Fim de uma era: Microsoft aposenta o Internet Explorer nesta quarta-feira

Fim de uma era: Microsoft aposenta o Internet Explorer nesta quarta-feira

Navegador não vai receber mais suporte para atualizações e correções de segurança no Windows 10. A empresa recomenda que quem ainda usa o programa migre para o Microsoft Edge.

A Microsoft vai encerrar o suporte ao navegador Internet Explorer (IE) a partir desta quarta-feira (15). Quem ainda usa a ferramenta nas versões do Windows 10 para consumidores será redirecionado para o Edge, navegador mais atual da companhia.

Com a mudança, o IE não terá mais suporte da Microsoft para atualizações de segurança ou melhorias. Após um período de redirecionamento, a companhia vai desabilitar totalmente o navegador por meio de uma atualização do sistema operacional.

O Internet Explorer foi lançado há mais de 25 anos, junto com o sistema operacional Windows 95. Atualmente, a companhia de tecnologia tem o Edge como ferramenta padrão para navegação na internet.

“O Edge não é apenas uma experiência de navegação mais rápida, segura e moderna do que o Internet Explorer, mas também é capaz de resolver uma preocupação importante: compatibilidade com sites e aplicativos antigos e legados”, afirma uma postagem no blog oficial da Microsoft.
A empresa vai permitir que seus usuários acessem sites e aplicativos que foram desenvolvidos para o Internet Explorer por meio de um modo de compatibilidade no novo navegador.

O fim do Internet Explorer – que representa a primeira era de navegação na internet – já era anunciado há anos. Em 2019, a companhia precisou lançar emergencialmente uma nova versão do Internet Explorer, por motivos de segurança.

Em agosto de 2020, a companhia decretou a aposentadoria definitiva da solução, ao afirmar que nenhum de seus aplicativos ou serviços (como o Teams ou Office 365) seriam compatíveis com o Internet Explorer.

O IE chegou a ser o principal navegador do mercado, mas perdeu espaço para os concorrentes Mozilla Firefox e Google Chrome, por conta da rapidez e simplicidade da dupla.

G1

Related posts

Deixe uma resposta