CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Paulo Guedes diz que governo está preparado para segunda onda do covid

Publicado há

em

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) — O ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou nesta quinta-feira (19) que o governo enfrentará eventual segunda onda da pandemia do novo coronavírus assim como enfrentou a primeira. Embora afirme que o plano prioritário do Executivo é retomar a agenda de reformas, ele disse que a administração federal sabe reagir a choques.

Em apresentação no Congresso Brasileiro de Previdência Privada, o ministro afirmou que há sinais de chegada da segunda onda em algumas regiões, mas não deixou claro se estava se referindo ao Brasil ou a regiões do mundo.

“A doença recuou e a economia brasileira voltou. É fato que está havendo um retorno, uma segunda onda, etc? Por enquanto, algumas regiões parecem estar acusando isso, mas não é um fenômeno geral”, disse.

Na primeira onda da pandemia, o governo decretou estado de calamidade pública, retirou travas fiscais e ampliou gastos públicos para mitigar os efeitos da doença na área da saúde e na economia. A equipe econômica planejava limitar essas despesas extraordinárias ao ano de 2020, mas já há pressão para continuidade de gastos com saúde e assistência social no ano que vem.

“As pessoas dizem ‘e se acontecer?’. Se acontecer é como é a tragédia, você enfrentou a tragédia uma vez. É como se uma guerra, em vez de durar um ano, ela durasse dois ou três. Os brasileiros são resilientes, sabem enfrentar e nós enfrentaremos como enfrentamos antes. […] Se a doença vier, já sabemos como temos que agir, mas não é o nosso plano. Nosso plano é seguir as reformas, mas sabemos reagir a eventuais choques” afirmou.

Nesta semana, o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou que considera baixíssima a probabilidade de uma nova onda de coronavírus no país.

Segundo ele, estudos feitos por sua equipe indicam que a chamada imunidade de rebanho já estaria sendo alcançada no país e, com isso, haveria pouca chance de uma nova escalada da pandemia.

“Vários estados já atingiram ou estão próximos de atingir imunidade de rebanho”, disse. “Acho baixíssima a probabilidade de segunda onda. Não apenas isso. Acho que os dados que temos mostram algo concreto, que é a força da retomada econômica”, afirmou Sachsida na terça-feira (17).

O projeto Comprova, coalizão que reúne 28 veículos na checagem de conteúdos, verificou há menos de um mês não haver dados que indiquem que o país já teria alcançado os percentuais necessários para uma proteção coletiva capaz de frear o vírus Sars-CoV-2.

A possibilidade de uma nova onda de coronavírus no Brasil é levantada após países como Estados Unidos, França e Alemanha registrarem aumento nos casos de Covid-19, recentemente. Lideranças dessas economias adotaram novas restrições de circulação após um período de relaxamento das medidas para combater o vírus.

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

APDP alerta associados sobre baixa em registro da OAB

Publicado há

em

A advogada da Associação Paraibana dos Defensores Públicos, Ciane Feliciano, alerta aos defensores e defensoras públicas para, no ato da aposentadoria e/ou quando não mais desejarem exercer atividade, solicitar baixa do registro na Secretaria da OAB, por requerimento escrito.

Ou, caso já tenham 35 anos de contribuição ininterruptos e 70 anos de idade, requerer o direito de isenção do pagamento da anuidade, como prevê a Lei.

Recentemente, seis associados que não atentaram para isto, foram surpreendidos com a notificação de pagamento e/ou bloqueio em conta de valores que giram em torno de 6 (seis) mil reais, referente à execução de dívida federal, decorrente do não pagamento da anuidade à Ordem.

Ela citou confirmação pela Sexta Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) de decisão (*) que suspendeu a cobrança de anuidade da Ordem dos Advogados do Brasil/ Secção São Paulo (OAB/SP) a um advogado desde a data que completou 70 anos, em 2012, e contava, cumulativamente, com 30 anos de contribuição à entidade. A isenção do pagamento deve retroagir a partir do efetivo implemento das duas condições exigidas.

Para os magistrados, o advogado atendeu aos requisitos expressos no Provimento n° 111/2006, do Conselho Federal da OAB, que trata da isenção de anuidades. Ressaltaram, também, que a Lei 10.741/03 (Estatuto do Idoso) determina a prevalência do marco temporal mais benéfico ao idoso.

(*) Apelação Cível n. 0000209-81.2014.4.03.6135

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Advogado diz que Pamella pode responder na Justiça, mas alerta que DJ Ivis deveria ter saído de casa e protegido filha

Publicado há

em

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, o jurista disse que esse novo material que circula na internet é prova gravíssima e que pode culminar até na perda da guarda da filha.

Alberto Laurindo ainda justifica que a orientação é sempre, em qualquer caso como esse, que a pessoa saia de casa, busque as autoridades, peça o afastamento e a guarda do filho. (Foto: reprodução)

O advogado Alberto Laurindo comentou sobre que os novos aúdios divulgados na manhã de hoje (23), do caso envolvendo o DJ Ivis e a digital influencer Pamella Holanda. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, o jurista disse que esse novo material que circula na internet é prova gravíssima e que pode culminar até na perda da guarda da filha.

“É caso notório, de um crime bárbaro em que se buscam justificativas. Depois do crime cometido pela Pamella era pra ele ter buscado as autoridades, guaritar a segurança dele e da filha. O que não pode é que isso seja a justificativa do crime que ele cometeu”, destacou o advogado, conforme apurou o ClickPB.

O advogado destaca ainda que o procedimento de prisão de DJ Ivis foi correto em partes, porque demorou. “O clamor da sociedade é que fez que ele fosse preso.”

Alberto Laurindo ainda justifica que a orientação é sempre, em qualquer caso como esse, que a pessoa saia de casa, busque as autoridades, peça o afastamento e a guarda do filho.

“Em casos como estes, antigamente, tinha o abandono do lar e hoje não tem mais. Ele poderia ter saído e buscado as autoridades. O que ele não poderia era cometer o crime porque estava sofrendo o outro”, concluiu o jurista.

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

‘Em Guarabira o estelionato não parou’, diz Renato ao cobrar entrega de creche

Publicado há

em

O vice-presidente da Câmara de vereadores de Guarabira, Renato Meireles (Cidadania), denunciou através das redes sociais que as obras da creche do Alto da Boa Vista estão paralisadas. De acordo com o parlamentar, que fez uma visita ao local, a construção iniciou em 2018 e deveria ser finalizada em 2020.

“Estamos aqui fiscalizando a creche do Alto da Boa Vista, que infelizmente a atual gestão não consegue entregar essa obra para a comunidade”, lamentou o vereador, alegando ainda que não obtém resposta por parte dos que fazem a prefeitura.

Em um vídeo, Renato mostra as instalações da creche com mato alto e completamente abandonada. Segundo ele, quase R$ 200 mil já foram gastos na obra, sendo pagos em 2018 a quantia de R$ 28.752,10, em 2019 os valores de R$ 100.228,87 e R$ 38.077,58; além de R$ 24.783,76 empenhados no ano de 2020.

“Números esses que levantamos no Sagres e, infelizmente, esse dinheiro já foi investido e não se consegue um resultado para entregar essa obra para a população”, disse.

Para Renato, quem perde com isso são os moradores do Alto da Boa Vista, que poderiam ter uma creche para servir aos seus filhos. “Infelizmente, em Guarabira o estelionato não parou e nem vai parar”, completou o vereador.

Assessoria

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.