CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Camila Toscano: “Genival levou a alegria de ser nordestino para o Brasil e para o mundo”

Publicado há

em

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) comentou o falecimento do cantor paraibano, nesta quinta-feira (7), com agravamento da covid-19. Para Camila, Genival é símbolo da cultura e da arte popular do Nordeste e a sua partida representa luto para toda região.
“Lamento profundamente. Genival Lacerda nos deixa e leva um pouquinho da gente. Ele marcou época e foi símbolo de resistência da mais genuína da nossa cultura. Ele tinha um o estilo próprio de cantar, mas também ganhou destaque pela alegria de ser nordestino e mostrar que música pode ter bom humor. Estamos todos de luto”, comentou.

Genival Lacerda  é natural de Campina Grande e acumulava 68 anos de carreira. O paraibano ficou conhecido pelo estilo musical e pelo espírito cômico que tinha. Genival começou os trabalhos como radialista nas rádios Borborema e Caturité, em Campina.  Na música, seu grande destaque foi “Severina Xique Xique”, mas outros sucessos como “Radinho de Pilha”, “Mate o veio”, “Quem será”.

Assessoria de Imprensa

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Programação do Cinemaxxi Cidade Luz Para essa semana

Publicado há

em

vsProgramacao21-01

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Informações sobre a campanha de vacinação na Paraíba

Publicado há

em

Por

Total de doses recebidas no estado da Paraíba: 114.846,9

Quantitativo de seringas e agulhas armazenadas na SES: 411 mil

Tipo de vacina: Coronavac

Total de paraibanos que deverão ser vacinados: 54.689 pessoas

Quem irá receber as doses nessa primeira fase: 34% do previsto dos trabalhadores da saúde (42.925), Indígenas aldeados (10.432), Pessoas idosas em instituições (1212) e Pessoas com deficiência institucionalizada (120). O quantitativo é para a primeira e segunda dose (que será complementada a quantidade nos próximos dias) apenas dos grupos citados. As doses são encaminhadas para os municípios de acordo com a população destes públicos informados pelo Ministério da Saúde. Distribuiremos a primeira dose onde o registro é nominal, e quem tomar essa deve tomar a segunda que já está garantida.

Critérios para vacinação:
-Trabalhadores da saúde: 34% dos trabalhadores da assistência e vigilância à saúde, domiciliares como cuidadores de idosos e doulas/parteiras, funcionários do sistema funerário, estudantes da área de saúde que estiverem prestando atendimento na linha de frente da assistência a Covid-19.

– População indígena: Indígenas com 18 anos ou mais atendidos pelo Subsistema de Atenção à Saúde Indígena. A vacinação será realizada em conformidade com a organização dos Distritos Sanitários Especiais Indígena (DSEI) nos diferentes municípios;
– Idosos: Idosos acima de 65 anos que vivem em instituições de longa permanência. A estratégia de coordenação e execução das ações de vacinação é de competência municipal de saúde;

Aplicação da segunda dose da vacina: A segunda dose será aplicada 28 dias após a primeira dose.

Perfil das pessoas que receberam as primeiras doses na Paraíba:

Marineide Rodrigues Gouveia Ferreira, 60 anos, hipertensa, é enfermeira do Complexo Hospitalar Clementino Fraga há 17 anos. Há 10 meses a enfermeira atua na linha de frente e, até o momento, nunca teve a doença.

Indígena Genildo Alencar, Potiguara da aldeia Carneira, do município de Marcação. Ele tem 44 anos e é hipertenso e diabético.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

ENTREVISTA COM O PADRE REINALDO E O PROF. MARTINHO ALVES

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.