Aracruz: Atentado a tiros em duas escolas no ES deixam ao menos 3 mortos

Duas escolas foram alvo de um atentado a tiros, na manhã de hoje, em Aracruz (ES). A ação teve ao menos três mortos e 11 feridos, de acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública do Espírito Santo. Os nomes das vítimas e do atirador envolvido na ação não foram divulgados. Segundo a Polícia Militar, as vítimas são duas professoras da rede municipal e um aluno do 6º ano fundamental de uma unidade particular de ensino.

O autor dos disparos fugiu de carro e ainda não foi localizado ou identificado. Ele agiu usando roupas camufladas e um capuz. Até o momento, dois suspeitos foram descartados de envolvimento no crime — um adolescente de 16 anos, que estuda em um dos colégios, e um motorista que chegou a ser detido no fim da manhã de hoje.

Segundo imagens de circuito de segurança, uma pessoa armada arrombou um cadeado e invadiu a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Primo Bitti, por volta das 10h. No local, ele atingiu 11 pessoas, duas delas, professoras que morreram ainda no local. Em seguida, ele seguiu de carro até o Centro Educacional Praia de Coqueiral, unidade particular local, e disparou contra mais três vítimas, uma delas, um estudante do 6º ano fundamental, que não resistiu aos ferimentos.

Os tiros foram ouvidos por vizinhos dos colégios. A polícia investiga se houve algum outro envolvido no crime que poderia ter ajudado na condução do veículo usado na ação, um Renault Duster de cor dourada.De acordo com o capitão da PM Sérgio Alexandre, o atirador estava munido de uma pistola e carregadores quando invadiu a primeira unidade de ensino. Ele teria ido diretamente à sala dos professores, onde teria ameaçado profissionais no local e deu início aos disparos. Em seguida, foi até a segunda escola, localizada na mesma avenida.

Nossa prioridade era socorrer as vítimas e que todas tivessem atendimento. O que sabemos de forma preliminar é que ele, ao que tudo indica, pelas câmeras de segurança de uma das escolas, agiu sozinha. Estava encapuzado e com roupas camufladas. Estamos empenhados em identificar e localizar esse criminoso.

Márcio Celante, secretário de segurança do Espírito Santo.

O delegado titular da Deic (Delegacia Especializada de Investigações Criminais), Leandro Sperandio, confirmou os ataques e pediu ajuda da população para encontrar os autores do crime.

“Dia difícil para a gente aqui em Aracruz. Infelizmente, um caso triste. As polícias já estão cientes e estamos com todo o efetivo das polícias militar e civil trabalhando, mas o mais importante é se tiver alguém conseguir informações ou câmeras que possam nos ajudar, ligue para o 181 ou 190. É a hora de nos juntarmos e corrermos atrás disso para solucionarmos esse crime”, disse Sperandio.

No Twitter, Lula disse ter tomado conhecimento do caso “com tristeza”. “Minha solidariedade aos familiares das vítimas dessa tragédia absurda”, escreveu, e prestou apoio ao governador Renato Casagrande (PSB) “na apuração do caso e amparo para as comunidades das duas escolas atingidas”.

O governador Renato Casagrande (PSB) classificou o ataque às escolas como um “atentado”. Ele pousou nesta manhã em São Paulo para um evento político, mas cancelou a participação e se dirige ao município. Casagrande lamentou o ocorrido e disse que deslocou equipes para ajudar nas investigações e as famílias dos feridos.

UOL

Related posts

Deixe uma resposta