Frasco de desodorante no ânus faz homem ir parar no hospital em Campina Grande

Caso aconteceu em Campina Grande, Agreste do estado

Um motivo um tanto incomum levou um homem a dar entrada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, no na manhã deste domingo (16). De acordo com informações da unidade, o homem precisou passar por uma intervenção cirúrgica, já que o objeto estava preso dentro do corpo do paciente.

Inicialmente, o homem, de 42 anos, foi submetido a alguns exames de imagem. A equipe chegou a pensar que se tratava de uma lata de cerveja ou energético, mas depois da cirurgia concluiu-se que era um frasco de desodorante.

O paciente estava aguardando avaliação para alta médica, de acordo com o último boletim. Ele chegou a afirmar à equipe do hospital que consumiu drogas e não se lembra em que circunstâncias o objeto foi parar ali. Após fortes dores abdominais, ele procurou ajuda.

Não é incomum que episódios como esse aconteçam, tanto na Paraíba, no Brasil e ao redor do mundo. Uma ocorrência no final do ano passado repercutiu na cidade de Sousa, no interior da Paraíba, quando, com a finalidade de satisfação sexual, um homem inseriu uma cenoura envolta em um preservativo. O legume teria quebrado e o homem não conseguiu retirar.

De acordo com especialistas, o ânus e o reto são estruturas que, apesar de apresentarem alta resistência a bactérias, são bem frágeis e a introdução de objetos sem cuidados pode causar traumas. Além disso, a ausência desses cuidados pode favorecer hemorroidas, fissuras anais e prolapso retal (a mucosa do reto acaba se exteriorizando pelo ânus).

Todas essas situações têm como principais causas a penetração de objetos inapropriados, ou até mesmo o uso de brinquedos sexuais  sem lubrificação suficiente. A redução da sensibilidade local em função do consumo de álcool ou de outras drogas também é um agravante.

Portalt5

Related posts

Deixe uma resposta