CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, morre aos 52 anos em SP

Publicado há

em

Filho do cantor Roberto Carlos, Dudu Braga morre aos 52 anos

Filho do cantor Roberto Carlos, Dudu Braga morre aos 52 anos

O produtor musical Roberto Carlos Braga II, conhecido como Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, morreu nesta quarta-feira (8), aos 52 anos, no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo. Ele estava em tratamento contra um câncer no peritônio, uma membrana que envolve a parede abdominal (veja nota do hospital abaixo).

 

Além de Dudu, o cantor Roberto Carlos tem mais três filhos. A mais velha, Ana Paula Rossi Braga, teve uma morte súbita aos 47 anos, em 2011.

Em entrevista ao Fantástico, exibida em 2013, Dudu Braga e Roberto Carlos falaram sobre a relação entre pai e filho. Nas palavras do rei, o filho era “seu ídolo”. Relembre abaixo

Relembre momento de Roberto Carlos com o filho Dudu Braga

Nota do hospital

 

“O Hospital Israelita Albert Einstein comunica, com pesar, o falecimento do senhor Roberto Carlos Braga II (Dudu Braga), às 14h21, em decorrência de um câncer. O paciente passou por uma série de internações para tratamento quimioterápico e cirurgia”, diz o boletim assinado por Dr. Fernando Maluf, oncologista do Hospital Israelita Albert Einstein e Dr. Miguel Cendoroglo Neto, Diretor-Superintendente Médico e Serviços Hospitalares do Hospital Israelita Albert Einstein.

Vida e carreira

 

Dudu Braga ao lado do pai, o rei Roberto Carlos.  — Foto: Reprodução/Instagram

Dudu Braga ao lado do pai, o rei Roberto Carlos. — Foto: Reprodução/Instagram

Publicitário por formação, Dudu também era produtor musical, radialista e jornalista. Ele apresentava um programa de rádio chamado “As Canções que você fez pra mim” em mais de 40 emissoras do Brasil e de Portugal, onde falava das histórias por trás das canções do pai.

Dudu nasceu com glaucoma – doença que causa cegueira irreversível – e passou por sete cirurgias ainda na infância. Ele perdeu a visão aos 23 anos, após um descolamento de retina.

O produtor também assinava colunas em revistas musicais, tocava bateria e tinha uma banda chamada “RC na Veia”, em homenagem ao pai cantor e compositor.

Esta foi a terceira vez que Dudu enfrentou o câncer, que apareceu pela primeira vez em 2019, no pâncreas.

Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, ao lado da filha Laura, da esposa Valeska Braga e do pai. — Foto: Reprodução/Instagram

Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, ao lado da filha Laura, da esposa Valeska Braga e do pai. — Foto: Reprodução/Instagram

Dudu era casado com Valeska Braga e tinha uma filha de cinco anos chamada Laura, nome em homenagem à mãe de Roberto Carlos, eternizada na canção Lady Laura, uma das mais conhecidas do rei. A mãe de Roberto Carlos morreu em abril de 2010, aos 96 anos.

Roberto Carlos Braga Segundo, chamado pela família de Segundinho, também é pai de Giovanna, de 22 anos, e Gianpietro, de 17 anos, filhos de uma relação anterior do produtor com Márcia Mello Malheiros.

Roberto Carlos e a banda 'RC na veia', com o filho, Dudu Braga, na bateria.  — Foto: Reprodução/Instagram

Roberto Carlos e a banda ‘RC na veia’, com o filho, Dudu Braga, na bateria. — Foto: Reprodução/Instagram

Repercussão

 

O diretor de núcleo da TV Globo José Bonifácio de Oliveira, o Boninho, lamentou a morte.

“Dudu você foi um guerreiro, lutou contra essa doença bravamente até o final. Vai deixar saudades. Fica em paz . Meus sentimentos a família e meu querido amigo Roberto Carlos”, disse em sua conta no Instagram.

