Funcionários de concessionária de energia do Rio de Janeiro e dois homens se envolvem em briga de trânsito

Funcionários de concessionária de energia do Rio de Janeiro e dois homens se envolvem em briga de trânsito

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram um dos homens que estava em um carro tentando agredir o prestador de serviços da concessionária de energia elétrica.​

Um funcionário da Light, concessionária de distribuição de energia que atua no Rio de Janeiro, e dois homens se envolveram em uma briga após uma batida de trânsito em uma rua no Rio de Janeiro (RJ).

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram um dos homens que estava em um carro tentando agredir o prestador de serviços da concessionária de energia elétrica.

Pouco depois, o agressor chama outras pessoas que estão na rua para briga e, em seguida, agride outro homem com o macacão da empresa. O funcionário revida as agressões e derruba os dois homens.

Antes, um dos prestadores de serviços gravou um vídeo mostrando os estragos no veículo após a batida. Na gravação, o funcionário afirma que o motorista estava visivelmente embriagado. O homem que aparece dentro do carro é o mesmo que tenta agredir os funcionários no outro vídeo.

A Light informou que os eletricistas que aparecem nas imagens são funcionários terceirizados e disseram que foram agredidos e revidaram. A concessionária disse que vai apurar o caso e vai tomar as medidas cabíveis.




De acordo com a Polícia Militar, a corporação não foi acionada. Segundo a corporação, ainda foram verificadas “as unidades de saúde da região e, até o momento, não houve entrada de feridos com as características dos envolvidos”. Ainda segundo a PM, as equipes do 14º BPM (Bangu) estão atentos ao caso.

Também em nota ao jornal Extra, a Polícia Civil informou que, até o fim desta manhã, “as vítimas não compareceram à 33ª DP (Realengo) e registraram a ocorrência”. A delegacia, no entanto, “iniciou investigação para apurar os fatos e identificar os envolvidos”, após a repercussão das imagens nas redes sociais.

ISTOÉ

Related posts

Deixe uma resposta