CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Bolsonaro diz que, na próxima semana, haverá mais trocas no governo

Publicado há

em

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) — que está em agenda na cidade de Campinas (SP) neste sábado (20/2) — adiantou que fará mais trocas no governo na próxima semana, mas não forneceu detalhes sobre as mudanças. Na noite de sexta-feira (19/2), o mandatário do país anunciou que irá substituir o atual titular da Petrobras, Roberto Castello Branco, pelo general Joaquim Silva e Luna.

“Eu tenho de governar, trocar as peças que, porventura, não estejam dando certo. E se a imprensa está preocupada com troca de ontem, na semana que vem teremos mais. O que não falta para mim é coragem para decidir pensando no bem maior da nossa nação”, disse Bolsonaro em evento de cadetes do Exército.

O anúncio do quarto reajuste no preço dos combustíveis pela Petrobras, na última quinta-feira (18/2), foi a gota d’água para a saída de Castello Branco. Pressionado especialmente pelos caminhoneiros, o presidente da República vinha dizendo que haveria mudança na estatal.

“O mais fácil é se acomodar, é se aproximar daqueles que não têm compromisso com a sua pátria e, assim, usufruir de benesses”, continuou o chefe do Executivo em seu discurso.

Silva e Luna é diretor-geral da Itaipu Binacional e ex-ministro da Defesa no governo Michel Temer (MDB). O nome dele ainda precisa ser chancelado pelo Conselho de Administração da Petrobras, que se reúne na próxima terça-feira (23/2).

Desde 2018, os preços dos combustíveis são definidos de acordo com o mercado internacional, sem interferência do governo. Isso significa que quando a cotação do petróleo sobe nas principais bolsas de negociação do mundo, a estatal também revisa seus valores no Brasil.

Agenda em Campinas

O presidente participou de cerimônia de entrada de novos alunos na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, na companhia dos ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos.

Também participaram da solenidade os deputados Eduardo Bolsonaro, Coronel Tadeu e General Peternelli, todos do PSL de São Paulo.

A agenda do titular do Palácio do Planalto prevê que ele retorna a Brasília no fim da tarde deste sábado.

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Roberto Jefferson anuncia filiação de Daniel Silveira ao PTB

Publicado há

em

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, anunciou, nesta quinta-feira (25/2), a filiação do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), preso por atacar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e fazer apologia ao AI-5 na última semana. Advogado do parlamentar, Maurízio Spinelli, nega que ele tenha se filiado.

Segundo Jefferson, Silveira assinou a ficha de filiação ao PTB na prisão. “Seja bem-vindo, heróico deputado. Daremos sangue por você. Nós não abandonamos o soldado ferido”, afirmou.

O deputado está preso no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar do Rio de Janeiro, em Niterói, há uma semana.

Silveira, que é filiado ao PSL, é alvo de processo de expulsão do partido desde que foi preso por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do STF. O deputado também responde processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética na Câmara dos Deputados.

Procurado, o PSL disse que não vai se pronunciar porque não foi informado oficialmente da filiação do deputado ao PTB.

Imbróglio

Após anunciar a filiação de Silveira, o presidente nacional do PTB recuou e disse que a ficha de filiação estaria com o advogado do deputado, Maurízio Spinelli, e que não teria ido ao sistema prisional.

“O primeiro tuíte do doutor Roberto [anunciando a filiação de Silveira ao PTB] não deixou a situação clara. Não houve até o presente momento a assinatura em ficha de filiação de partido político algum. Até pelo fato do Daniel ser deputado federal pelo PSL e a assinatura de qualquer ficha neste momento seria prejudicial para o caso dele”, explicou Spinelli ao Metrópoles.

O advogado disse que, após a publicação de Jefferson, contatou o dirigente do PTB para que deixasse a situação clara. Jefferson, então, negou que Silveira já tivesse assinado a ficha de filiação e frisou que estava em Brasília, e não no Rio, onde o parlamentar está preso.

