CONECTE-SE CONOSCO

Destaque

Prefeituras de Lagoa de Dentro e Serra da Raiz são alvos da Operação SELECT

Publicado há

em

Imagem ilustrativaA Polícia Federal na Paraíba deflagrou, na manhã desta quinta-feira (09), a Operação Select e cumpre  mandados de busca e apreensão em nove cidades da Paraíba. A operação tem como objetivo investigar o sobrepreço na compra de testes da Covid-19.

A operação conta com a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público Federal e da Controladoria Geral
da União.

O cumprimento dos mandados acontece nas cidades de João Pessoa, Santa Rita, Caldas Brandão, Mamanguape, Cuité de Mamanguape, Alhandra, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz e Lagoa, tendo os mesmos sido expedidos pela 16ª Vara Federal de João Pessoa, 12ª Vara Federal de Guarabira/PB e 8ª Vara Federal de Patos/PB, com pareceres favoráveis da Procuradoria da República. Já o cumprimento de mandados em órgãos públicos e empresas contaram com a participação de servidores da Controladoria Geral da União.

As investigações têm como objetivo apurar a compra das prefeituras de Caldas Brandão, Mamanguape, Cuité de Mamanguape, Alhandra, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz e Lagoa, nos anos de 2020 e/ou 2021, de Kits de testes rápidos para detecção da Covid-19 com sobrepreço potencial, através de procedimentos de dispensas de licitação, em tese fraudados.

Segundo nota técnica elaborada pela Controladoria Geral da União, uma empresa que não era do ramo de insumos médicos até data próxima ao início da pandemia firmou contratos com diversas prefeituras da Paraíba para fornecimento de testes rápidos para detecção da Covid-19 com sobrepreço no valor devido de até 89% do valor contratado, causando prejuízos ao erário de aproximadamente R$ 2.884.860,50. Os recursos
para compra desses testes são oriundos do Sistema Único de Saúde- SUS, para o enfrentamento da Covid-19.

A empresa investigada aparece como uma das maiores credoras de municípios paraibanos no ano de 2021 na condição de fornecedora de insumos médicos, embora desempenhasse sua atividade principal em ramo totalmente diverso deste até o início da pandemia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da redação com CLickPB

Comente com seu Facebook

Clique para comentar

Escreva sua Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Geraldo Medeiros anuncia flexibilização de medidas contra covid-19 para o setor de eventos na Paraíba em novo decreto

Publicado há

em

O anúncio foi dado em entrevista exclusiva ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

Secretário de Saúde, Geraldo Medeiros.

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, afirmou que haverá flexibilizações em relação a eventos no estado. As medidas devem ser divulgadas no próximo decreto a ser publicado nesta sexta-feira (1º). O anúncio foi dado em entrevista exclusiva ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

“O decreto estadual vai terminar no dia 30 de setembro e surgirão algumas medidas de flexibilização em relação a eventos”, disse.

Apesar de ainda estarem em fase de estudos, as medidas não trarão riscos para a população, segundo o secretário.

clickpb

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Prefeitura de Araçagi inicia vacinação de adolescentes de 12+ com comorbidade

Publicado há

em

A vacinação contra a COVID-19 chegou para o público 12+ com comorbidades, na próxima segunda-feira (27).
Local: Unidade Mista
De segunda a quinta
Turno: tarde
Horário: das 13 às 16 horas
Documentos necessários: CPF ou cartão do SUS, documento de identificação com foto e comprovante de residência atualizado.
Para mais informações procure seu agente de saúde.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

Destaque

Estelionatário aplica golpe em empresários usando o nome do prefeito de Guarabira-PB

Publicado há

em

Dois empresários proprietários de um estabelecimento comercial do setor varejista (supermercado) na cidade de Guarabira, Agreste paraibano, foram vítimas de golpe aplicado por um estelionatário que usou o nome do prefeito Marcus Diôgo.

Em contato com a empresária, ela disse que na quinta-feira (23) recebeu uma ligação de um homem que se passava pelo prefeito de Guarabira, e que precisava de uma ajuda financeira no valor de R$ 3.800,00 (três mil e oitocentos reais) para realizar um evento na área da saúde. Ela disse que ficou surpresa em receber tal ligação, achou estranho e comunicou ao sócio. Mesmo desconfiada a empresária disse que o criminoso sabia de informações privilegiadas, que só saberia quem morasse na cidade.

Depois da ligação, ela disse que o estelionatário passou a se comunicar por mensagens no WhatsApp e disse que seu assessor e advogado por nome de Paulo, ficaria na responsabilidade de manter o contato com ela.

A empresária disse que o criminoso é bastante habilidoso e que conseguiu convencer o sócio dela, que decidiu fazer um pix no valor pedido por ele.

A transação foi concluída na sexta-feira (24) quando a transferência foi feita para uma conta cujo CPF apresenta uma dívida de cerca de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais).

Depois da transferência o criminoso não manteve mais contato e bloqueou o telefone. Ao perceber que haviam sido vítimas de um golpe, os empresários resolveram levar o caso à polícia civil. Um boletim de ocorrência e foi feito na delegacia de Guarabira.

A empresária que pediu para não ser identificada nem o nome do seu estabelecimento, disse que quer alertar outros empresários para não caírem no golpe.

Ela disse que além da revolta, está com a sensação de impotência e decepcionada com o episódio.

 

Mais detalhes no Manhã de Notícias, a partir das 7h com Michele Marques.

Comente com seu Facebook

CONTINUE LENDO

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 Portal Mídia Orgulhosamente criado com ❤️ por FNX CORPORATION.