CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Justiça recebe denúncia e Romero Rodrigues vira réu na Operação Calvário

Publicado há

em

O juiz Alexandre Gonçalves, da 1ª Vara Criminal de Campina Grande, recebeu, na manhã desta terça-feira (6), a denúncia contra Romero Rodrigues e outras três pessoas dentro das investigações da Operação Calvário. Além do ex-prefeito de Campina Grande, também são réus o delator e empresário da Cruz Vermelha no Brasil, Daniel Gomes, o advogado Jovino Machado e Saulo Ferreira Fernandes. O juiz determinou o prazo de 10 dias para que os acusados façam a defesa preliminar.

Romero foi denunciado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) por recebimento ilegal de R$ 150 mil para a campanha à prefeitura em 2012. Segundo a denúncia, o pagamento teria sido feito por Daniel Gomes. Em troca, as organizações sociais comandadas por Daniel assumiriam a gestão da Maternidade Elpídio de Almeida, caso o candidato vencesse a eleição daquele ano. Ainda segundo o MPPB, o acordo só não teria sido concretizado devido ao rompimento político entre o grupo político do ex-prefeito com o ex-governador Ricardo Coutinho, apontado como chefe de uma organização criminosa investigada pela Operação Calvário.

Após a apresentação da denúncia, o ex-prefeito negou as acusações. “Eu não tive acesso às informações, porém, não solicitei ajuda para a minha campanha em 2012 e nem recebi [o suposto pagamento]. Por incrível que pareça, se for observar os oito anos de administração, não houve nenhum tipo de contratação com organização social. Alguém denuncia no intuito de obter benefício na justiça sem provar absolutamente nada porque, repito, não recebi recurso nenhum. Estou com a consciência tranquila”, disse Romero.

portalt5

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Familiares divulgam informações do Boletim médico de Jean de Lula Mijão, e pede orações.

Publicado há

em

Boletim 04 – 14/04/2021 (quarta-feira)
Paciente: Jean Luiz do Nascimento
Informações: Valesca Fisioterapeuta do leito 05
Hospital: Metropolitano

Saturação permanece em 99
PA diminui de 180×95 para 170×70
Batimentos cardíacos 118
Está na posição pronação para expandir melhor os pulmões ainda
Leucócitos diminui de 8.900 para 6.700
Glicose 71
Função renal urinando pouco ainda
5 dias de antibióticos, paciente grave mais estável, entubado e sedado, respondendo bem as medicações.
Dieta pela sonda aceitado bem tbm.

Vamos continuar na corrente de oração, Deus está no comando amém.🙏🙏🙏🙏

Lula Mijão, pai de Jean, faleceu nesta quarta-feira no hospital metropolitano onde passou alguns dias intubado, devido a sequelas por causa da COVID-19.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Mulher é morta com golpe de faca no pescoço em Itapororoca; namorada é suspeita

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Albergado é assassinado a tiros e facadas no município de Cuitegi PB

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.