CONECTE-SE CONOSCO

Sem categoria

GUARABIRA: bar fechado por promover aglomeração tinha até cliente usando tornozeleira eletrônica

Publicado há

em

Por volta das 23h desta quinta-feira (4) na rodovia PB-057, que liga Guarabira e Araçagi-PB um homem dono de um bar foi preso em flagrante por
descumprimento de medida sanitária e quebra de medida cautelar.  Trocando em miúdos, ele foi preso por promover aglomeração de pessoas, em plena pandemia.

Durante a realização da Operação Previna-se, o Copom foi informando que estava ocorrendo aglomeração de pessoas no bar das Meninas as margens na PB 057, nas proximidades do anel viário, saída para Araçagi-PB.

Estiveram no local às guarnições do BOPE, Força Tática e do Corpo de Bombeiros, entre outras guarnições que estavam envolvidas na operação, as quais constataram a veracidade da denúncia, encontrando o bar em pleno funcionamento, atendendo clientes, inclusive presencialmente, que ali se encontravam ingerindo bebidas alcoólicas.

Foi conduzido um homem 28 anos, responsável pelo estabelecimento, assim como, um outro que ali se encontrava com uma tornozeleira eletrônica pertencente a justiça, cuja pessoa, transgredia simultaneamente um compromisso com as medidas judiciais impostas, como também o artigo 268 do Código Penal (descumprir medida sanitária). Os conduzidos foram apresentados ao delegado plantonista, onde foram lavrados os procedimentos legais.

O Corpo de Bombeiros realizou uma inspeção naquele estabelecimento comercial, resultando em 07 dias de interdição em seu funcionamento, em razão de infrações administrativas ali encontradas.

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

BC libera oficialmente transferências bancárias pelo WhatsApp

Publicado há

em

Horas depois de o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, anunciar que o órgão liberaria transações pelo WhatsApp, o BC autorizou oficialmente as transferências bancárias pelo aplicativo. A decisão foi anunciada na noite desta terça-feira (30) pela autoridade monetária.

A empresa Facebook Pagamentos do Brasil, dona do WhatsApp, foi aprovada como “iniciador de transações”. As operadoras Visa e Mastercard receberam autorizações de dois arranjos de pagamentos: transferência/depósito e operações pré-pagas, em que o cliente abastece uma carteira virtual com dinheiro para gastar mais tarde.

As operações só poderão ser feitas dentro do Brasil. Transações com o exterior estão vetadas. Os pagamentos de compras por meio da plataforma Facebook Pay, que haviam sido pedidos pelas operadoras, continuam sob análise e não foram incluídos na autorização.

Em nota, o Banco Central informou que as autorizações “poderão abrir novas perspectivas de redução de custos para os usuários de serviços de pagamentos”. As transferências e as contas pré-pagas estarão disponíveis assim que o WhatsApp liberar a modalidade. Caberá ao próprio aplicativo definir as tarifas de transação.

Em junho do ano passado, o BC suspendeu o teste que o Facebook tinha começado a fazer no Brasil . Em parceria com as operadoras Visa e Mastercard, pessoas físicas e empresas poderiam usar a função pagamento dentro do aplicativo para transferirem dinheiro e fazerem pagamentos dentro do país e em reais. O BC, na época, interrompeu o serviço para verificar os riscos da nova tecnologia.

agencia brasil

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Sem categoria

Estelionatário que responde a mais de 17 processos é preso suspeito de anunciar caminhonete clonada em site de vendas em João Pessoa

Publicado há

em

De acordo com os policiais, o veículo estava na garagem do apartamento onde o suspeito mora, na cidade de João Pessoa, na Paraíba.

Guilherme Rabay foi preso novamente em João Pessoa (Foto: Polícia Civil)

Uma operação da Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (30), um homem suspeito de anunciar em um site vendas uma caminhonete clonada. De acordo com os policiais, o veículo estava na garagem do apartamento onde o suspeito mora, na cidade de João Pessoa, na Paraíba.

O empresário Guilherme Campelo Rabay Neto responde a pelo menos 17 processos, entre eles fraudes em negociação de veículos, emissão de cheques e transações bancárias fraudulentas. Ele também já foi preso por diversas vezes.

O veículo foi apreendido e será levado para a delegacia, onde o automóvel original se encontra. O homem também será encaminhado para o local.

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Sem categoria

4 boas notícias sobre novos tratamentos em testes contra a Covid-19

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.