Polícia apreende adolescentes com maconha e crack em Ingá, na Paraíba

A Polícia Civil apreendeu duas adolescentes nessa sexta-feira (2), em Ingá, no interior da Paraíba. Com elas foram encontradas porções de maconha e crack. De acordo com informações da Polícia Civil, os policiais da 9ª Delegacia Seccional, sediada em Itabaiana, cumpriam mandados de busca e apreensão quando localizaram as adolescentes. Denúncias informaram a polícia que o local seria um ponto de venda de drogas. Além dos entorpecentes, foram apreendidos dinheiro em espécie e material plástico para embalar e comercializar a droga. A Polícia reforça a importância das ferramentas de denúncia.…

Read More

Criança de 11 anos é vítima de estupro e vizinho é procurado suspeito do crime, em João Pessoa

Crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira, no bairro de Cruz das Armas. Jovem de 23 anos fugiu antes da chegada da PM. Um jovem de 23 anos é procurado pela polícia suspeito de estuprar uma criança de 11 anos, vizinha dele, na madrugada desta quarta-feira (30), no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. O crime aconteceu por volta das 3h50, em uma região conhecida como Vila Novais, e o suspeito fugiu em seguida, segundo a Polícia Militar. De acordo com o sargento Geraldo Melo, PM que atendeu a ocorrência,…

Read More

Mãe pede ajuda para encontrar filha que desapareceu após ir a padaria

Câmeras de segurança registraram os momentos em que a menina passa indo e voltando do estabelecimento com uma sacola na mão Goiânia – A diarista Jheiny Hellen, de 31 anos, pede ajuda para encontrar a filha Luana Marcelo. A menina de 12 anos desapareceu depois de ir a uma padaria, localizada a cerca de 400 metros da casa da família, no setor Madre Germana 2, na capital goiana. A Polícia Civil de Goiás (PCGO) investiga o caso. O caso aconteceu na manhã desse domingo (27/11). Câmeras de segurança registraram o momento em que a garota…

Read More

Após 6 meses, governo Bolsonaro paga pensão à família de Bruno Pereira

Indigenista Bruno Pereira foi morto em junho no Vale do Javari O governo Bolsonaro levou quase seis meses para começar a pagar a pensão por morte aos familiares do indigenista Bruno Pereira, assassinado em junho no Amazonas. A autorização foi assinada pelo Ministério da Justiça na última quinta-feira (24/11).A Fundação Nacional do Índio (Funai) concederá pensão à socióloga Beatriz Matos, mulher de Bruno, e a três filhos do casal. A medida é prevista em lei. Bruno e o jornalista inglês Dom Phillips foram mortos em junho no Vale do Javari, no Amazonas, enquanto trabalhavam. A…

Read More