Após Lula pedir pressão na casa de deputados, bolsonaristas reagem

Após Lula pedir pressão na casa de deputados, bolsonaristas reagem

O petista argumentou que manifestaçoes na frente do Congresso não surtem efeito. Bolsonarista prometem recepção à bala.

 

Ao discursar em um evento promovido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que será lançado candidato pelo PT à Presidência da República, pediu que os sindicalistas mudassem a forma de pressionar os congressistas e passassem a procurar deputados em suas casas, nas cidades onde eles moram.

Lula apontou que a atual forma de pressionar o Congresso, muitas vezes baseada em manifestações em frente ao órgão em Brasília, não surte mais efeitos e que por isso, seria necessário tentar convencer deputados e seus familiares sobre as propostas de interesse dos trabalhadores.

“Se a gente mapeasse o endereço de cada deputado e fossem 50 pessoas na casa, não é para xingar não, é para conversar com ele, com a mulher dele, com o filho dele, incomodar a tranquilidade dele, surte muito mais efeito do que fazer a manifestação em Brasília”, disse Lula.

No mesmo discurso, o ex-presidente falou sobre a necessidade de conseguir passar uma “narrativa” sobre as reinvindicações do movimento sindical e apontou que a disputa se dará com uma pessoa ligada às milícias, se referindo ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Mas ele tem uma turma, envolve milicianos e muita gente de diteita. Não estamos lutando com um cara qualquer”, destacou.

metropoles

Related posts

Deixe uma resposta