 

O apresentador Milton Neves publicou uma foto com o produtor musical e escreveu: “Dudu Braga em meu escritório: morre o mais doce príncipe que conheci!”.

O apresentador Datena também lamentou a morte de Dudu. “Descanse em paz, querido amigo Dudu Braga. Sentiremos sua falta.”

O cantor Maurício Manieri chamou Dudu de “pessoa maravilhosa”. “Triste notícia do falecimento do querido amigo Dudu Braga. Pessoa maravilhosa! Que Deus o tenha e o receba em sua glória e amor infinitos! Nossos profundos sentimentos a querida Valeska, a pequena Laura, ao querido @robertocarlosoficial e a todos familiares, amigos e fãs. 😥😢”

Filho de Roberto Carlos diz que pai é ‘o cara’

Roberto Carlos no primeiro casamento com Nice Braga, mãe de Ana Paula e Dudu Braga, o Roberto Carlos II — Foto: Reprodução

Roberto Carlos no primeiro casamento com Nice Braga, mãe de Ana Paula e Dudu Braga, o Roberto Carlos II — Foto: Reprodução

Roberto Carlos com Dudu Braga em 1971, em ensaio da antiga Revista Realidade. Dudu tinha três anos de idade.  — Foto: Reprodução/Youtube

Roberto Carlos com Dudu Braga em 1971, em ensaio da antiga Revista Realidade. Dudu tinha três anos de idade. — Foto: Reprodução/Youtube

Dudu Braga com a mulher e a filha — Foto: Celso Tavares / G1

Dudu Braga com a mulher e a filha — Foto: Celso Tavares / G1

O produtor musical Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, ao lado da filha Laura e da esposa Valeska Braga. — Foto: Reprodução/Instagram

O produtor musical Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, ao lado da filha Laura e da esposa Valeska Braga. — Foto: Reprodução/Instagram

Dudu Braga ao lado da bateria que era uma de suas paixões musicais.  — Foto: Reprodução/Instragram

Dudu Braga ao lado da bateria que era uma de suas paixões musicais. — Foto: Reprodução/Instragram

Dudu Braga com a família no aniversário de 1 ano da filha, Laura — Foto: Celso Tavares / G1

Dudu Braga com a família no aniversário de 1 ano da filha, Laura — Foto: Celso Tavares / G1

Roberto Carlos beija o filho Dudu Braga durante apresentação da banda "RC na Veia".  — Foto: Reprodução/TV Globo

Roberto Carlos beija o filho Dudu Braga durante apresentação da banda “RC na Veia”. — Foto: Reprodução/TV

G1

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Vulcão espanhol entra em alerta de erupção; entenda se há risco de tsunami no litoral da PB

Publicado há

em

Pesquisador da UFPB afirma que,

Foi divulgado nesta quinta-feira (16) um alerta amarelo para o risco de erupção do vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, nas Ilhas Canárias, próximo à costa do continente africano. Pesquisas na área da geologia indicam que uma erupção explosiva, com desmoronamento de parte do vulcão, poderia causar tsunamis no litoral brasileiro, incluindo a Paraíba.

O pesquisador Saulo Vital, professor do Departamento de Geociências da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Coordenador do Núcleo de Estudos e Ações em Urgências e Desastres (NEUD), no entanto, ressalta que o alerta do vulcão é apenas de atenção e que, no momento, não há nenhum risco de tsunami na costa da Paraíba.

A situação do vulcão Cumbre Vieja

O vulcão, que estava adormecido há décadas, deu sinais de atividades sísmicas, e o alerta do governo espanhol indica que não há certeza de abalos, mas que o cuidado se estende para os próximos dias ou semanas. O Instituto Geográfico Nacional da Espanha detectou 4.222 tremores no parque nacional Cumbre Vieja, em volta do vulcão.

Nos últimos dias, além de aumentar o volume de movimentos sísmicos, a intensidade aumentou com abalos que tiveram magnitude superior a 3.

