Portal Mídia

O maior portal de Guarabira e do Brejo

Bolsonaro cumprimenta centenas de apoiadores no Alvorada, mas evita discurso

Aceno a apoiadores é feito por Bolsonaro um dia antes da diplomação do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no TSE

No fim da tarde deste domingo (11/12), um dia antes da diplomação do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o presidente Jair Bolsonaro (PL) cumprimentou centenas de apoiadores que o esperavam na porta do Palácio da Alvorada. Apesar dos pedidos de simpatizantes, Bolsonaro não discursou.O atual chefe do Executivo federal se direcionou à entrada do palácio presidencial de pé, na companhia de seguranças e do ex-ministro do Turismo Gilson Machado.
Quando o presidente foi até a multidão de apoiadores, uma criança entrou no espelho d’água e veio em sua direção. Um dos seguranças pegou a garota no colo e a levou em direção ao mandatário. Emocionado, o mandatário a abraçou.

Os cidadãos reunidos cantaram o Hino Nacional Brasileiro e entoaram gritos de apoio ao presidente, como “Fica Bolsonaro” e “estamos com você”. Um simpatizante chegou a pedir que titular do Palácio do Planalto “não entregue a faixa a Lula” durante a cerimônia de posse em 1º de janeiro, ao chamar o petista de “ladrão”.

O presidente aguardou o hasteamento da bandeira nacional, que ocorre no Palácio da Alvorada, diariamente, às 18h. Todo o momento foi transmitido pelas redes sociais do presidente.

Após a cerimônia de hasteamento, o pastor Ibi Batista, que acompanhou Bolsonaro, agradeceu as manifestações a favor do atual presidente e que contestam o resultado das eleições e, em seguida, conduziu uma oração do Pai Nosso com os presentes.

Bolsonaro não discursou aos apoiadores. Apenas desejou “boa noite para todos” e voltou ao Palácio da Alvorada.

Fim do silêncio

Também motivado pela ampla presença de apoiadores no gramado do Palácio da Alvorada, Bolsonaro saiu para cumprimentar simpatizantes na sexta-feira (9/12).

Ao contrário deste domingo, no entanto, Bolsonaro permeou por diversos temas em sua fala de quase 15 minutos. Entre eles, liberdade de expressão, o papel das Forças Armadas, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Supremo Tribunal Federal (STF). O pronunciamento rompeu um silêncio de quase 40 dias do atual titular do Planalto.

Diplomação de Lula

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) será diplomado pelo TSE nesta segunda-feira (12/12). A solenidade, marcada para as 14h, será realizada na sede do órgão, em Brasília.

Na sessão solene, o presidente da República eleito e o vice Geraldo Alckmin receberão das mãos do presidente do Tribunal, o ministro Alexandre de Moraes, os respectivos diplomas eleitorais.

Com os documentos, eles estarão habilitados a tomar posse no dia 1º de janeiro, podendo exercer os mandatos conferidos pelo voto popular no segundo turno das Eleições Gerais de 2022.

METROPOLES

curtida no instagram, comentário no instagram, seguidor do instagram-4294405.jpg

nossas redes sociais

%d blogueiros gostam disto: