Flordelis chora em julgamento e defesa arma “barreira humana”; vídeo

Sem aplique, com cabelo curto e loiros, a ex-deputada usa camisa branca, óculos e chinelos durante o julgamento em Niterói

O julgamento da ex-deputada Flordelis começou com duas horas de atraso no Fórum de Niterói, no Rio de Janeiro. Em razão do número de réus, a expectativa é de que a sessão de julgamento seja interrompida por volta das 20h, sendo retomada às 9h do dia seguinte.

A defesa da ex-deputada promoveu uma ‘barreira humana’ para evitar que os réus fossem fotografados. Flordelis estava chorando bastante. Sem aplique, com cabelo curto e loiros, a ex-deputada usa camisa branca, óculos e chinelos.

Além de Flordelis, serão julgados também, os filhos Marzy Teixeira da Silva, André Luiz de Oliveira e Simone dos Santos Rodrigues, e a neta Rayane dos Santos Oliveira. Eles são acusados da morte do pastor Anderson do Carmo, marido da Flordelis, executado a tiros em junho de 2019.

metropoles

Related posts

Deixe uma resposta