Pesquisa sobre risco de tsunami

A pesquisa mais conhecida sobre o fenômeno foi publicada pelo pesquisador Mauro Gustavo Reese Filho, da Universidade Federal do Paraná.

O trabalho observou que o Oceano Atlântico não é famoso pela sua capacidade de gerar tsunamis, mas que o vulcão ativo Cumbre Vieja poderia ser o agente responsável por um evento desta natureza na região. Segundo o pesquisador, “uma próxima erupção poderia desestabilizar a encosta da ilha e gerar um tsunami que percorreria distâncias transatlânticas, que atingiria praticamente todos os países banhados pelo Oceano Atlântico”, atesta no estudo.

Apesar do risco, pesquisas publicadas no exterior indicam que casos como esse são raros e nunca foram registrados na história. A distância entre João Pessoa e a Ilha de Palmas é de 6.309,41 quilômetros.

Alerta ainda não preocupa

O professor e pesquisador Saulo Vital afirma que a atenção do momento está direcionada para o desmoronamento de parte do vulcão, que pode ocorrer em caso de erupção. De acordo com ele, os sismos que costumam ocorrer na área do Cumbre Vieja são moderados, e o que pode gerar tsunamis são abalos sísmicos de alta intensidade.

Caso haja uma erupção capaz de desestabilizar a estrutura rochosa do vulcão, causando um desmoronamento, essa queda geraria um movimento de massas d’água. Esse movimento criaria altas ondas, que poderiam atingir toda a Costa do Atlântico.

Saulo Vital explica, ainda, que existem quatro níveis de alerta, o amarelo é o segundo nível, que trata-se, na verdade, de um estado de observação por causa dos pequenos sismos dos últimos dias. O pesquisador afirma que o alerta é importante, mas não é dos mais graves.

A discussão trazida por ele atesta que esse acompanhamento da área já é feito há anos, mas alerta que a questão é o risco de casos assim em contextos como o do Brasil. “Não há, por exemplo, um plano de contingência para fenômenos assim em João Pessoa, assim como várias outras cidades, é necessário que haja essa preparação para reduzir os danos”, explica.

no momento, não há nenhum risco de tsunami na costa da Paraíba.

jornaldaparaiba

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Assembleia aprova projeto que cria Portal da Transparência das Escolas Públicas Estaduais

Publicado há

em

Os deputados estaduais paraibanos aprovaram o projeto de Indicação 861/21, de autoria da deputada Camila Toscano (PSDB), que sugere ao governador do Estado da Paraíba a criação do Portal da Transparência das Escolas Públicas Estaduais, a ser fixado no portal institucional da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia.

O projeto diz que o acesso às informações do Portal deverá atender a dispositivos da Lei de Acesso à Informação, garantindo dados de todas as unidades escolares estaduais, englobando conteúdos como: corpo docente; corpo técnico administrativo; infraestrutura; estrutura organizacional quadro de alunos; endereço postal, telefones, endereço eletrônico, bem como o horário de atendimento ao público externo.

As informações sobre as unidades escolares, contidas no Portal da Transparência, deverão ser organizadas de forma a permitir a consulta por unidade escolar e por município. “O Portal também deverá abranger a possibilidade, por meio de ouvidoria, de recebimento de manifestações e denúncias, visando ao controle e aperfeiçoamento contínuo das ações desenvolvidas no âmbito escolar”, lembrou Camila.

Sessão especial – Os deputados também aprovaram pedido de Camila para realizar uma Sessão Especial para debater as sequelas que subsistem nos pacientes acometidos pela covid-19, conhecida por ‘Síndrome Pós-Covid 19 ou Covid Longa’, e as respectivas e possibilidades de recuperação no sistema de saúde do Estado da Paraíba.

Assessoria de Imprensa

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Setembro Amarelo: Bombeiro fala sobre o trabalho desenvolvido para evitar o suicídio

Publicado há

em

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.