CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Escritora paraibana recebe título de Doutora Honoris Causa

Publicado há

em

A dramaturga paraibana Lourdes Ramalho foi homenageada na tarde da última sexta-feira (27), pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). A instituição de ensino organizou uma reunião extraordinária do Conselho Universitário (Consuni) e Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), com o objetivo de outorgar, in memoriam, à professora, dramaturga e poetisa, o título honorífico de Doutora Honoris Causa.

A homenagem póstuma para Lourdes Ramalho, decorreu de uma proposta encaminhada pelo Departamento de Letras e Artes (DLA) do Centro de Educação (CEDUC), por meio dos professores Diógenes Maciel e Ludmila Mota de Figueiredo Porto, tendo como relatora a professora Ivonildes Fonseca.

A solenidade foi presidida pelo reitor Rangel Junior e aconteceu no Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP). Além do reitor o evento contou com os conselheiros Francisco de Assis Batista, Alexandra Teixeira e José Luan da Costa, e com o secretário de Educação da Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG), Rodolfo Gaudêncio.

A escritora foi representada na cerimônia pelo filho, George Suetônio Ramalho, que recebeu a honraria das mãos do reitor e pela neta Luana Ramalho, que recebeu um troféu da UEPB como mais uma reverência ao brilhantismo da autora.

Outros familiares, amigos e admiradores da escritora participaram da solenidade de forma presencial e remota. Também participaram do evento, o pró-reitor de Cultura, José Cristóvão de Andrade, uma das curadoras da Sala de Cordel do MAPP, Joseilda Diniz, a pró-reitora de Gestão Administrativa (PROAD), Eliana Maia, o coordenador de comunicação da UEPB, Hipólito Lucena, a diretora adjunta do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA), Vaneide Silva Lima, o curador da Sala de Artesanato do MAPP, Angelo Rafael, Luciano Albino Barbosa, pró-reitor de Planejamento da UEPB; Maísa Marques e Antônio Augusto Pereira de Sousa, entre outros. Ainda estiveram na iniciativa, o presidente do Instituto Histórico de Campina Grande (IHCG), Wanderley de Brito, e Maria Ida Steinmuller.

O evento foi oficialmente aberto com o hino nacional, puxado pela sanfona de oito baixos do professor do Centro Artístico Cultural (CAC), Luizinho Calixto, e a posterior leitura da Resolução de Outorga, pelo chefe de gabinete da UEPB, professor Ricardo Soares.

O filho de Lourdes, George Ramalho, ressaltou a felicidade e o orgulho da família pela ocasião e distinção concedida. “Agradecemos aos que colaboraram para esse evento acontecer. Foi uma caminhada gratificante, muitos títulos dados quando ela estava viva e bem lúcida. Essa homenagem coroa todas as recebidas anteriormente”, disse.

Rangel Junior enfatizou ser um desejo seu que essa oportunidade ocorresse ainda no exercício de seu reitorado. “É com alegria que saúdo especialmente os familiares. Eles carregam em si essa herança cultural tão rica, além do enorme tesouro afetivo que ela construiu com cada um ao longo de sua vida, de maneira humana e amorosa. Na memória de todos, fica o registro de reverência a essa mulher que deu voz sobretudo aos oprimidos do Nordeste”, afirmou.

José Cristóvão de Andrade explanou que, notadamente nos últimos anos, a UEPB veio fazendo diversas manifestações de respeito e admiração a Lourdes e com a presença dela, inclusive no Museu. “A Instituição assim expressa seu carinho àquela que com imaginação e engenho nos mostrou um ideário regional carregado de vivacidade, de identidade e musicalidade”, enfatizou.

Professor do Centro Artístico Cultural da UEPB, o ator Chico Oliveira apresentou uma performance com recortes do espetáculo “As Velhas”, do qual fez parte em 1987, com direção de Moncho Rodriguez. “Foram duas canções. Uma delas se refere aos retirantes, a outra retrata o sofrimento das mães nordestinas, na luta pela sobrevivência”, detalhou.

Chico encenou, igualmente, um trecho da peça “A Feira”. “Foi a minha singela demonstração de apreço e gratidão a Lourdes. Minha relação com ela é estreita, vem desde o início da minha carreira no teatro, em 1982, quando a conheci. Fiz várias montagens, a primeira foi Fogo-Fátuo e teve a direção de Hermano José. Participei de infantis também, como Corrupio e Tangará, Dom Ratinho e Dom Gatão, através do Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, fundado por ela e que tive a graça de integrar”, assinalou.

Para Chico, a lembrança de Lourdes ficou não só como um dos pilares da profissão escolhida por ele, mas como a imagem de uma pessoa acolhedora, gentil, generosa, incentivadora. “Ela era uma mãezona, nos dava o melhor dela, estar aqui nesse momento é emocionante para mim, pois como ator me sinto envaidecido, lisonjeado de ter convivido com ela e de ter dado vida aos personagens que criou”, endossou.

