CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Prefeitura de Guarabira disciplina medidas a serem adotadas para o retorno seguro das aulas presenciais

Publicado há

em

Prefeitura disciplina medidas a serem adotadas para o retorno seguro das aulas presenciais

Foi publicado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira, 05 de abril, o Decreto 135/2021, que dispõe sobre as medidas a serem adotadas para o retorno gradual das aulas presenciais no Município de Guarabira.

Com a edição do decreto, as atividades escolares de ensino fundamental menor e maior, médio, superior, técnicos, cursos livres, de instituições públicas e privadas, assim como transporte de estudantes poderão retornar as suas atividades no município, após a Instituição de Ensino e o transporte escolar passar pela inspeção sanitária e vistoria da Secretaria Municipal de Saúde e do Conselho Municipal de Educação, cumprindo os protocolos exigidos e ofertando condições para um retorno seguro de seus alunos, condutores e funcionários.

O decreto prevê o funcionamento das escolas no “modo híbrido”, ou seja, uma mistura entre o ensino presencial e propostas de ensino remoto.

Vale ressaltar que, em outubro deste ano foi formado uma Comissão de Gerenciamento para elaboração de protocolos de retorno às aulas, com representantes das escolas do município, do estado, do transporte escolar, da secretaria de saúde e educação, atendendo a recomendação do Ministério Público da Paraíba, através dos autos 065.2020.000808.

guarabira.pb.gov

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

CONFIRA VÍDEO: Câmera escondida flagra momento em que delegada e escrivão recebem dinheiro de extorsão na Paraíba

Publicado há

em

“Você vai mostrar que a delegada apontou pelo arquivamento. E já está tudo pronto para ser arquivado. Agora é com você”, orientou delegada ao receber R$ 2,5 mil para ajudar denunciado.

Uma câmera escondida flagrou o momento em que a delegada Maria Solidade e um escrivão receberam R$ 2.500 de extorsão para amenizar a situação de um policial rodoviário federal em um inquérito da Polícia Civil da Paraíba. A delegada e o escrivão foram presos, por força de mandado de prisão, nesta quinta-feira (22), em ação conjunta do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial (NCAP) e Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado), ambos do Ministério Público da Paraíba.

Em um dos vídeos a delegada orienta o policial sobre como vai proceder com o parecer que ela deu em troca do dinheiro. “Você vai mostrar que a delegada apontou pelo arquivamento. Entendeu? E já está tudo pronto para ser arquivado. Agora é com você.”

O policial responde: “Nessas agonias eu já…”, ao dizer que já providenciou o dinheiro. “Aí é com Alexandre”, completa a delegada, orientando o homem a entregar o dinheiro ao escrivão. O profissional foi abordado pela equipe da operação que desmascarou o fato e contou o dinheiro em sua presença.

A delegada e o escrivão da Polícia Civil da Paraíba são acusados da prática do crime de concussão, que consiste na exigência de vantagens indevidas pelo agente público. Conforme informações a delegada alvo do mandado de prisão foi Maria Solidade de Sousa. Segundo a investigação, a delegada estava tentando extorquir um agente da Polícia Rodoviária Federal.

No ano de 2016, a mesma delegada já havia sido alvo de investigações. Naquela época, Maria Solidade de Sousa foi acusada de desviar valores provenientes do pagamento de fianças.

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Vacina contra a COVID-19: professores pedem para serem incluídos nos grupos prioritários

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Polícia recupera dinheiro roubado de casa lotérica em Pirpirituba

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.