CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Creci-PB quer agilidade por Cartórios de Patos no atendimento a corretores de imóveis

Publicado há

em

Construtores que teimam em aviltar os honorários dos corretores de imóveis; exercício ilegal da profissão e demora por Cartórios de registro; e demora na tramitação de processos que culminam em vencimento de certidões são alguns dos problemas que por sí só provam o quão foi acertada a decisão do Creci-PB em criar uma Comissão de Defesa das Prerrogativas no muncípio de Patos.

A primeira reunião ordinária da Comissão, ocorrida ontem (terça-feira) na Delegacia local do Conselho, entre os corretores de imóveis Vespucci Nóbrega (coordenador), Kennio Tarcísio, Antônio Tojal e Noalysson Rocha (membros) e o delegado-adjunto Antônio Alves, foi das mais produtivas.

Na ocasião, além das referidas questões, foram planejadas várias ações a serem executadas em prol do fortalecimento da categoria. Nesse contexto, restou definido que a Comissão buscará o empenho dos cartórios no sentido de que adotem, com a máxima brevidade possível, agilidade nos serviços prestados aos corretores de imóveis, responsáveis por mais de 70% dos processos que lá tramitam.

“Também estamos ouvindo os colegas sobre as dificuldades mais comuns relacionadas ao exercício das prerrogativas. Agradecemos ao presidente Rômulo Soares a confiança que nos foi depositada e oportunidade, com o apoio do Creci-PB, de buscarmos viabilizar, por exemplo, um espaço para atendimento exclusivo aos corretores de imóveis nos cartórios e Prefeitura”, afirmou o coordenador Vespucci Nóbrega.

Sobre a Comissão de Defesa das Prerrogativas

Foi instalada inicialmente nos municípios de João Pessoa, Patos e Sousa, com o objetivo de implementar e defender as prerrogativas da profissão de corretor de imóveis no exercício da profissão e na intermediação na compra, venda, permuta, locação de imóveis, e em toda e qualquer comercialização imobiliária na cidade e adjacências.

Seus integrantes estão à disposição da classe, prontos a interceder quando de eventuais casos de ameaça e violação dos direitos, das prerrogativas e do pleno exercício profissional da categoria, bem como propor a diretoria do Conselho, ações e providências necessárias, efetivas e convenientes para tais fins, além de garantir a reserva de mercado e auxiliar no combate ao exercício ilegal da profissão.

Assessoria Creci-PB

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

ALPB aprova teste de mapeamento genético para detectar risco de câncer de mama

Publicado há

em

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, na sessão desta quarta-feira (15), o Projeto de Lei 2.651, de autoria da deputada Cida Ramos, que dispõe sobre a disponibilidade pela rede pública de saúde do Estado de teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama.

De acordo com o projeto, a rede pública de saúde do Estado da Paraíba deverá ofertar a todos os recursos necessários à disponibilização do teste genético que identifica a mutação no gene BRCA às mulheres que forem classificadas em laudo médico com alto risco de desenvolver câncer de mama.

Segundo a deputada Cida Ramos, em recente debate no Senado Federal, médicos, pacientes e representantes da sociedade civil defenderam o uso de testes genéticos para o diagnóstico e o tratamento de câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Com os dados em mão, será possível promover campanhas educacionais para o esclarecimento da população sobre a importância da detecção precoce da doença”, justificou a parlamentar.

Ainda em defesa dos direitos das mulheres, o Plenário aprovou o Projeto de Lei 2.678/2021,  da deputada Camila Toscano, estabelecendo que as delegacias de polícia do Estado serão obrigadas a comunicar os pedidos de concessão de medidas protetivas para vítimas de violência doméstica à Coordenação Geral das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher e aos organismos municipais de defesa dos direitos da mulher.

O projeto especifica que o comunicado deverá ser feito até 24 horas após o pedido contendo informações sobre os encaminhamentos e medidas adotadas.

PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL

A ALPB também instalou hoje a comissão que irá analisar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2021, que trata do Marco Legal da Ciência e Tecnologia. De acordo com o presidente da ALPB, Adriano Galdino, além de tratar de políticas de inovação na Paraíba, a PEC irá criar um fundo onde aplicará recursos destinados a estas políticas.

A comissão será composta pelos deputados Ricardo Barbosa, como presidente; Cabo Gilberto, na vice-presidência; Buba Germano, como relator; Taciano Diniz, Galego Souza, Eduardo Carneiro e Wilson Filho. Os suplentes serão os deputados Anderson, Anísio Maia Branco Mendes, Edmilson Soares, Inácio Falcão, Jutaí Meneses e Tovar.

O deputado Buba, que preside a Frente Parlamentar da Ciência e Tecnologia da ALPB, explicou que a PEC irá inserir uma nova nomenclatura de inovação tecnológica na Constituição Estadual. No entanto, o parlamentar defende que haja um amplo debate sobre tema em todas as regiões do estado através de audiências públicas.

“Iremos fazer um grande debate com as universidades, pesquisadores e instituições que geram tecnologia e inovação. Esse é o caminho para estarmos nesse mercado globalizado e competitivo através da ciência e da tecnologia. Convidaremos reitores, pesquisadores, universidades e instituições para discutirmos a PEC. Parabenizo o Governo do Estado pela iniciativa”, disse Buba.

