Após Bolsorano anunciar que deve importar diesel da Rússia, Zelensky fala sobre sanções com presidente brasileiro

Ligação já estava prevista. É a primeira vez que presidente brasileiro fala com o ucraniano desde o início da guerra no país europeu, em 24 de fevereiro.

O presidente Jair Bolsonaro e o líder da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, conversaram por telefone nesta segunda-feira (18), informou o governo ucraniano.

Zelensky disse ter informado Bolsonaro sobre “a situação no front” e sobre o bloqueio à saída de grãos da Ucrânia — o país é um dos principais fornecedores de grãos para o mundo, ao lado da Rússia. A Bolsonaro, o presidente ucraniano reforçou o pedido de sanções contra a Rússia.

“Informei (ao presidente Jair Bolsonaro) sobre a situação no front. Discuti a importância de retomar as exportações de grãos ucranianos para prevenir uma crise global dos alimentos provacada pela Rússia. Eu peço que todos os parceiros comerciais se unam às sanções contra o agressor”, disse Zelensky, em uma publicação em uma rede social após o telefonema.

A conversa acontece dias depois de Bolsonaro anunciar que o Brasil pode começar a receber óleo diesel da Rússia em 60 dias.

Em fevereiro, dias antes de a Rússia invadir a Ucrânia, o presidente brasileiro viajou a Moscou e se reuniu com o líder do país, Vladimir Putin, no Kremlin. A visita foi crítica por governos internacionais, inclusive o dos Estados Unidos.

O governo brasileiro ainda não se manifestou sobre a ligação.

Grãos

Zelensky vem buscando o apoio de líderes de todo o mundo para conseguir desbloquear as exportações de grãos em seu país. A maior parte da produção está parada em portos atualmente controlados pela Rússia ou nem conseguem chegar até lá por conta da situação de estradas em algumas regiões do país.

Na semana passada, representantes dos dois país e da Organização das Nações Unidas (ONU) se reuniram em Istambul, na Turquia, para tentar destravar as negociações sobre as exportações, e as duas partes anunciaram que pode haver acordo esta semana.

G1

Related posts

Deixe uma resposta