CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Ação pede novas eleições em Baía da Traição

Publicado há

em

O município de Baía da Traição, no litoral norte da Paraíba, pode ter novas eleições. É isso que pede uma ação de impugnação de mandato eletivo (Aime) impetrada contra o prefeito eleito, Euclides Sérgio Lima, mais conhecido como Serginho. A alegação é de abuso de poder político e econômico, além de corrupção, com base no artigo 14 da Constituição Federal. Detalhes sobre o que teria ocorrido não foram revelados porque a Aime está em segredo de Justiça.

“O candidato vitorioso não teve qualquer respeito ao ordenamento jurídico eleitoral”, declarou o advogado José Edísio Souto, responsável pela apresentação da Aime.

Além de Serginho, outros candidatos eleitos em novembro passado também poderão ter seus mandatos cassados caso na mesma ação. “O conjunto probatório é muito forte”, assegurou Edísio Souto

“Não podemos entrar em detalhes porque a ação tramita em segredo de Justiça”, explicou Eduardo Costa, que também assina a peça inicial e acredita no acatamento do pedido.

parlamentopb

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Programação do Cinemaxxi Cidade Luz Para essa semana

Publicado há

em

vsProgramacao21-01

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Informações sobre a campanha de vacinação na Paraíba

Publicado há

em

Por

Total de doses recebidas no estado da Paraíba: 114.846,9

Quantitativo de seringas e agulhas armazenadas na SES: 411 mil

Tipo de vacina: Coronavac

Total de paraibanos que deverão ser vacinados: 54.689 pessoas

Quem irá receber as doses nessa primeira fase: 34% do previsto dos trabalhadores da saúde (42.925), Indígenas aldeados (10.432), Pessoas idosas em instituições (1212) e Pessoas com deficiência institucionalizada (120). O quantitativo é para a primeira e segunda dose (que será complementada a quantidade nos próximos dias) apenas dos grupos citados. As doses são encaminhadas para os municípios de acordo com a população destes públicos informados pelo Ministério da Saúde. Distribuiremos a primeira dose onde o registro é nominal, e quem tomar essa deve tomar a segunda que já está garantida.

Critérios para vacinação:
-Trabalhadores da saúde: 34% dos trabalhadores da assistência e vigilância à saúde, domiciliares como cuidadores de idosos e doulas/parteiras, funcionários do sistema funerário, estudantes da área de saúde que estiverem prestando atendimento na linha de frente da assistência a Covid-19.

– População indígena: Indígenas com 18 anos ou mais atendidos pelo Subsistema de Atenção à Saúde Indígena. A vacinação será realizada em conformidade com a organização dos Distritos Sanitários Especiais Indígena (DSEI) nos diferentes municípios;
– Idosos: Idosos acima de 65 anos que vivem em instituições de longa permanência. A estratégia de coordenação e execução das ações de vacinação é de competência municipal de saúde;

Aplicação da segunda dose da vacina: A segunda dose será aplicada 28 dias após a primeira dose.

Perfil das pessoas que receberam as primeiras doses na Paraíba:

Marineide Rodrigues Gouveia Ferreira, 60 anos, hipertensa, é enfermeira do Complexo Hospitalar Clementino Fraga há 17 anos. Há 10 meses a enfermeira atua na linha de frente e, até o momento, nunca teve a doença.

Indígena Genildo Alencar, Potiguara da aldeia Carneira, do município de Marcação. Ele tem 44 anos e é hipertenso e diabético.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

ENTREVISTA COM O PADRE REINALDO E O PROF. MARTINHO ALVES

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.