CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Repórter recebe repúdio de sindicato após chamar mobilização na UFPB de baderna

Publicado há

em

Repórter recebe repúdio de sindicato após chamar mobilização na UFPB de baderna

 

O repórter Gustavo Chaves, da TV Arapuan de João Pessoa, está no centro de uma polêmica desde que discutiu, ao vivo, com integrantes de um acampamento instalado na Universidade Federal da Paraíba em protesto à nomeação do reitor Valdiney Veloso, último colocado na lista tríplice composta pela consulta à comunidade acadêmica. A postura de Gustavo recebeu uma nota de repúdio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba.

O texto distribuído pela entidade afirma que o comportamento de Gustavo foi antiético e desrespeitoso: “Para os telespectadores que assistiram ao programa Cidade em Ação, a matéria estava mais para um debate entre quem era contra ou a favor da nomeação do professor Valdiney Veloso do que para uma reportagem, dando a entender que o entrevistador foi para o local mais para se confrontar com o movimento estudantil do que para saber o porquê e as razões da ocupação”.

Em sua participação ao vivo no Cidade em Ação, Gustavo admitiu que não é graduado em Jornalismo. Ao tomar conhecimento da nota de repúdio, reagiu dizendo que o sindicato não o representa. “Eu Gustavo Emanoel Chaves Hermínio reforço que esse sindicato não me representa e que por mais que tentem me calar jamais irei, estarei do lado do povo e da verdade, ainda existe uma imprensa que não comunga com o errado. Um forte abraço aos demais e estou à disposição!”.

Confira no vídeo a participação de Gustavo no programa Cidade em Ação que originou a controvérsia com o sindicato:

 

 

parlamentopb

 

 

 

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Veja como foi o Lançamento da Programação da Festa de Nossa Senhora da Luz – 2021

Publicado há

em

 

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Polícia prende suspeitos de assalto, captura foragido e apreende arma de fogo em Riachão do Poço e Sapé

Publicado há

em

Por

A Polícia Militar prendeu três suspeitos de assalto, cumpriu um mandado de prisão e apreendeu uma arma de fogo nas cidades de Riachão do Poço e Sapé. As ações aconteceram nessa sexta-feira (15).

Em Riachão do Poço, duas pessoas que estavam sendo procuradas por diversos delitos na região, entre eles um assalto acontecido no dia anterior, foram presas pela Força Tática da 3ª Companhia do 7ª Batalhão. Durante abordagem aos suspeitos, os policiais ainda constataram que um deles possuía um mandado de prisão em aberto. A dupla, e os materiais encontrados com eles como capacete, coturno e celular, foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil em Santa Rita.

Também nessa sexta-feira, policiais da 3ª Companhia chegaram à localização de um homem suspeito de assalto que vinha cometendo crimes na cidade de Sapé. O suspeito foi preso e apresentado na Delegacia em Santa Rita, onde suas práticas criminosas serão apuradas.

Motopatrulhamento – Também na tarde dessa sexta-feira, policiais do Batalhão Especializado em Policiamento com Motocicletas (BEPMotos) apreenderam uma espingarda de calibre indefinido, nas proximidades da rodovia estadual PB 073, também em Sapé. O armamento estava com um suspeito que fugiu ao perceber a chegada da PM na região, e se desfez da espingarda. Os policiais levaram a arma apreendida para a Delegacia da cidade.

As ações preventivas devem continuar durante todo o fim de semana na região, com objetivo de prevenir crimes patrimoniais e contra a vida.

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Polícia encerra festa com aglomeração em Alagoa Nova

Publicado há

em

Por

A Polícia Militar encerrou mais uma festa com aglomeração e uso de drogas na Paraíba. A ação foi registrada, na noite dessa sexta-feira (15), no município de Alagoa Nova, que fica a cerca de 158 quilômetros de distância de João Pessoa.

Policiais do 15º Batalhão chegaram até um sítio após receberem denúncias de uma festa que estava promovendo aglomeração, violando os protocolos de prevenção à disseminação da Covid-19, além de uso de som e drogas. Segundo os policiais que participaram da ação, cerca de 100 pessoas estavam no local.

Durante a dispersão, a PM encontrou 20 pequenos frascos e uma garrafa com substância semelhante ao entorpecente loló, além de uma porção de maconha.

O proprietário das drogas  não foi localizado. Elas foram encaminhadas para a Delegacia da Polícia Civil em Esperança.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.