CONECTE-SE CONOSCO

Entretenimento

Uefa aprova novo formato da Champions em meio à crise da Superliga de clubes

Publicado há

em

Um dia depois da bomba da criação da Superliga europeia de clubes, a Uefa realizou nesta segunda-feira uma reunião de seu Comitê Executivo. No encontro foram ratificados os novos formatos das competições europeias de clubes a partir de 2024, com destaque para a Liga dos Campeões.

A Champions League vai mudar de tamanho: de 32 para 36 equipes participantes, sem a tradicional fase de grupos de oito chaves e quatro times. A competição passará a adotar um formato tradicional de liga, neste caso chamado de “modelo suíço”.

  • Cada time terá um mínimo de 10 jogos de liga (cinco em casa, cinco fora), contra 10 oponentes diferentes.
  • Os oito melhores classificados na fase inicial se garantirão diretamente no mata-mata.
  • Os times que terminarem entre a nona e a 24ª posição na tabela geral vão encarar um playoff.
  • Os 16 “sobreviventes” disputarão às oitavas de final.

 

O mesmo formato será aplicado na Liga Europa (mínimo de oito partidas de liga) e na nova Europa Conference League (seis partidas). Ainda será discutido se essas duas competições serão também expandidas para 36 equipes.

Taça da Liga dos Campeões no sorteio da fase de grupos — Foto: REUTERS/Eric Gaillard

Taça da Liga dos Campeões no sorteio da fase de grupos — Foto: REUTERS/Eric Gaillard

Com as novas regras, a Liga dos Campeões passará a ter 225 jogos, ou seja, 100 a mais do que os atuais 125. Mais jogos, mais dinheiro.

— Esse formato evoluído vai manter vivo o sonho de qualquer time da Europa de participar da Liga dos Campeões graças aos resultados obtidos dentro de campo, e também vai permitir viabilidade a longo prazo, prosperidade e crescimento para todos do futebol europeu, não apenas um pequeno e auto-escolhido cartel — declarou o presidente da Uefa, Aleksander Čeferin.

Discutidas pelo menos desde 2019, as mudanças no formato da Liga dos Campeões tinham como objetivo impedir a movimentação de alguns dos maiores clubes do continente para criar uma liga independente. Mas não houve sucesso nisso: 12 agremiações fundaram neste fim de semana a Superliga europeia de clubes.

Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, Barcelona, Inter de Milão, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham aguardam mais três participantes na Superliga.

O Comitê Executivo também se reuniu para tratar de atualizações da Eurocopa deste ano, novas regulamentações e distribuição da renda da Champions League feminina no ciclo 2021-2025, e as competições de base nos próximos anos.

 

 

Taça da Liga dos Campeões da Europa — Foto: Getty Images

Taça da Liga dos Campeões da Europa — Foto: Getty Images

Congresso Ordinário na terça-feira

 

O Congresso Anual Ordinário da Uefa acontece nesta terça-feira, também em Mountreux, na Suíça. Esse evento é a reunião de todos os presidentes e secretários gerais das 55 associações que fazem parte da confederação europeia de futebol.

Na pauta estão as eleições para o Comitê Executivo da Uefa e dos membros europeus do Conselho da Fifa, a ratificação dos representantes da Associação Europeia de Clubes (ECA) e das Ligas Europeias (EL) como membros do comitê executivo, e a aprovação do balanço financeiro de 2019/20 e do orçamento de 2021/22.

GE

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Com dois gols de Gabriel, Flamengo vence LDU em Quito

Publicado há

em

Flamengo, LDU, Libertadores
© Alexandre Vidal/Flamengo/Direitos Reservados

Atacante se iguala a Zico na artilharia rubro-negra na Libertadores

No estádio Casa Blanca, nos 2.850 metros de Quito, o Flamengo derrotou a LDU por 3 a 2 na noite desta terça-feira (4). O destaque da partida foi Gabriel Barbosa, que balançou a rede em duas oportunidades, empatando com Zico no topo da artilharia história do Rubro-Negro na história da competição continental com 16 gols.

Este foi o terceiro triunfo consecutivo da equipe da Gávea no Grupo G da Libertadores, o que lhe permitiu alcançar os 9 pontos e praticamente deixar a classificação encaminhada para as oitavas de final.

Com João Gomes e Bruno Viana nos lugares dos contundidos Gerson e Rodrigo Caio, o time comandado por Rogério Ceni mostrou segurança e eficiência. Logo aos dois minutos, Everton Ribeiro livrou-se do marcador e lançou para Gabriel Barbosa concluir com calma e abrir o marcador. Aos 12, a equipe equatoriana até marcou com Zunino, que, completamente impedido, teve o gol anulado. Aos 22, Everton Ribeiro arriscou de longe para o goleiro Gabbarini espalmar para escanteio de mão trocada. Porém, ainda antes do intervalo o Flamengo chegou ao segundo, quando, aos 30 minutos, Bruno Henrique arrematou de fora da área para marcar um belo gol.

O segundo tempo começou bem diferente para os brasileiros. Sentindo um desconforto muscular, o camisa 1 Diego Alves deu lugar a Hugo no intervalo. Já o técnico uruguaio Pablo Repetto promoveu uma mudança tripla, lançando mais dois atacantes. Logo aos 4, após cruzamento pela esquerda, Martínez Borja escorou de cabeça para diminuir e fazer valer a lei do ex no futebol, já que o colombiano foi jogador da Gávea em 2010. Após cobrança de córner, aos 15, Amarilla, de barriga, colocou tudo igual. Porém, após suportar a pressão, o Flamengo conseguiu garantir o triunfo aos 38 minutos, quando Gabriel cobrou pênalti com categoria para alcançar mais uma marca histórica.

