Forças de segurança prendem membros de facção criminosa que atuava em São José de Piranhas

A POLÍCIA CIVIL 20ª DSPC Cajazeiras, 25/05/2022, Quarta Feira. Operação Aracati é desencadeada pelas forças de segurança do Estado.

As Forças de Segurança Pública, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Penal e Ministério Público (Promotoria da Comarca de São José de Piranhas e GAECO), desencadearam, na manhã de hoje (25/05/2022), a “Operação Aracati”, com a finalidade de coibir, quebrar uma facção criminosa que vinha atuando na região sediada pelo município de São José de Piranhas.

As investigações foram desenvolvidas pela Polícia Civil e Polícia Militar em conjunto com o Ministério Público (Promotoria da Comarca de São José de Piranhas).

Foram oferecidas três denúncias pela Promotoria de Justiça de São José de Piranhas, cujos autos tramitam sob Segredo de Justiça junto ao Juízo de Direito da Comarca de São José de Piranhas-PB, relativas a fatos que envolvem a atuação de integrantes de uma facção criminosa, que atua naquela região.

Estão sendo cumpridos 62 mandados judiciais, expedidos nas ações penais em curso, sendo 34 de prisão preventiva e 28 de busca e apreensão, em face de 39 pessoas, nas cidades de João Pessoa-PB, Campina Grande-PB, São José de Piranhas-PB, Aguiar-PB, Sousa-PB, Cajazeiras-PB, Carrapateira-PB e Catolé do Rocha-PB, bem como nos Estados de São Paulo e Ceará. O trabalho conta com a participação de 23 equipes da Polícia Civil, de 26 equipes da Polícia Militar, de 4 equipes do GAECO/MPPB e com integrantes do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Penal.

Em São José de Piranhas foram presas 11 pessoas dentre elas uma jovem estudante de direito, bem como, apreendidas muitas armas de fogo, drogas e dinheiro em espécie.

 

Related posts

Deixe uma resposta