CONECTE-SE CONOSCO

Cidades

PF investiga desvio de dinheiro para perfuração de poços na PB

Publicado há

em

Pelo menos 15 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em uma operação da Polícia Federal realizada na manhã desta quarta-feira (25) em João Pessoa e Araruna, na Paraíba, e em Parnamirim, no Rio Grande do Norte. De acordo com a PF, a Operação “Poço Sem Fundo”, investiga desvio de dinheiro destinado à perfuração de poços e instalação de sistemas simplificados de abastecimento de água na Paraíba.

Em João Pessoa, policiais federais e auditores da Controladoria-Geral da União cumpriram um dos mandados de busca e apreensão em um condomínio de luxo no bairro do Altiplano. Também estão sendo cumpridos mandados no prédio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) na capital. Pelo menos 70 policiais e sete auditores participam da ação.

Segundo as investigações da Polícia Federal, o direcionamento de contratos firmados entre as empresas investigadas, o DNOCS, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a Prefeitura de Araruna, por meio de procedimentos de licitação, envolviam o montante de cerca de R$ 54 milhões.

As irregularidades investigadas apontam para desvio de recursos destinados à implantação de sistemas de abastecimento d’água para a população carente do interior paraibano, castigada sobremaneira pelos longos períodos de estiagem.

O órgão explica que apura também a prática de superfaturamento dos contratos, atos de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro por meio do uso de contas bancárias de empresas interpostas para dissimulação de movimentações financeiras. Quatro servidores públicos federais foram afastados das funções e tiveram os bens bloqueados, segundo a PF.

G1

Comente com seu Facebook

Davi Carrero é jornalista (DTR 3342-PB). Acadêmico de Direito e atua no Tribunal de Justiça da Paraíba lotado na 3• Vara Mista de Sapé.

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Justiça mantém bares fechados em Campina Grande

Publicado há

em

Uma decisão desembargador João Alves da Silva culminou na rejeição da ação movida pela prefeitura de Campina Grande contra a proibição de livre funcionamento de bares e restaurantes da cidade nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro.

No documento a prefeitura se voltava à decisão do juiz Ely Jorge Trindade, que anulou efeitos do decreto que sinalizava o funcionamento dos estabelecimentos nas datas acima, além dos dias 24 e 25 deste mês.

Vale ressaltar que, por decisão do governo da Paraíba, o funcionamento de bares e restaurantes deve respeitar limites de horários. A ação tem como objetivo evitar grandes aglomerações de pessoas durante os feriados.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Cidades

Polícia fecha festas com aglomerações em João Pessoa

Publicado há

em

Duas festas que violavam as medidas de distanciamento social em prevenção ao novo coronavírus foram encerradas pela Polícia Militar na noite desse sábado (26), em João Pessoa. As intervenções aconteceram nos bairros de Mangabeira e Valentina, na Zona Sul. Os organizadores dos eventos não foram identificados.

Segundo a PM, a festa em uma granja em Mangabeira reunia mais de 200 pessoas, entre elas adolescentes. Havia consumo de bebidas alcoólicas e de entorpecentes no local. Já a festa no Valentina foi interrompida ainda no início. Os policiais militares chegaram ao local quando estavam se iniciando as aglomerações.

As ações de dispersão foram realizadas pelo policiamento preventivo e força tática do 5º Batalhão e contou com o apoio de militares do Centro de Educação.

Portalcorreio

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Cidades

Quer descobrir seus antepassados e construir sua árvore genealógica gratuitamente?

Publicado há

em

Já imaginou, descobrir que você é um descendente da nobreza européia?  Ou, que o marido de sua irmã vem a ser primo de 10° grau de seu marido?

Muitas pessoas têm descoberto informações como estas ao fazer pesquisas sobre seus familiares usando o site do FamilySearch ou o aplicativo móvel.

Conhecer a história da vida dos nossos antepassados, os lugares onde viviam, o que eles acreditavam, seus costumes, ocupação e etc. nos conecta à eles, reforçando nossas raízes e nos ajudando a compreender quem somos.

O FamilySearch é um serviço de genealogia totalmente gratuito com mais de 20 anos de existência. O operado pela A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ele conta com recursos que vão desde o reconhecimento de documentos para extração de dados e digitalização online até o acesso a cópias de arquivos de mais de 100 países, inclusive no Brasil e na nossa região do brejo e agreste paraibano com diversos registros.

O site também conta com uma ferramenta poderosa de pesquisa que permite encontrar, sem muito esforço, pessoas que tenham o mesmo sobrenome, de onde vêm e em que ano nasceram. Além de criar uma árvore pessoal, é possível guardar fotos, áudios e imagens da família para compor um projeto.

Para saber mais acesse o site do FamilySearch ou chame no WhatsApp 83 99135-5996

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.