CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Plano Novo Normal: Paraíba tem 62% dos municípios em bandeira laranja

Publicado há

em

A avaliação mais recente do Plano Novo Normal com a análise situacional da pandemia da Covid-19 no Estado, divulgada neste sábado (20), mostra que houve um aumento significativo na quantidade de municípios que transitaram para as classificações mais restritivas. De acordo com esse 19º levantamento, 99% dos municípios paraibanos figuram nas bandeiras amarela, laranja e vermelha – esta última aumenta as restrições de mobilidade nos locais classificados. As bandeiras levam em conta indicadores como: percentual de novos casos, letalidade (óbitos), ocupação da rede hospitalar da região e percentual de isolamento social. Baía da Traição é o único dos 223 municípios paraibanos que está em bandeira verde.

Na 19ª avaliação, 62% dos municípios paraibanos encontram-se em bandeira laranja, esboçando um crescimento expressivo de 527% em relação à 18ª avaliação, na qual cerca de 10% dos municípios encontravam-se nesta bandeira. Até a análise anterior, a Paraíba não tinha cidades em bandeira vermelha. Já na avaliação atual, que passa a vigorar nesta segunda-feira (22), os municípios de Igaracy, Catingueira, São José do Bonfim, São Mamede, Cuité de Mamanguape e Cacimbas compõem os 2,4% de localidades classificadas em vermelho, com recomendação de restrição de mobilidade e serviços.

De acordo com o secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrammi, as medidas adotadas pelo Governo do Estado da Paraíba, entre os dias 12 e 17 de fevereiro, dedicadas a atenuar os riscos e efeitos negativos do período carnavalesco, não receberam a adesão necessária de parte da população paraibana e destaca que a temporada de verão no litoral e balneários paraibanos merece o máximo empenho de todas as paraibanas e paraibanos no sentido de seguirem usando máscaras com frequência e não continuarem se aglomerando.

“Muitas pessoas seguiram reunindo-se em festividades, bares e restaurantes, abandonando o uso de máscaras e colocando em risco, não apenas sua própria saúde, mas também a de todas as pessoas com quem convivem. É preciso ter em mente que o mês de janeiro e a primeira quinzena do mês de fevereiro de 2021 foram marcados por expressivo aumento das ocupações dos leitos hospitalares dedicados à Covid-19, em especial dos leitos de terapia intensiva dedicados a pacientes adultos. Os números desta avaliação refletem o repique no estado”, ressaltou.

Entre 23 de janeiro e 06 de fevereiro, foram internadas para tratamento da Covid-19 em rede pública referenciada no estado 340 pessoas. Já no período seguinte, de 07 a 20 de fevereiro, foram internados 458 pacientes. Em números absolutos, isso significa um aumento de 118 internações apenas em leitos SUS. Ainda de acordo com a avaliação do Novo Normal, a Paraíba apresenta 35% dos municípios na bandeira amarela, uma redução de 54% em relação à avaliação anterior. Já a bandeira verde teve sua participação reduzida de 1% para 0,4% dos municípios paraibanos.

“Mudanças da situação epidemiológica que venham a afetar o sistema de saúde devem ser alvo de medidas efetivas imediatas, para que se possa conter ainda piores desdobramentos, na forma de crescimentos acelerados de casos, óbitos e internações hospitalares, o que poderá agravar ainda mais as dimensões de sofrimento humano e social em todo estado. O coronavírus depende de encontros e convívio social com proximidade entre pessoas para continuar se propagando. A decisão de manter-se seguro e protegido individualmente é fundamental para a saúde de todos”, reforça o secretário executivo.

A análise da 19ª avaliação do Plano Novo Normal ratifica a recomendação de máxima atenção dos gestores e autoridades sanitárias municipais no sentido de garantir o monitoramento efetivo dos indivíduos com sintomas gripais relacionados à Covid-19 (tosse seca, dor no corpo, cefaleia, febre, dor de garganta, perda de olfato e do paladar) e de seus contatos próximos, por meio das equipes da saúde da família na atenção primária, recomendando-se a coleta de swab nasal dos sintomáticos, para realização do exame diagnóstico de maior acurácia para Covid-19, o RT-PCR, pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB).

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

SES lança novos Protocolos Sanitários para eventos sociais, corporativos teatro e cinema

Publicado há

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) disponibilizou, nesta quarta-feira (5), duas relações de protocolos, um para a realização de festas e eventos, e outro para o funcionamento de teatros e cinemas, com medidas sanitárias para diminuir a propagação da covid-19. A Paraíba encontra-se atualmente com a maioria dos municípios em bandeira classificatória amarela, a qual permite a atividade de segmentos para a realização de eventos sociais, corporativos e entretenimento dentro das especificações recomendadas pela SES.

As cartilhas, disponíveis no site Novo Normal Paraíba, norteia atividades sociais e corporativas, bem como as recomendações de acordo com cada classificação de bandeira. Enumeradas como eventos sociais estão: casamentos, aniversários, jantares, confraternizações, reuniões, bodas, formaturas, batizados e festas infantis. Já na categoria de eventos corporativos estão listados: inaugurações, palestras internas, comemorações empresariais, reuniões, lançamentos.

