João Azevedo diz que não faz questão de exclusividade em relação a Lula, mas que seria estranho se e o ex-presidente não subisse no seu palanque

Azevedo ainda foi além e disse que seu apoio ao PT na próxima eleição não foi por conveniência

O governador João Azevedo (PSB) declarou que não faz  questão de exclusividade em relação a participação e o apoio de Lula na eleição estadual, mas que “seria estranho” se e o presidente não subisse no seu palanque.

“Imaginar que Lula viesse a Paraíba e não subisse no meu palanque seria inusitado. Mas não faço questão de palanque exclusivo, ele pode ter cinco ou dez”, assegurou.

Geraldo Alckmin, o vice da chapa de Lula  filiou-se ao PSB no final de março após vários meses de conversa. Já em seu primeiro discurso após a filiação ao PSB, Alckmin defendeu o apoio do partido à candidatura de Lula.

Azevedo ainda foi além e disse que seu apoio ao PT na próxima eleição não foi por conveniência e que ele já apoiaria um projeto de oposição ao presidente Bolsonaro sem nem mesmo saber ao certo quem seria o candidato.

clickpb

Related posts

Deixe uma resposta