Em Brasília, Lula vai à CNC, entidade dividida entre ele e Bolsonaro

Petista irá se reunir com esses dirigentes e irá receber as propostas e demandas do setor de comércio, bens, serviços e turismo.

 

Na sua presença em Brasília na próxima semana, o ex-presidente Lula participará de um evento na Confederação Nacional do Comércio (CNC), onde receberá a Agenda Institucional do Sistema Comércio – Propostas e Recomendações de Políticas Públicas do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Ou seja, as demandas desse segmento.

Ao contrário da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que é bolsonarista em peso, os dirigentes da CNC se dividem. O passado das gestões de Lula para o comércio é de boa lembrança e ainda está na memória de parte dos diretores. Mas outra parte está fechada com o atual presidente.

Nesse evento, onde já foram Bolsonaro (PL) e Simone Tebet (MDB), estarão presentes os presidentes das 27 federações do comércio e das sete federações nacionais, além de presidentes de sindicatos de todo o país e empresários. Além da direção da CNC. Será no dia 12, na terça, antes do ato público com a militância petista, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

metropoles

Related posts

Deixe uma resposta