Os segmentos listados poderão funcionar de domingo a domingo, até às 22h. Nos municípios classificados em bandeira amarela fica permitida a realização de aniversários e casamentos com 25% da capacidade local para área fechada e 50% da capacidade para áreas abertas. No caso de eventos de formatura, a orientação é da ocupação máxima de 20% da capacidade local para área fechada e 40% para área aberta. Já para eventos corporativos a redução deve ser maior, sendo de 15% da capacidade em ambiente fechado e de 30% da capacidade local para área aberta.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, alerta que a flexibilização de alguns pontos não é um sinônimo para descuidar das medidas não farmacológicas, que possuem grande eficácia contra a propagação do vírus. “A população deve estar ciente do que estamos repetindo há mais de um ano, que o distanciamento social, a lavagem das mãos, o uso do álcool, a reunião entre familiares apenas do mesmo núcleo entre outras práticas descritas dentro nos protocolos são extremamente eficazes para reduzir significativamente a propagação da covid-19”, ressalta.

Cada uma das atividades possui especificações de higiene, distanciamento, uso obrigatório e capacidade total de ocupação dos ambientes. Dentre as normas do protocolo está ainda o não compartilhamento de objetos durante os eventos em que são servidos alimentos como em buffets e pequenas

reuniões. Em relação aos teatros e cinemas há também recomendações sobre a higienização dos ambientes, sobre o uso individual de maquiagens e figurinos, além da restrição de consumo de alimentos dentro das sessões.

As cartilhas estão disponíveis no site: https://paraiba.pb.gov.br/diretas/saude/coronavirus/protocolos-sanitarios e conta com uma tabela com as especificações permitidas em cada bandeira, lembrando que em bandeira vermelha é restrita a mobilidade, bem como a realização de qualquer tipo de evento. Além das informações direcionadas para cada segmento, a cartilha sobre eventos traz ainda o modelo de um termo de responsabilidade, a ser preenchido pelo organizador do evento para a realização da atividade.

 

PROTOCOLOS:

festas e eventos_ajustes 2021

teatro_2021_ajuste

FONTE: paraiba.pb.gov.br

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Marcus Diogo participa de reunião com gestores e define detalhes para retorno às aulas em Guarabira

Publicado há

em

O prefeito Marcus Diogo participou, na tarde desta terça-feira (04), de uma reunião com os gestores das escolas da rede municipal de ensino. O objetivo deste encontro, promovido pela Secretaria de Educação, foi expor aos diretores, supervisores e coordenadores as orientações administrativas e pedagógicas em prol do retorno às aulas presenciais, previsto para o dia 10 de maio e de forma híbrida.

Vale lembrar que todos os protocolos de segurança e higienização estão sendo cumpridos, garantindo os cuidados dos alunos e dos professores. As unidades escolares também seguem todos os parâmetros necessários para que as ordens de restrição sejam seguidas, tal como o não compartilhamento de materiais.

“Não é uma decisão fácil, porém enxergamos que nossos gestores e professores estão preparados para o reinício das aulas, da mesma forma em que adaptamos nossas escolas para esta nova realidade, pois não devemos mais deixar nossas crianças fora da sala de aula.”, afirmou o prefeito.

 

Prefeitura de Guarabira

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

NOVO DECRETO: ARAÇAGI PRORROGA MEDIDAS DO ÚLTIMO DECRETO

Publicado há

em

Novo Decreto: Araçagi prorroga medidas do último decreto

A Prefeitura Municipal de Araçagi prorrogou as medidas do último decreto e manteve as ações de flexibilização. O novo decreto 13/2021 foi publicado na segunda (03) no Diário Oficial do município. Ele tem validade até o dia 19 de maio. Embora estejam mantidas as mesmas medidas do decreto anterior, novas medidas poderão ser adotadas a qualquer momento em função do cenário epidemiológico do Município.

O novo decreto mantém o atendimento presencial nos bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência das 6h às 22h, com ocupação de 30% da capacidade do local, podendo chegar a 50% da capacidade com a utilização de áreas abertas.

Antes e depois desse horário, fica vedada a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento. O funcionamento pode ocorrer apenas através de delivery ou para retirada de mercadorias pelos próprios clientes.

As missas, cultos e cerimônias religiosas presenciais também podem acontecer com ocupação de 30% da capacidade do local, podendo chegar a 50% da capacidade com a utilização de áreas abertas.

Os shoppings centers e centros comerciais devem obedecer ao horário de funcionamento das 10h às 22h. As atividades da construção civil podem ocorrer das 6h30 às 16h30.

Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio podem funcionar até dez horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

O funcionamento de salões de beleza, academias e demais estabelecimentos previstos no Art. 5º do Decreto 12/2021 e prorrogados pelo novo decreto 13/2021 seguem liberados – desde que se observe todos os protocolos elaborados pela Secretaria Estadual de Saúde e pelas Secretaria Municipal de Saúde.

Assessoria

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.