O time de Rogério Ceni retornou a campo no próximo sábado (8), no Maracanã, para enfrentar o Volta Redonda pelo segundo jogo da semifinal do Campeonato Carioca. Pela Libertadores, o Mais Querido vai ao Chile na terça (11) para encarar o Unión La Calera (Chile).

Edição: Fábio Lisboa

agenciabrasil

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Entretenimento

Libertadores: Flamengo enfrenta LDU na altitude de Quito

Publicado há

em

flamengo, ldu, libertadores
© Alexandre Vidal/Flamengo/Direitos Reservados

Vitória deixa Rubro-Negro com classificação encaminhada

O Flamengo entra em campo, nesta terça-feira (4) a partir das 21h30 (horário de Brasília) no estádio Casa Blanca, em Quito, para enfrentar a LDU (Equador) em busca da terceira vitória consecutiva pela Taça Libertadores da América. Na competição, o Rubro-Negro já derrotou o Vélez Sarsfield (Argentina) e o Union Lá Calera (Chile) pelo Grupo G.

Nesta partida o técnico Rogério Ceni não contará com o zagueiro Rodrigo Caio e o meia Gerson, que se recuperam de problemas físicos. Além dos desfalques, os brasileiros precisam superar a altitude de 2.850 metros da capital equatoriana.

Logo após a vitória de 3 a 0 sobre o Volta Redonda pelas semifinais do Campeonato Carioca, Rogério Ceni confirmou a contusão de Gerson, um edema posterior na coxa. “Para esta partida não estará conosco. Poderia até deixar para o Departamento Médico responder, mas é uma lesão leve, acredito que em breve estará conosco”, declarou Rogério Ceni, não confirmando o substituto do meio-campista, que pode ser Vitinho, Hugo Moura ou até Willian Arão. O volante de origem poderia voltar ao meio de campo, deixando a zaga sob a responsabilidade de Bruno Viana ou de Gustavo Henrique.

“Em determinados momentos vamos fazer trocas, alterações de um jogo para outro”, despistou Ceni, amenizando ainda a pressão sobre os pedidos para escalar Pedro desde o início dos confrontos. “Ele, para mim, é titular. Aquele futebol dos 11 que jogam todos os jogos acabou faz tempo. Numa temporada de 70 a 75 jogos, o Pedro é titular”, concluiu.

Para o comentarista da Rádio Nacional Waldir Luiz, Gabriel Barbosa segue como titular: “Se o Pedro continuar do jeito que está, o Ceni vai ter que arrumar um lugar para ele no time. Talvez, no lugar de Éverton Ribeiro, que caiu muito de rendimento. Porém, contra a LDU dificilmente vai acontecer uma mudança nesta atual estrutura tática do ataque”.

Com 4 pontos na chave, a LDU pode ultrapassar o time da Gávea caso vença dentro de casa. O time do técnico uruguaio Pablo Repeto também poupou vários titulares na vitória por 2 a 1 sobre o Macará e defende uma invencibilidade que já dura 14 jogos.

Transmissão da Rádio Nacional

A Rádio Nacional transmite LDU e Flamengo ao vivo com a narração de Rodrigo Campos, comentários de Waldir Luiz, reportagem de Rodrigo Ricardo e plantão de Luiz Ferreira.

agenciabrasil

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Entretenimento

Para corretores de imóveis, Informativo dimensiona volume de ações do Creci-PB

Publicado há

em

Os corretores de imóveis têm aguardado atendimento pessoal no Creci-PB, ficando a par das inúmeras ações desenvolvidas pelo Órgão em prol da categoria, através do mais recente Informativo, cuja edição digital já encontra-se disponível clicando aqui. A edição impressa foi enviada pelos Correios às suas casas.

No ambiente, no 1º andar, dos mais confortáveis e climatizado, eles dispõem de água, café, álcool em gel e assentos com distanciamento seguro contra a Covid-19. Já na recepção, todos têm a temperatura verificada.

Verdadeira prestação de contas

Alan Henriques de Morais Franco, pernambucano que há 11 anos está radicado na Paraíba, considerou o Informativo de muito bom gosto, uma verdadeira prestação de contas e disse que iria levá-lo para continuar a leitura em casa. Ele, que optou pelas áreas de vendas e locações, se identificou com o município de Sapé, onde atua, por conhecer a região e também construtores.

“Excelente, completo, reúne vários assuntos do nosso interesse, corretores de imóveis, material de primeira. Estou muito satisfeito com a publicação, que dá conhecimento de todo o trabalho desenvolvido pela atual gestão e espero que continue assim”, afirmou Gilberto Souza Gomes, que atua com locação,no bairro de Tambauzinho, onde administra vários imóveis, realizado com o crescimento e valorização da área.

Dimensão do volume de ações

Para Elcio Janio Pereira de Sousa, o Informativo é muito importante para a categoria, por permitir dimensionar o grande volume de ações do Creci-PB no ano de 2020, com ações de enfrentamento a pandemia, auxiliando corretores de imóveis em estado de necessidade e continuidade no formato virtual do Educacreci, essencial à capacitação para o exercício profissional num mercado cada vez mais competitivo.

Ele, que atua com vendas, na região da Zona Sul, nos bairros do Valentina Figueiredo e Geisel, afirmou que, apesar da pandemia, tem vendido bastante, com clientes conseguindo créditos nos bancos para financiamento. “Há casos em que no momento não conseguem, mas dois ou três meses depois ajustam e obtêm êxito”, concluiu.

Com feições gráfica e editorial muito agradáveis à leitura, a 7ª edição do Informativo do Creci-PB traz, em 24 páginas, um resumo do volume de ações, que por terem sido desenvolvidas num ano atípico, marcado pela pandemia do novo coronavírus, ganham ainda maior relevância.

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.