Fim da obrigatoriedade das máscaras: veja qual a regra nas capitais sobre o uso em locais abertos e fechados

Fim da obrigatoriedade das máscaras: veja qual a regra nas capitais sobre o uso em locais abertos e fechados

São Paulo anunciou nesta terça-feira (8) que deixará de exigir o uso em espaços abertos e se junta a outras 10 capitais. Rio de Janeiro aboliu a obrigatoriedade tanto nos locais abertos quanto fechados.

Pessoas nas ruas de Maceió usando máscaras para se prevenir contra o novo coronavírus. Capital é uma das que mantém a obrigatoriedade. 

São Paulo decidiu retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre em todo o estado. Com a decisão, a capital paulista se junta a uma lista com outras 10 capitais que deixaram (ou marcaram uma data) para abandonar a exigência de uso, em espaços abertos, do acessório para proteger da Covid.

No Brasil, apenas a cidade do Rio de Janeiro decidiu abolir a obrigatoriedade também em ambientes fechados.

Em São Paulo, a determinação começa a valer na quarta-feira (9), enquanto em Manaus a previsão é dia 16. Nas outras capitais que tomaram a mesma decisão, a medida já está em vigor. As cidades que optaram pelo relaxamento apontam a “melhora de praticamente todos os indicadores da pandemia da Covid-19”.

Abaixo, veja o status pelo país:

Capitais que LIBERARAM o uso de máscara em LOCAIS ABERTOS E FECHADOS

Rio de Janeiro

Capitais que LIBERARAM o uso de máscara em LOCAIS ABERTOS

  • Belo Horizonte
  • Boa Vista
  • Brasília
  • Campo Grande
  • Florianópolis
  • Macapá
  • Manaus (a partir do dia 16/3)
  • Rio de Janeiro
  • São Luís
  • São Paulo
  • Teresina

Capitais que EXIGEM o uso de máscara em LOCAIS ABERTOS E FECHADOS

  • Aracaju
  • Belém
  • Cuiabá
  • Curitiba
  • Fortaleza
  • Goiânia
  • João Pessoa
  • Maceió
  • Manaus
  • Natal
  • Palmas
  • Porto Alegre
  • Porto Velho
  • Recife
  • Rio Branco
  • Salvador
  • Vitória

(Foto: Felipe Brasil/Arquivo) G1

Related posts

Deixe uma resposta