CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Vacinação contra Influenza começa nesta segunda em toda a Paraíba

Publicado há

em

ACampanha Nacional de Vacinação contra a Influenza será realizada de 12 de abril a 9 de julho em todo o território nacional. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) preparou um cronograma divido em três fases, com a meta de vacinar 1.507.993 paraibanos, de acordo com os grupos do Plano Nacional de Imunização (PNI).

A primeira fase da vacinação contra a influenza será realizada de 12 de abril a 5 de maio e compreende crianças (de 6 meses a menores de 6 anos); gestantes; puérperas; povos indígenas e trabalhadores da saúde. Já a segunda fase será voltada para outros dois públicos: os idosos a partir dos 60 anos e os professores, sendo a data da vacinação no período de 11 de maio a 8 de junho.

Já a terceira e última fase da campanha vacinação compreende o maior público e vai de 9 de junho a 9 de julho. Dentro deste período estão contemplados: pessoas com comorbidades;  pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; forças armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade e jovens em medida socioeducativa.

A campanha de vacinação contra a influenza coincidirá com a realização da vacinação contra a covid-19, sendo assim, é importante que seja priorizada a administração da vacina contra o novo coronavírus, para pessoas inseridas no grupo prioritário para a influenza e que ainda não foram vacinadas contra a covid. É preciso respeitar o intervalo mínimo de 14 dias entre os imunizantes. Para orientar os profissionais de saúde, a SES irá realizar alinhamento técnico com as equipes das salas de vacinação por meio de vídeo conferência, nesta quarta-feira (8).

De acordo com o secretario estadual de saúde, Geraldo Medeiros, a vacinação será realizada de domingo a domingo, tendo o “Dia D” a critério dos municípios. Ele reforça a importância da população aderir a campanha de vacinação contra a gripe. “A vacina influenza, ou da gripe como é popularmente conhecida,  é uma das medidas de prevenção mais importantes para proteger contra a doença, além de contribuir na redução da circulação viral na população, assim como as complicações provenientes dela e óbitos, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco”, ressalta.

A síndrome gripal (SG) se caracteriza pelo aparecimento súbito de febre, cefaleia, dores musculares (mialgia), tosse, dor de garganta e fadiga. Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e há necessidade de hospitalização. Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e há necessidade de hospitalização. Nesta situação, denominada Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), é obrigatória a notificação às autoridades de saúde.

 

Assessoria

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

CONFIRA VÍDEO: Câmera escondida flagra momento em que delegada e escrivão recebem dinheiro de extorsão na Paraíba

Publicado há

em

“Você vai mostrar que a delegada apontou pelo arquivamento. E já está tudo pronto para ser arquivado. Agora é com você”, orientou delegada ao receber R$ 2,5 mil para ajudar denunciado.

Uma câmera escondida flagrou o momento em que a delegada Maria Solidade e um escrivão receberam R$ 2.500 de extorsão para amenizar a situação de um policial rodoviário federal em um inquérito da Polícia Civil da Paraíba. A delegada e o escrivão foram presos, por força de mandado de prisão, nesta quinta-feira (22), em ação conjunta do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial (NCAP) e Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado), ambos do Ministério Público da Paraíba.

Em um dos vídeos a delegada orienta o policial sobre como vai proceder com o parecer que ela deu em troca do dinheiro. “Você vai mostrar que a delegada apontou pelo arquivamento. Entendeu? E já está tudo pronto para ser arquivado. Agora é com você.”

O policial responde: “Nessas agonias eu já…”, ao dizer que já providenciou o dinheiro. “Aí é com Alexandre”, completa a delegada, orientando o homem a entregar o dinheiro ao escrivão. O profissional foi abordado pela equipe da operação que desmascarou o fato e contou o dinheiro em sua presença.

A delegada e o escrivão da Polícia Civil da Paraíba são acusados da prática do crime de concussão, que consiste na exigência de vantagens indevidas pelo agente público. Conforme informações a delegada alvo do mandado de prisão foi Maria Solidade de Sousa. Segundo a investigação, a delegada estava tentando extorquir um agente da Polícia Rodoviária Federal.

No ano de 2016, a mesma delegada já havia sido alvo de investigações. Naquela época, Maria Solidade de Sousa foi acusada de desviar valores provenientes do pagamento de fianças.

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Vacina contra a COVID-19: professores pedem para serem incluídos nos grupos prioritários

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Polícia recupera dinheiro roubado de casa lotérica em Pirpirituba

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.