Gleisi Hoffmann chama Carla Zambelli de “trombadinha”: “Barbaridade”

A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, defendeu a cassação do mandato de Carla Zambelli

A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, chamou de “barbaridade” o caso em que Carla Zambelli (PL-SP) perseguiu um apoiador de Lula (PT) com arma nas mãos, no sábado (29/10).

“A democracia não pode permitir uma coisa dessas, nem o processo político. Temos de ter a política como um espaço de debate dos projetos do país, de proposta para as pessoas. A política não pode ser uma ação de trombadinhas, como é a Carla Zambelli, nem do uso descarado da máquina pública da Polícia Rodoviária Federal”, disse Gleisi Hoffmann ao Metrópoles, na tarde deste domingo (30/10).

A presidente do PT defendeu a cassação do mandato de Zambelli. O PT e a Rede Sustentabilidade apresentaram pedido para que o Conselho de Ética processe a deputada por quebra de decoro parlamentar.

“Onde que nós estamos que, num processo político, alguém pode sacar arma na rua para resolver um problema de divergência política? Onde que ela tinha porte de arma? Quem deu esse porto de arma a ela? Já preparamos e vamos entrar, amanhã, com pedido no Conselho de Ética. Essa deputada tem que ser cassada”, assinalou.

Metrópoles

Related posts

Deixe uma resposta