegam aos canais de relacionamento da Justiça Eleitoral relatos de cidadãos que contam terem recebido mensagens de e-mail ou via aplicativos de smartphones com mensagens enganosas que se passam por comunicado oficial. Essas mensagens sempre oferecem um link de origem duvidosa, que convidam o cidadão a clicar para saber mais detalhes. Contudo, elas são falsas e, ao que tudo indica, são enviadas por criminosos para, por meio delas, coletar dados do cidadão, como o número do CPF, para serem usados em golpes. Dúvidas Em caso de dúvida sobre a veracidade do teor de uma mensagem, confira sempre os canais oficiais da Justiça Eleitoral – TSE e Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).

cOM pORTAL cORREIo

Comente com seu Facebook

Davi Carrero é jornalista (DTR 3342-PB). Acadêmico de Direito e atua no Tribunal de Justiça da Paraíba lotado na 3• Vara Mista de Sapé.

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Candidatura de Prefeito eleito em Dona Inês é indeferida pelo TRE-PB

Publicado há

em

TRE-PB publica acórdão que indeferiu o Registro de Candidatura de Antonio Justino, determinando a realização de novas eleições para o município de Dona Inês.

 

A candidatura de Antônio Justino (PSD), prefeito eleito do município de Dona Inês, foi indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TER-PB) nesta segunda-feira, 23. Por 4X3 o TRE foi favorável ao parecer da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) que considerou o candidato inelegível com base na condenação do próprio TRE-PB, pela prática de abuso de poder político com viés econômico. Pela decisão do TRE-PB, Justino está impedido de concorrer a qualquer cargo público pelo prazo de 8 anos, a contar das eleições de 2016.

Com a decisão, o município pode ter novas eleições.

CONFIRA O ACÓRDÃO:

Acórdão

 

VÍDEOS:

 

 

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Politica

Prefeito promove show de forró com aglomeração de pessoas para comemorar vitória de sucessor na PB

Publicado há

em

Prefeito promove show de forró com aglomeração de pessoas para comemorar vitória de sucessor na PB

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Politica

Araçagi elege “Kelinha de Naldo”, a primeira vereadora surda da Paraíba

Publicado há

em

A Câmara Municipal de Araçagi, no interior da Paraíba, terá que se adaptar e se preparar para a próxima legislatura que terá início a partir do dia 1º de janeiro de 2021, quando tomarão posse os vereadores eleitos no pleito do último dia 15. O plenário da Câmara terá que se adequar para a atuação da vereadora Kelinha de Naldo (Cidadania) – na foto -, provavelmente a primeira pessoa surda eleita vereadora em uma cidade paraibana.

Ana Kelly Nunes Bezerra, a Kelinha de Naldo, de 24 anos, recebeu 421 votos e irá compor o quadro de onze vereadores que atuarão pelos próximos quatro anos na Câmara de Araçagi. Quarenta e sete candidatos disputaram as onze vagas a vereador na cidade. Casada, estudante e natural de Guarabira, Ana Kelly é surda e só se comunica por meio de sinais. Pelo Facebook, ela gravou uma mensagem de agradecimento pelos votos recebidos na eleição do último domingo e que pode ser conferida.

Ela e outros cinco vereadores também eleitos pelo Cidadania (Toinho do Empréstimo, Marinaldo, William de Bajola, Jandilson Figueiredo e Fabiana de Tarcísio do Abacaxi) são maioria em plenário e vão compor a bancada de oposição à prefeita eleita, Josilda Macena (PSDB). A nova prefeita vai contar com o apoio de cinco vereadores também eleitos pelo PSDB: Paula de Casquinha, Josué Benício, Givaldo Porfírio, Melqui Gomes e Beto Mariano.

Na eleição do dia 15, o atual prefeito da cidade, Murilo Nunes (Cidadania), que havia sido eleito em 2016 pelo PSB, perdeu a reeleição obtendo 5.231 votos, o equivalente a 47,55% dos votos válidos. Ele disputou a prefeitura pela coligação ‘O trabalho não pode parar’, que ainda tinha o MDB na chapa. Já Josilda Macena encabeçava a coligação ‘Araçagi, o povo pode mais’, com DEM e PSD, e obteve 5.577 votos (50,70%). Em terceiro lugar ficou o candidato do PCdoB, Doutor Jorge, com apenas 192 votos (1,75%).

Seu pai, Naldo mora em Canafistinha, município da cidade e trabalha sempre a favor da comunidade rural, defendendo os mais humildes residentes na localidade. De fé cristã, se dedicam em tempo integral à ajuda ao próximo.

Araçagi, com pouco mais de 17 mil habitantes e distante a 64 quilômetros da capital paraibana, João Pessoa, é um município localizado na Região do Brejo, polarizada pela cidade de Guarabira, terra natal de Kelinha de Naldo.

POLÊMICA PARAÍBA (adaptado)

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.