CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Anunciado novo lockdown na Inglaterra para conter variante do coronavírus

Publicado há

em

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou nesta segunda-feira (4) um novo lockdown na Inglaterra, instruindo as pessoas a ficarem em casa para conter a variante mais contagiosa do coronavírus identificada recentemente.

A medida passa a valer somente a partir de terça, mas a recomendação é de que todos fiquem em casa, se possível, imediatamente.

Algumas atividades ficarão proibidas ou restritas até meados de fevereiro, prazo no qual os quatro grupo prioritários para imunização receberão a primeira dose da vacina contra a doença, segundo o primeiro-ministro.

Veja as restrições do terceiro lockdown na Inglaterra:

  • todos devem permanecer em casa, salvo exceções autorizadas.
  • escolas fecham imediatamente e migrarão para o ensino remoto de forma integral até pelo menos meados de fevereiro, provas estão suspensas.
  • lojas que vendem e entregam bebidas alcoólicas ficam fechadas até fevereiro para reduzir a socialização.

As pessoas serão autorizadas a sair de casa apenas em caso de necessidades médicas, compra de alimentos, prática de exercício físico e trabalho presencial, quando este for indispensável.

Creches continuam recebendo crianças e restaurantes poderão abrir apenas para sistema de entrega.

Instalações esportivas ao ar livre, como campos de golfe e quadras de tênis, devem fechar e a prática de esportes coletivos para amadores fica proibida, mas continua no nível profissional, como em partidas de futebol da Premier League.

“Devemos entrar em um lockdown nacional, o que será o suficiente para conter essa variante”, disse Johnson em um discurso na televisão. “Isso significa que o governo está mais uma vez instruindo você a ficar em casa.”

O primeiro-ministro disse que “as semanas que se seguem serão as mais difíceis”.

“Enquanto falo com vocês esta noite, nossos hospitais estão sob mais pressão pela Covid do que em qualquer momento desde o início da pandemia”, disse ele.
Dados do governo apontam que o Reino Unido atingiu outro recorde diário de 58.784 novos casos de coronavírus, tornando este o sétimo dia consecutivo em que ocorreram mais de 50 mil novos casos de Covid em território britânico.

A premiê escocesa Nicola Sturgeon anunciou nesta segunda que a Escócia também entraria em lockdown, e que agora é lei que todos os residentes que vivem no território escocês devem “ficar em casa”.

A Irlanda do Norte fechou escolas e o País de Gales discute que medidas de restrição irá tomar para conter a disseminação da Covid-19.

Enquanto isso, as primeiras doses da vacina da Universidade de Oxford e da AstraZeneca foram administradas no Reino Unido. Pouco mais de meio milhão de doses estão disponíveis a partir desta segunda, no que Matt Hancock, o secretário de saúde, descreveu como um “momento crucial” na luta do Reino Unido contra o coronavírus.
CLIKPB

Comente com seu Facebook

Davi Carrero é jornalista (DTR 3342-PB). Acadêmico de Direito e atua no Tribunal de Justiça da Paraíba lotado na 3• Vara Mista de Sapé.

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Banco deve indenizar correntista por descontos indevidos em sua aposentadoria

Publicado há

em

A Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba entendeu de manter a sentença proferida pelo Juízo da Vara Única de Água Branca, na qual o Banco Bradesco foi condenado a pagar a uma correntista uma indenização por danos morais no valor de R$ 5 mil, por realizar descontos nos seus proventos de aposentadoria, bem como em sua conta corrente, sem a sua autorização, relativos a dois empréstimos. A relatoria da Apelação Cível nº 0800586-73.2018.8.15.0941 foi do desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides.

A Instituição financeira recorreu da sentença, alegando que se tratam de contratos de empréstimos válidos, formalizados corretamente pela promovente, sendo um consignado e outro firmado no caixa eletrônico, pessoalmente pela autora, mediante o uso do cartão e senha eletrônica. Afirmou, ainda, que agiu o banco dentro do exercício legal de um direito ao descontar as parcelas dos empréstimos contratados, uma vez que houve prova do crédito em conta. Pugnou, por fim, pela redução da indenização por dano moral, entendendo que o valor fixado foi exacerbado.

Analisando o caso, o relator do processo entendeu que restou comprovada a falha na prestação do serviço. “Forçoso reconhecer a falha na prestação do serviço, constatando-se ilícita a conduta da instituição ré, que, não adotou qualquer providência, a fim de evitar os descontos indevidos, ensejando prejuízos a recorrente, que ficou privada de seus recursos, o que o torna responsável pelo evento danoso e o obriga a reparar os danos morais sofridos”, observou.

Sobre o valor da indenização, o desembargador-relator considerou que o montante de R$ 5 mil está em consonância com os parâmetros da razoabilidade e da proporcionalidade. “No que concerne ao “quantum” indenizatório, a reparação serve para atenuar o sofrimento da vítima e ainda de sanção ao causador do dano, como fator de desestímulo, para que não volte a praticar aquele ato lesivo à personalidade do ser humano”, pontuou.

Da decisão cabe recurso.

Confira, aqui, o acórdão.

Por Lenilson Guedes/Gecom-TJPB

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Concurso da Prefeitura de JP para área administrativa inscreve até esta segunda

Publicado há

em

As inscrições para o concurso da Prefeitura de João Pessoa para a área da administrativa terminam nesta segunda-feira (25). O certame está oferecendo 320 vagas em cargos de níveis médio e superior.

Os interessados devem realizar as inscrições exclusivamente no site da organizadora do certame, o Instituto AOCP, até às 23h59. A taxa de inscrição varia entre R$ 50 e R$ 90.

No certame estão sendo ofertadas vagas para assistente administrativo, engenheiro e arquiteto. As remunerações variam de R$ 1.306,48 a R$ 6.412,30.

As provas acontecem em 28 de fevereiro e a de títulos será no dia 19 de março. O resultado final do concurso está previsto para sair no dia 7 de abril de 2021.

com paraibaja

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Idosa de 114 anos é 1º vacinada em instituição de longa permanência na PB

Publicado há

em

A Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa (SMS-JP), por meio da Seção de Imunização, dá inicio nesta segunda-feira (25) a vacinação contra a Covid-19 em instituições de longa permanência. A imunização acontecerá nesta tarde, a partir das 14h, na Associação Promocional do Ancião (ASPAN). A primeira vacina será aplicada em uma idosa de 114 anos que vive na Associação.

A vacinação deste grupo está prevista como prioritária para a primeira remessa das vacinas. “Levando em consideração o grau de exposição dos idosos que vivem nessas instituições, bem como dos trabalhadores que ali atuam, estamos iniciando na tarde de hoje a imunização desse grupo, que já estava prevista como prioritária”, destaca o chefe da Seção de Imunização da SMS, Fernando Virgolino.

Dentro desse grupo, devem receber a vacina os idosos e trabalhadores de 12 instituições de longa permanência localizadas na Capital. A ordem de vacinação acontecerá conforme agendamento da instituição junto à Seção de Imunização, bem como o repasse da lista contendo o quantitativo e o nome dos trabalhadores e dos residentes de cada local. Também será necessário que cada instituição assine um termo de responsabilidade quanto à veracidade das informações repassadas.

Além da ASPAN, também recebem vacina na tarde desta segunda-feira os idosos e trabalhadores do Lar da Providência e Lar Melodias.
As demais instituições devem realizar o repasse das informações necessárias à SMS para finalizar o agendamento junto a Seção de Imunização.

com paraibaja

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.