CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Agricultor devolve envelope com R$ 17 mil encontrados às margens de BR no Sertão da PB

Publicado há

em

(Foto: Redes Sociais)
Roseildo Ricardo afirmou que estava andando às margens da BR e encontrou um envelope caído ao chão.
A angústia em perder R$ 16,6 mil em Boa Ventura, município localizado no Sertão da Paraíba, acabou em alívio após um agricultor se mobilizar para encontrar o verdadeiro dono e devolver o dinheiro. O fato aconteceu nesta semana às margens da BR-230, no sentido Itaporanga, no Vale do Piancó.
A reportagem, o agricultor Roseildo Ricardo afirmou que estava andando às margens da BR e encontrou um envelope caído ao chão. Dentro dele a quantia de quase R$ 17 mil e um documento com o nome do verdadeiro proprietário do dinheiro. Ele levou o dinheiro para casa e começou as buscas pelo verdadeiro dono.
Fonte: Blog do Bruno Lira

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Assembleia aprova projeto que assegura igualdade de premiação entre atletas e paratletas

Publicado há

em

Os deputados aprovaram durante a sessão desta nesta terça-feira (19) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) o projeto de Lei 2.827/21, de autoria de Camila Toscano (PSDB), que assegura igualdade entre atletas e paratletas. A matéria estabelece que atleta com deficiência que participar de eventos e competições paradesportivas com emprego de recursos públicos estaduais, receba a mesma premiação e os mesmos benefícios assegurados ao atleta sem deficiência que compete em categoria igual ou similar.

“Esse é um projeto importante. É público e notório que existem diferenças nas premiações e incentivos dados aos atletas brasileiros, visto que normalmente a maior fatia fica para o futebol masculino. Quanto realizamos um recorte de gênero, mesmo no futebol, a desigualdade é gigante entre homens e mulheres. Mas, quando focamos nos paratletas, especialmente as mulheres, a desigualdade é estarrecedora. Então, propomos esse projeto para combater, no âmbito esportivo, mais uma forma de desigualdade entre pessoas com e sem deficiência”, destacou a deputada.

De acordo com o projeto, o direito assegurado ao atleta com deficiência não exclui a igualdade de premiações entre homens e mulheres que competirem em mesma categoria nas competições esportivas e paradesportivas.

O descumprimento do que é proposto no projeto pode acarretar as instituições públicas uma responsabilização administrativa de seus dirigentes, quanto pessoa física ou jurídica de direito privado como: advertência, quando da primeira autuação da infração e ainda multa, quando da segunda autuação, podendo chegar a R$ 5,5 mil.

Assessoria de Imprensa

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Inclusão de Cursos EaD no Fies pode facilitar acesso de estudantes de baixa renda à educação superior

Publicado há

em

Está tramitando na Câmara dos Deputados, em Brasília, a inclusão de cursos de graduação e pós-graduação a distância no Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior), o que deve beneficiar milhares de estudantes no país. A mudança facilitará o acesso dos estudantes de baixa renda na modalidade EaD e, consequentemente, na educação superior. Isso porque os valores previstos para cursos na modalidade, geralmente, são bem mais baixos do que para os cursos presenciais.

“Com o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, as parcelas do financiamento vão ficar bem acessíveis, o que facilitará o pagamento dos cursos após a conclusão”, pontuou o Coordenador de relações institucionais do Centro de Ensino a distância Educa Mais, Tiago Bernardino. Para ele, poderia também ser acrescido ao projeto o financiamento do acesso à internet, além de recursos tecnológicos, como notebooks e computadores. “Seria algo ainda a ser dialogado com o Congresso e, até mesmo, viabilizado pelas próprias instituições credenciadas ao Fies”, destacou.

