Debate: João Azevêdo diz que não se pode “ficar em cima do muro” e Pedro Cunha Lima não revela voto para presidente

Segundo ele, a população precisa saber o que cada candidato e cidadão pensa. João enfatizou que independente de quem vença a eleição, a relação institucional ocorrerá.

O governador João Azevêdo (PSB) questionou o candidato Pedro Cunha Lima (PSDB) sobre quem o voto do tucano para presidente da República no segundo turno das eleições. Ao longo do confronto direto no debate da TV Arapuan, João disse que faz parte da atuação de um governador tomar decisões todos os dias. “Não podemos ficar em cima do muro”, afirmou o candidato a reeleição.

Segundo ele, a população precisa saber o que cada candidato e cidadão pensa. João enfatizou que independente de quem vença a eleição, a relação institucional entre o estado e a união ocorrerá. “Verdadeiramente, quem você vota para presidente? Você vai cravar o 13 de Lula?” perguntou Azevêdo.

Pedro Cunha Lima, em sua resposta, disse que a pergunta faz parte de uma estratégia do candidato para ‘nacionalizar’ a eleição e disse ser candidato da Paraíba, não revelando seu voto no segundo turno das eleições. Segundo ele, está é a sua posição. “Respeito o voto de cada um e quero ser o governador dos lulistas, dos bolsonaristas, de quem votou em Ciro, em Simone”.

O candidato do PSDB disse que independente do seu voto será um governador que construirá uma relação com o governo federal para a Paraíba crescer.

clickpb

Related posts

Deixe uma resposta