Em NOTA Constelação FM diz que Célio quis intimidar profissionais de imprensa

A direção da Constelação FM, de Guarabira, emitiu uma nota condenando o que classificou como “invasão de um estúdio de rádio” feita pelo pré-candidato a deputado estadual, Célio Alves, na manhã desta quarta-feira (13). Confira a nota na íntegra:

NOTA

A Rádio 92.1 Constelação FM lamenta a invasão do seu estúdio pelo pré-candidato a deputado estadual Célio Alves, nesta quarta-feira (13). Reafirmamos o nosso compromisso de informar e não podemos permitir a tentativa de intimidação de profissionais de imprensa.

A emissora se solidariza ainda com os profissionais, apresentadores e equipe técnica do programa Jornal da Manhã que foram alvo de tamanha violência.

A rádio tomará as providências cabíveis junto à Justiça para garantir a segurança, inclusive dos profissionais. Afirma ainda que o caso pode abrir um perigoso precedente que ameaça todos os veículos de comunicação e a liberdade dos profissionais de imprensa.

A Constelação FM espera das autoridades punição pelo incidente causado pelo pré-candidato a deputado estadual, Célio Alves. A emissora sempre se pautou pelo bom jornalismo, ouvindo os dois lados e garantindo o direito de resposta sempre que solicitado. Quando se quer espaço para uma resposta, se solicita, não se invade uma rádio.

A direção da Constelação FM ainda se desculpa com a secretária de Educação de Guarabira, Andréa Cavalcante, que seria entrevistada sobre as realizações na área educacional da cidade e que foi impedida por conta da invasão dos estúdios.

 

Related posts

Deixe uma resposta