ClickPB

Comente com seu Facebook

Davi Carrero é jornalista (DTR 3342-PB). Acadêmico de Direito, atua no Tribunal de Justiça da Paraíba - TJPB.

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Hospital de Trauma de João Pessoa registra mais de 100 altas da área Covid-19

Publicado há

em

Covid.jpeg

A cada alta, os pacientes que deixam o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, recebem aplausos da equipe multiprofissional que os acolheu. A ação simboliza a vitória sob a doença. A unidade de saúde registrou, nesta segunda-feira (19), a marca de 103 pacientes que venceram a Covid-19, após 56 dias do início dos atendimentos regulados pela Secretaria de Estado da Saúde.

 A paciente de 62 anos, Vera Castro, não escondeu a felicidade. “Venci a Covid”, dizia o cartaz que carregava. Ela deu entrada no hospital no dia 19 de março e precisou ser encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), logo depois para Unidade de Decisão Clínica (UDC), onde permaneceu por três dias. Após melhora do quadro, ela recebeu alta e seguiu em casa com a fase final da recuperação.

O sucesso na recuperação dos pacientes se deve ao empenho da equipe multiprofissional da unidade de saúde que está na linha de frente de combate à doença, levando assistência segura aos internados. Com esse trabalho, os 103 pacientes curados passam a integrar a lista das mais de 194.389 pessoas recuperadas da Covid-19 na Paraíba.

Para o diretor geral do hospital, Laecio Bragante, toda equipe está empenhada em prestar o melhor atendimento hospitalar possível a todos os pacientes do Complexo Hospitalar. “As altas hospitalares da área Covid-19 são resultados de um trabalho desenvolvido com muita dedicação e excelência nos atendimentos realizados”, explicou.

O Hospital de Trauma dispõe de 45 leitos para atender casos de coronavírus, sendo 25 de UTI e 20 para UDC todos sendo regulados pela Secretaria de Saúde do Estado. Em toda Paraíba já são 1.201 leitos distribuídos nas três macrorregiões de Saúde, sendo 669 de enfermaria e 532 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

paraiba.pb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Paraíba tem menor número de pacientes internados por Covid-19 desde 07 de março

Publicado há

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta segunda-feira (19), 904 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 37 (4,09%) são casos de pacientes hospitalizados e 867 (95,90%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 280.967 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 801.522 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 34 novos óbitos desde a última atualização, sendo 21 nas últimas 24h. Os óbitos ocorreram entre os dias 06 e 19 de abril de 2021, sendo 04 deles em hospitais privados e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 6.478 mortes. O boletim registra ainda um total de 194.644 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 273 novos casos, o que corresponde a 30,19% dos casos registrados nesta segunda. São eles: João Pessoa, com 141 novos casos, totalizando 76.230; Campina Grande, com 44 novos casos, totalizando 25.718; Belém, com 41 novos casos, totalizando 1.712; Santa Rita, com 30 novos casos, totalizando 6.869; São João do Rio do Peixe, com 17 novos casos, totalizando 802.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 19/04/2021, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até esta segunda, 215 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 34 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Alhandra (1), Cabedelo (1), Campina Grande (2), Catolé do Rocha (1), Diamante (1), Guarabira (1), João Pessoa (20), Pedras de Fogo (1), Santa Luzia (1), Santa Rita (2), Sapé (1), Soledade (1) e Umbuzeiro (1).

As vítimas são 18 homens e 16 mulheres, com idades entre 34 e 96 anos. Hipertensão e diabetes foram as comorbidades mais frequentes e 07 não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 63%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 66%. Em Campina Grande estão ocupados 61% dos leitos de UTI adulto e no sertão 67% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 45 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 687 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 776.339 doses. Até o momento, 580.308 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 196.031 com a segunda dose da vacina. Um total de 1.029.630 doses já foram distribuídas.

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavirus

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Prefeitura de Guarabira dá posse a novos professores e servidores municipais

Publicado há

em

A Prefeitura, através da Secretaria de Administração e Recursos Humanos, deu posse a novos servidores municipais nesta sexta-feira (16/4). Assinaram o termo candidatos aprovados e convocados para o cargo de professor de nível médio, assistente social e um agente administrativo.

O concurso realizado em 2019 já conta com mais de 10 convocações. É o terceiro certame realizado em oito anos. Com a aposentadoria de servidores e vagas nos cargos existentes, a administração vem renovando o quadro efetivo com responsabilidade e planejamento, sempre para garantir o melhor serviço público aos guarabirense.

A solenidade ocorreu no auditório da Associação Comercial de Guarabira e contou com a presença do prefeito Marcus Diôgo, do vice-prefeito Wellington Oliveira, do Secretário de Administração e Recursos Humanos Aguiberto Alves, da Secretária de Educação Andréa Cavalcante e da Coordenadora Pedagógica Gracina Pontes.

 

Prefeitura de Guarabira

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.