CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

AGRESSÃO: Camila afirma que violência contra mulher é problema de toda sociedade: “devemos nos meter para salvar vidas”

Publicado há

em

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) lamentou a violência praticada pelo paraibano DJ Ivis contra a sua ex-mulher Pamella Holanda. O caso ganhou repercussão nacional após a divulgação do vídeo aonde a mulher é agredida na frente da filha. “Esse caso reflete a dura realidade das mulheres que são agredidas dentro dos seus lares. O agressor ainda tenta se defender jogando a culpa para mulher, que sempre é taxada de louca. Devemos nos meter sim em casos como esse para salvar vidas”, disse.

Camila, que tem como bandeira de luta o combate à violência contra mulher, defende a mudança na forma de criar e educar homens e mulheres, combatendo o machismo e ensinando o respeito. Ela é a favor de leis mais rígidas para que mulheres não sejam mortas. Apresentou um projeto para que agressores usem tornozeleira eletrônica, como forma de alertar quando eles se aproximam das mulheres que encontram-se sob medida protetora. A matéria foi vetada pela Executivo e o Legislativo manteve o veto.

É de autoria da parlamentar a Lei 11.594/19 que institui na Paraíba a Política de Sistema Integrado de Informações de Violência contra a Mulher – Observa Mulher Paraíba. A legislação, que não foi colocada em prática, tem por finalidade ordenar e analisar dados sobre atos de violência praticados contra a mulher no estado, bem como promover a integração entre os órgãos que atendam a mulher vítima de violência.

“Não podemos admitir que as mulheres continuem sendo agredidas. Temos que dar um basta nessa cultura machista que acaba em feminicídio. É lamentável vermos cenas como a que envolveram o DJ Ivis que agrediu a ex-mulher na frente da filha e de outras duas pessoas.”, destacou Camila.

O Brasil registrou 105.821 denúncias de violência contra a mulher no ano passado através do Ligue 180 e pelo Disque 100. Uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos afirma ter sofrido algum tipo de violência no último ano no Brasil, durante a pandemia de Covid, segundo pesquisa do Instituto Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Diminuíram as agressões na rua contra mulheres, que passaram de 29% para 19%. E cresceu a participação de companheiros, namorados e ex-parceiros nas agressões.

Assessoria de Imprensa

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Prefeitura esclarece que protocolo e cerimonial do evento foi de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Regional

Publicado há

em

Por

Após a repercussão da reclamação feita pela vereadora Rosane Emídio, que segundo ela foi completamente ignorada pelo cerimonial da prefeitura de Guarabira, durante a inauguração do Residencial Jáder Pimentel na tarde desta sexta-feira (30), o cerimonial da prefeitura esclareceu que, todo o protocolo e cerimonial do evento foi de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Regional, que utiliza apenas o nome do projeto do empreendimento oficial (Guarabira Residence Park I e II) e não o composto pela lei municipal.

 

Veja também:

Vereadora critica cerimonial por tê-la ignorado durante inauguração do residencial Jáder Pimentel 

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Guarabira Park: contemplada diz que há 11 anos lutava para ter casa própria

Publicado há

em

Por

A dona de casa representante de uma das 400 famílias beneficiadas com um apartamento do residencial Jáder Pimentel, inaugurado na tarde desta sexta-feira (30), na cidade de Guarabira, Agreste paraibano, disse que há 11 anos lutava para ter casa própria, mas que devido às dificuldades financeiras enfrentadas por ela e o marido não tinha condições de realizar esse sonho. A revelação foi durante visita do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que esteve no apartamento dela, inspecionando a obra que foi inaugurada nesta tarde.

O empreendimento habitacional foi construído através da parceria prefeitura municipal e governo federal.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Vereadora critica cerimonial por tê-la ignorado durante inauguração do residencial Jáder Pimentel

Publicado há

em

Por

Rosane Emídio - vereadora de Guarabira

Rosane Emídio – vereadora de Guarabira

A vereadora Rosane Emídio, nora do ex-prefeito de Guarabira, Jáder Soares Pimentel (in memoriam), homenageado com seu nome dado ao complexo habitacional inaugurado na tarde desta sexta-feira (30), na cidade de Guarabira, Agreste paraibano. O residencial Jáder Soares Pimentel, cujo a construção foi a través de parceria entre prefeitura e governo federal, é composto por 400 apartamentos.

Rosane é vereadora da base de oposição ao prefeito Marcus Diogo, uma das mais incisivas e críticas da administração municipal. Ela classificou como falta de respeito já que a mesma estava como representante da família Pimentel. Veja:

 

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.