CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Férias de Bolsonaro custaram mais de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos, diz governo

Publicado há

em

Durante o período em que passou de férias, a população brasileira acompanhou as cenas do presidente nadando em direção a praias lotadas, se negando a usar máscara, cumprimentando turistas sem os protocolos sanitários, e voltando a afirmar que o país não precisava de lockdown.

Segundo os dados apresentados, quase R$ 1,2 milhões foram gastos com o cartão corporativo do governo federal, R$ 1,05 milhão bancaram combustível e manutenção de aeronaves, e R$ 202 mil diárias da equipe de segurança presidencial. (Foto: reuters)

As férias do presidente Jair Bolsonaro custaram aos cofres públicos R$ 1,4 milhões. Os números foram apresentados pela Presidência da República à Câmara dos Deputados, atendendo a dois pedidos de informações do deputado Elias Vaz (PSB-GO). O período de descanso ocorreu de 18 de dezembro de 2020 a 5 de janeiro deste ano. Ele passou entre as cidades de Guarujá (SP) e São Francisco do Sul (SC).

Segundo os dados apresentados, quase R$ 1,2 milhões foram gastos com o cartão corporativo do governo federal, R$ 1,05 milhão bancaram combustível e manutenção de aeronaves, e R$ 202 mil diárias da equipe de segurança presidencial.

Em matéria publicada no Congresso em Foco, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) dá poucas informações sobre a viagem. Apesar de não especificar os gastos, a SGP afirma que o montante foi utilizado para pagar a hospedagem das equipes de apoio e segurança do presidente, assim como fornecer alimentação, garantir a manutenção das residências onde Bolsonaro ficou, combustível para carros, aeronaves e despesas aeroportuárias. O documento também fala na aquisição de “despesas de pequeno vulto para os órgãos da Presidência” sem, no entanto, detalhá-los.

Durante o período em que passou de férias, a população brasileira acompanhou as cenas do presidente nadando em direção a praias lotadas, se negando a usar máscara, cumprimentando turistas sem os protocolos sanitários, e voltando a afirmar que o país não precisava de lockdown. Nesse mesmo período, Manaus iniciada o colapso na saúde, sem leitos para os doentes da covid-19, bem como a falta de insumos básicos como oxigênio.

Por redação/Congresso em Foco

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Terça do PÃO no Supermercado Leomar

Publicado há

em

O Supermercado Leomar fica na avenida Rui Barbosa, Centro de Guarabira. De frente ao Posto de Combustíveis Opção. Siga o Leomar nas redes sociais @supermercadoleomar. .

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

João Pessoa cancela festas de Réveillon na orla para não promover aglomerações

Publicado há

em

As festas de Réveillon, que estavam sendo planejadas na orla de João Pessoa, foram canceladas conforme anunciou o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, nesta segunda-feira (29), durante uma coleta de imprensa. Apesar disso, praia vai estar liberada para livre circulação de pessoas e reuniões particulares. Festas em bares e em casas de shows podem acontecer com protocolos de prevenção à Covid-19.

Segundo o prefeito, a preocupação com a nova variante do coronavírus, o Ômicron, e com uma possível nova onda de contaminação foram as razões que levaram ao cancelamento dos eventos.

A prefeitura decidiu não divulgar o nome das bandas que fariam parte dos shows previstos, porém afirma que não houve prejuízo para os cofres públicos.

Já o “Natal dos Sentimentos”, com polos na praia, na Praça da Independência e no Parque da Lagoa, está mantido. Conforme a prefeitura, nesses eventos a gestão consegue ter controle de público e não vai gerar uma aglomeração de 200 mil pessoas, como uma virada do ano na orla faria.

A festa vai acontecer nesses três polos, que serão interligados por vias decoradas e com deslocamento garantido. Neles, será realizada uma série de eventos integrando os polos e a população. O público vai poder participar de corridas e passeios ciclísticos.

G1

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Marcus fala sobre recomendação do MP para não realizar a FDL2022: “Não fui informado oficialmente”

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.