O Sistema de Ensino Educa Mais vem atuando como um incentivador permanente do acesso à educação para todos os interessados, mesmo aqueles com dificuldades financeiras de custear seus estudos, oferecendo bolsas por meio de parcerias com a gestão pública. “Temos um compromisso com a sociedade de levar educação de qualidade a um preço justo. E nossas ações vão além disso. Já fizemos parcerias com diversos órgãos e instituições, oferecemos mais de 2 mil bolsas de estudo em todo o Brasil, apenas neste ano”, disse.

O projeto para inclusão de cursos de graduação e pós-graduação a distância no Fies foi aprovado pela Comissão de Educação da Câmara Federal e vai passar por outras duas comissões antes de ir para votação em plenário.

Positiva Comunicação

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Inscritos enumeram razões para fazer Curso de Avaliação e Perícia Mercadológica de Imóveis

Publicado há

em

A profissão de corretor de imóveis continua a ser uma das mais valorizadas no país. A Paraíba, por exemplo, ganhou em 2019, 529 profissionais pessoas física e jurídica, 746 em 2020 (em plena pandemia da Covid-19) e outros 1.110 até agora. Nicho de mercado bastante procurado, a avaliação e perícia mercadológica será objeto de Curso de formação realizado pelo especialista João Diniz com apoio do Creci-PB, no próximo mês de novembro nas cidades de João Pessoa (8, 9 e 10) e Patos (11, 12 e 13).

Alguns inscritos, como André Vinicius Xavier, sob registro 4.971, que atua nas áreas de locação e vendas em Patos, fará o curso pela segunda vez, para atualizar conhecimentos. “Tinha a noção do dia a dia, mas o aprendizado adquirido na ocasião anterior foi fundamental à prática, na condição de perito avaliador, de laudos precisos sobre prédios, casas e fazendas, não só na cidade, mas na região polarizada por ela, como São Mamede e Catingueira”, afirmou.

Imbuídos do mesmo propósito, de agregar conhecimentos e valor profissional, corretores de imóveis de municípios, como Vista Serrana e Catolé do Rocha, distantes respectivamente, a 53 Km e 92 Km de Patos, Valderiy Gomes de Araújo, sob registro 10.570 e Francisco Gonçalves da Silva Neto, sob registro 10.802 também já garantiram suas inscrições.

Estagiário com visão futurista

Mas não só profissionais do mercado imobiliário estão buscando essa capacitação. O advogado Erivaldo Leite Carneiro só concluirá o curso de Técnico em Transações Imobiliárias no próximo mês de março, mas foi outro que já garantiu a sua vaga para se habilitar a atuar na área, confiante na potencial demanda existente. Inscrito para o curso em João Pessoa, o corretor de imóveis Frederico Augusto Monteiro Leal, sob registro 11.116-F, vê no curso a abertura de uma porta para um promissor mercado de mercado.

Inscrições, limite de vagas e demais informações

As inscrições ainda podem ser feitas de forma presencial, na Sede do Conselho e nas Delegacias existentes nos municípios de Campina Grande, Patos e Cajazeiras. Todas as demais informações sobre valor do investimento, forma de pagamento, desconto de 50% e parcelamento podem ser conferidas clicando aqui para o curso em João Pessoa e aqui em Patos.

Além do Creci-PB, o curso conta com apoio institucional do Sesc, Sebrae e Sindimóveis-PB.

Realizado e ministrado pelo corretor de imóveis, consultor imobiliário, perito avaliador judicial, engenheiro geólogo e professor João Diniz Marcello, o curso tem vagas limitadas e consistirá aulas em presenciais e atividades práticas num total de 24h, conforme prevê a Resolução-COFECI nº 1.066/2007 e o Ato Normativo 001/2011.

Os corretores de imóveis concluintes serão certificados e legitimados a se cadastrar no Cadastro Nacional de Avaliadores Imobiliários (CNAI), que é mantido pelo Cofeci, aptos a emitir o parecer técnico de avaliação mercadológica (PTAM), que é o documento resultante da atividade de avaliação imobiliária, que também permite aos juízes nomearem corretores de imóveis peritos judiciais e auxiliá-los nas ações judiciais que envolvam bens imóveis.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.