“Ele [Roberto Jefferson] pediu para que eu encaminhasse a ficha ao Daniel, sendo que meu papel se limita a entregar. Não acredito que Daniel assine neste momento qualquer ficha de filiação, essa é uma decisão política que ele vai precisar tomar”, disse Spinelli.

Qualquer parlamentar que troque de partido fora da janela partidária está passível de perder o mandato, visto que mandatos proporcionais – de vereadores, deputados estaduais ou federais – são do partido.

metropoles

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

TRF-4 aceita habeas corpus e mantém ação contra Lula suspensa

Publicado há

em

Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) aceitou o habeas corpus da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e manteve suspensa a ação que investiga o político por corrupção. A decisão foi tomada na quarta-feira (24/2).

Lula é investigado na Operação Lava Jato por suspeita de receber, por meio do Instituto Lula, R$ 4 milhões em propina disfarçados de doação. A empresa Odebrecht teria repassado o dinheiro, entre dezembro de 2013 e março de 2014, em quatro doações.

A ação teve apenas o extrato de ata publicado e, por isso, ainda não é possível ter acesso ao relatório e aos votos de cada integrante da turma. O relator do processo é o desembargador João Gebran Neto.

Suspensão

A investigação havia sido suspensa primeiramente em dezembro de 2020, quando Luís Alberto D’Azevedo Aurvall, desembargador do TRF-4, atendeu a um pedido da defesa do ex-presidente. Os advogados de Lula afirmaram que a denúncia feita pelo Ministério Público Federal não apresentou registros audiovisuais à defesa.

Além disso, a defesa notou que dois dos anexos mencionados na denúncia sequer estavam disponíveis nos autos de origem, “em mais uma ilegal supressão de provas da defesa técnica”.

Assim, os advogados entenderam que a “não disponibilização da íntegra da documentação indicada na denúncia impede o exercício das garantias constitucionais do contraditório e da ampla defesa”.

metropoles

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Paraíba registra 1.594 casos de Covid-19 e 14 óbitos nas últimas 24h

Publicado há

em

A Paraíba registrou, nesta quinta (25), 1.594 casos de Covid- 19. Também foram confirmados 14 novos óbitos desde a última atualização, sendo 11 deles nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde ao ClickPB desde a última atualização, 102 (6,39%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.492 (93,61%) são leves.

Números Totais:

  • Casos Confirmados: 217.121
  • Óbitos Confirmados: 4.433
  • Casos Recuperados: 157.586
  • Testes Realizados:  648.355

Agora, a Paraíba totaliza 217.121 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 648.355 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Os óbitos ocorreram entre os dias 21 e 25 de fevereiro de 2021, sendo quatro deles em hospitais privados e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 4.433 mortes. O boletim registra ainda um total de 157.586 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 873 novos casos, o que corresponde a 54,76% dos casos registrados nesta quinta. São eles:

  • João Pessoa, com 540 novos casos, totalizando 57.530;
  • Campina Grande, com 150 novos casos, totalizando 20.014;
  • Patos, com 74 novos casos, totalizando 8.650;
  • Santa Rita, com 56 novos casos, totalizando 5.301;
  • Cabedelo, com 53 novos casos, totalizando 5.301.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 25/02/2021, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até esta quinta, 206 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 14 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Alagoa Grande (2), Cabedelo (1), Campina Grande (1), Catingueira (1), João Pessoa (5), Massaranduba (1), Princesa Isabel (1), Santa Helena (1) e Santana dos Garrotes (1). As vítimas são 06 homens e 08 mulheres, com idades entre 30 e 98 anos. Cardiopatia e hipertensão foram as comorbidades mais freqüentes e sete não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 67%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 84%. Em Campina Grande estão ocupados 56% dos leitos de UTI adulto e no sertão 77% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 62 pacientes foram internados nas últimas 24h.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 134.737 doses. Até o momento, 106.612 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 28.125 com a segunda dose da vacina.

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.