ALPB

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

AGORA É LEI! Programa Dignidade Menstrual garante à população carente acesso a absorventes

Publicado há

em

Agora é Lei. O governador João Azevêdo sancionou, nesta quarta-feira (15), a Lei nº 12.048 que institui e define diretrizes para o “Programa Estadual Dignidade Menstrual no Estado da Paraíba”, com o objetivo de promover o acesso a absorventes descartáveis e reutilizáveis, coletores menstruais e calcinhas absorventes, para crianças, adolescentes, mulheres em idade reprodutiva e homens trans. Além de garantir os produtos higiênicos a essa população carente, o programa fará um trabalho de conscientização sobre a menstruação enquanto processo natural no ciclo de vida das mulheres. A nova lei foi publicada no Diário Oficial do Estado e é de autoria do Poder Executivo.

O Programa de Dignidade Menstrual foi proposto num primeiro momento pela deputada Estela Bezerra e aprovado pela Assembleia Legislativa da Paraíba. Porém, foi vetado pelo governador por inconstitucionalidade. Mas o Governo do Estado absorveu a proposta, dada a importância do tema, encaminhando a matéria à Casa de Epitácio Pessoa – desta vez como autoria do Executivo – e que foi chancelada pelo Plenário.

A lei nº 12.048 pretende, além do acesso a produtos de higiene e saúde menstrual, promover ações para ampliar o diálogo sobre o tema nos espaços da rede pública e privada de saúde, na comunidade escolar e de serviços da rede socioassistencial. Também será oferecido assistência integral com apoio psicológico, social, terapia hormonal, não hormonal e outros a pessoas do sexo feminino que estão em processo de climatério e menopausas.

O acesso aos benefícios da lei será garantido a crianças, adolescentes, mulher em idade reprodutiva, em processo de climatério e menopausa e homem trans que tenham renda per capita abaixo de um salário mínimo por família; estar em situação de rua; estar inserida em programas sociais do governo federal ou estadual; ser discente da rede de ensino público; e ser de comunidades tradicionais e povos originários.

 

ALPB

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Notícias

Corretora de imóveis homenageia clientes por seu Dia, de forma diferenciada

Publicado há

em

Comemorado anualmente em todo o país em 15 de setembro, o Dia do Cliente motivou a corretora de imóveis e integrante da Comissão de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa do Creci-PB, Aline Pontual, a felicitar, de forma diferenciada nesta quarta-feira, através de alguns, todos aqueles aos quais, com dedicação, afinco e profissionalismo, garante segurança e auxilia na realização de um bom negócio.

Sob a curadoria do Clube HS Histórias & Sabores, a homenagem foi materializada por meio de uma bandeja da Arte em Pinus em madeira de reflorestamento pinus, sustentável e reutilizável, com design exclusivo. A arte ficou por conta da Odara Estamparia Pensada (@odaraestampariapensada) e incluiu imagens de casas em condomínios horizontais (nicho de mercado em que Aline é especialista), ipês amarelos típicos de João Pessoa e representação de Jurandy do Sax como atração turística da cidade.

Itens genuinamente paraibanos

A bandeja contém um mini bouquet do Atelier RV (@rv.atelierfloral), personalizado com flores secas e essência exclusiva, com design desenvolvido por Rayane Vasconcelos, um duo de manteiga aromatizada e molho pesto artesanal, especiais da linha de finalização do Chef Filipe Rodriguez, do Quintal Restô (@quintal.resto); uma bolsa térmica da DiBufalo (@dibufalobr), exclusiva com três produtos de mozzarella de búfala, ideal para os amantes da boa gastronomia, incluindo alguns desenvolvidos na região da Campana da Itália: Mozzarella Manta, Burrata e Bocconcini Alla Panna.

Além disso, inclui um exemplar do livro “Os segredos das mulheres empreendedoras do mercado imobiliário”, do qual Aline é co-autora e discorre sobre “A arte de vender casas em condomínios horizontais”; uma porção de pain au chocolat, artesanalmente preparado com ingredientes selecionados da Padoca do Cicico (@padocadocicico); unidades de sourdough tradicional, sourdough de calabresa e sourdough de provolone com preparo longo e fermentação natural do Pão do Araújo (@paodoaraujo); sucos de frutas sazonais da Loca Como Tu Madre (@locacomotumadregastropub) em garrafas reutilizáveis, preparados pelo bartender da marca.

“Através dessa edição exclusiva, Aline Pontual presenteia seus clientes especiais e de gosto refinado, com peças feitas à mão. Todos os itens são genuinamente paraibanos, selecionados por uma curadoria também exclusiva do Clube HS Histórias & Sabores”, afirmou a empresária Carol Nóbrega.

Ela acrescentou que o propósito do Clube é conectar histórias da Paraíba e fortalecer o senso de comunidade, o que se conecta diretamente com o trabalho de Aline. “Em um dos capítulos do livro, ela conta um pouco da sua história inspiradora e no Instagram (@clubehs) apresentamos cada detalhe das empresas que compõem esse presente”, concluiu.

Sobre Aline Pontual

Atuou por quatro anos como operadora de financiamentos de um banco e por cinco numa empresa de vendas diretas. Iniciou a carreira no mercado imobiliário em 2015, trabalhou em três imobiliárias ao longo de 2017 e tornou-se autônoma, por meio da Aline Pontual Negócios Imobiliários em formato home office e online. É mentora do Instituto Quebre as Regras, leader coach e analista comportamental pela Academia Brasileira de Coach e Desenvolvimento Especialista na venda de casas em condomínios horizontais, tida como referência em seu nicho e conhecida em sua cidade como “corretora das casas”.

Foto: Deise Rathge

Assessoria Creci-PB

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.